Função do magnésio glicil-glutamina quelato na regeneração muscular


A atividade física intensa desencadeia uma série de reações metabólicas que podem levar ao catabolismo muscular para a produção de energia. O mesmo pode ser dito às outras causas de estresse físico, como as infecções, e ao jejum/desnutrição. Para evitar o catabolismo muscular e promover a síntese proteica, os mecanismos envolvidos nesses processos devem estar nutridos adequadamente. A glutamina é um aminoácido com funções anabólicas, sendo que existe uma correlação direta entre a taxa de síntese proteica e a concentração de glutamina extra-muscular.

O magnésio glicil-glutamina quelato fornece magnésio e glutamina em uma molécula única e estável. Estudos demostram que este composto possui alta biodisponibilidade e é capaz de promover o anabolismo muscular em níveis comparáveis ao esteróide anabólico testosterona, com a vantagem de não produzir efeitos colaterais.


Propriedades:

O magnésio quelato é um quelato essencial na formação de acúmulo de energia e, sobretudo no metabolismo humano para alta performance, sendo um importante componente do tecido ósseo. Está presente em grande quantidade nos músculos e nas células nervosas. É predominantemente ativa na massa muscular e regula as atividades nervosas. Melhora também, os fatores antibacterianos.

A glutamina é indicada para recuperar ou evitar o catabolismo muscular, o mangésio é indicado da mesma forma. Eles funcionam sinergicamente na recuperação ou no ganho de massa magra. Quando a glutamina é quelada ao magnésio, se torna parte da molécula total, não só a glutamina é estabilizada com a preservação de suas atividades, mas também se torna parte essencial de uma molécula bifuncional.

360 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo