Dica Saudável - Incenso: Limpeza Energética




Mais harmonia e equilíbrio para o seu ambiente.


A palavra incenso vem do latim incensum, que significa incendiar ou atear fogo. E quando ateamos fogo em uma vareta de incenso, ela exala uma fumaça perfumada. A palavra perfume deriva do latim per fumum, que significa pela fumaça.



Um pouco da história sobre a origem do incenso – O homem, antes mesmo de dominar o fogo, travou conhecimento com os perfumes e incensos através de incêndios espontâneos que ocorreram em grandes florestas onde haviam árvores cujos troncos eram constituídos de madeira odorífica. E foi a partir daí, que o homem começou a prestar mais atenção na natureza, indo em busca de ervas e plantas aromáticas, e as mais variadas substâncias extraídas da terra, onde absorvem a energia solar, lunar e o próprio magnetismo planetário, que passam a fazer parte de todo o contexto energético, para a confecção do incenso. Por isso, os incensos são feitos de resinas, gomas aromáticas ou óleos essenciais. Algumas plantas mais utilizadas na confecção dos incensos são das famílias das estiracáceas, anacardiáceas, burseráceas e dentre outras.


É sempre bom cuidarmos também dos ambientes onde vivemos. Limpeza energética é fundamental. Os incensos criam uma atmosfera no ambiente de energia,de equilíbrio e harmonia, que ajuda o ser humano a sintonizar mais facilmente com os planos superiores e com ele mesmo. Sendo assim, são utilizados para limpezas de energia dos ambientes, e também para facilitar a conexão com o mundo espiritual.O incenso tem a incumbência de levar a prece para o céu. Seu uso é universal, associando o homem à divindade, o finito ao infinito, o mortal ao imortal. Relacionado ao elemento ar, representa a percepção da consciência que (no ar) está presente em toda parte.


Entretanto, mesmo sem querer, às vezes intencionamos acender um incenso apenas para perfumar o ambiente, com isso as forças energéticas da planta o qual ele foi confeccionado, e que está impregnado nestas substâncias aromáticas, vão agir independentemente da sua intenção, se é boa ou ruim. Como um fogo que não escolhe se vai queimar uma coisa boa ou ruim; simplesmente age utilizando a matéria comburente enquanto estiver a sua disposição. Por isso antes de acender o incenso, mentalize seu objetivo ou intenção, podendo ser uma oração, prece, paz, agradecimento, meditação, etc. O incenso deve ser aceso em local sereno, com tranquilidade e sem interferências no processo. É necessário ter consciência de que casa limpa, não é somente limpar os espaços físicos: chão, janelas, portas, banheiros, etc; também é necessário proceder a limpeza da energia do ambiente.


Existem vários tipos de incenso, de acordo com as plantas de que são feitos, cujas propriedades fazem com que cada um seja mais adequado para determinado fim. Por exemplo, os incensos de arruda e de alecrim são especialmente eficazes para repelir a energia negativa e criar uma atmosfera protetora.



Dica de modo de uso: Percorrer toda a sua casa com um pau de incenso incandescente, permitindo que o fumo se espalhe por todas as divisões, ajuda a afastar as energias negativas e a proteger a sua casa e todos os que nela habitam.



A sua saúde em boas mãos.



Bibliografia:


http://www.lendaviva.com.br/site/incensos.htm

https://www.eusemfronteiras.com.br/acredite-nos-incensos-eles-ajudam-a-equilibrar-as-energias-nos-ambientes-e-no-seu-corpo/

https://equilibriocorpoemente.wordpress.com/2014/10/16/incensos-equilibrio-da-energia/

http://www.mariahelena.pt/pt/pages/os-poderes-magicos-do-incenso

https://alquimiaoperativa.com/incenso/

242 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo