Saiba Mais sobre a Candidíase Vaginal.

9 Sep 2015

 

O QUE É?

A Candidíase vaginal, também chamada de vulvovaginite por cândida, é uma micose provocada pelo fungo da espécie cândida, habitualmente, a Candida albicans. 

A Candida albicans é um fungo comum da flora vaginal, estando presente em 1 a cada 5 mulheres. A sua presença em si não representa nenhum perigo para pessoas saudáveis. A candidíase doença só surge quando a população de cândidas colonizando a pele aumenta demasiadamente, causando um corrimento espesso, grumoso e esbranquiçado, acompanhado geralmente de irritação no local.

 

Estudos mostram que alguns fatores são facilitadores dessa micose:

 Antibióticos;

 Gravidez;

 Diabetes;

 Outras infecções (por exemplo, pelo vírus HIV);

 Deficiência imunológica;

 Medicamentos como anticoncepcionais e corticoides;

 Relação sexual desprotegida com parceiro contaminado;

 Vestuário inadequado (roupas apertadas e biquínis molhados; lycra e roupa de academia 

que aumentam a temperatura vaginal);

 Duchas vaginais em excesso.

 

Entre 20% a 25% dos casos de corrimentos genitais de natureza infecciosa têm como causa a Candidíase. Diz-se que 75% das mulheres têm essa infecção pelo menos uma vez na vida.

 

SINTOMAS E DIAGNÓSTICO

Os sinais mais comuns para essa doença são:

 Corrimento esbranquiçado;

 Coceira;

 Escoriações na região vulvar;

 Coloração vermelha na vagina.

 

Em casos extremos, a candidíase pode causar úlceras.

O método diagnóstico mais comum é o exame realizado em consultório ginecológico. O médico, com base nas queixas da paciente, no exame clínico, que identifica o tipo de corrimento característico que, combinado aos sintomas presentes e eventualmente após a realização de exames adicionais, caracteriza a enfermidade.  O fungo causador da candidíase pode ser encontrado no exame de Papanicolaou, no qual é feita a raspagem do canal vaginal e colo do útero para análise laboratorial. 

Encontrar o fungo no laudo não significa que a paciente tenha a candidíase. A bacterioscopia, exame em que a secreção vaginal é analisada em laboratório, também pode auxiliar no diagnóstico.

 

Dicas para cuidados íntimos.

 

RECOMENDAÇÕES

 

Para o tratamento da doença são recomendadas medidas simples:

 Devem-se evitar vestuários inadequados;

 Não praticar duchas vaginais;

 Não utilizar desodorantes íntimos;

 Abstinência sexual durante o tratamento;

 Utilizar camisinha.

 

 

 

 

 

 

CONFIRA OS PRODUTOS NATURAIS QUE A BOAFORMULA OFERECE PARA VOCÊ:

 

USO TÓPICO:

 

CREME COM ÓLEO DE MELALEUCA

ÓLEO DE MELALEUCA........5%

CHÁ VERDE..........................5%

CALÊNDULA.........................5%

Creme Vaginal QSP 60g

 

Modo de Uso:

Primeiro caso de cândida - 1 aplicador à noite por 15 dias.

Cândida de reincidência - 1 aplicador à noite por 30 dias

Se coceira intensa aplicar na parte externa.

ÓVULOS COM LACTOBACILOS 

LACTOBACILOS ACIDÓFILOS.........100MG

ÓVULOS QPS 1 unidade

 

Modo de Uso:

Primeiro caso de cândida - 1 óvulo à noite por 7 dias

Cândida de reincidência - 1 óvulo à noite por 30 dias

 

USO ORAL:

 

PROBACILOS  2BLH ............30caps

 

Modo de uso:

Primeiro caso de cândida - Tomar 2caps à noite por 15 dias

Cândida de reincidência - Tomar 2caps à noite por 30 dias

Please reload

Gostou e quer encomendar?
         51 99702.5060
       

Beleza de dentro para fora. | SiliciuMax®

4 Jul 2019

1/6
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Fale Conosco

 

WhatsApp:  (51) 99702.5060

                  

                   

Fones:        (51) 3095.2001

                   (51) 3311.7898

 

Redes Sociais

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Blogger
  • Preto Ícone LinkedIn

Contato com Equipe de Vendas

boaformula@boaformula.com.br

 

Sugestões, Reclamações e Dúvidas

sac@boaformula.com.br

Venha Trabalhar Conosco!

trabalheconosco@boaformula.com.br

Endereço

Boaformula Farmácia de Manipulação

Av. Independência, 1163

Bairro Independência

Porto Alegre - RS - Brasil

CEP 90035-077

Advertência:
• Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
• Imagens ilustrativas.
• Pessoas com hipersensibilidade à(às) substância(s) não devem ingerir o produto.
• Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
• Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
• Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da   luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
• Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
• Este medicamento não deve ser utilizado por gestantes e lactantes. 
• Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
• Os resultados dependem da correta utilização do produto, conforme descrito na posologia.
• Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.

Venda mediante prescrição do profissional habilitado
As informações acima são de caráter informativo sem intenção de induzir a automedicação, não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um profissional habilitado. 
O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto. RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.

Boaformula

Farmácia de Manipulação e Suplementos Nutricionais

A sua saúde em boas mãos.

Porto Alegre | RS

CNPJ 94.629.169/0002-30