Dica Saudável | Especial Dia das Mulheres

8 Mar 2019

 

 

 

Especial Dia das Mulheres

Auto cuidado e saúde cíclica feminina

 

 

Nesse dia 8 de março na Dica Saudável vamos honrar o Dia da Mulher com dicas incríveis de auto-cuidado e de cultivo à nossa saúde cíclica feminina. Mãe, mulher, dona de casa, profissional, esposa, filha. As multitarefas do universo feminino revelam que de frágil, não tem nada. Guerreiras que levantam cedo para conquistar o mundo todos os dias merecem um momento para cuidar de si e as plantas medicinais são ótimas aliadas!

 

Os benefícios das plantas e de ervas para a saúde vem atravessando séculos e gerações, numa mistura de sabedoria popular e fé, as quais proporcionam um método de cura mais saudável e natural. São diversos meios que podemos acessar esse poder de cura, por banhos de ervas, preparo de infusões, pelos óleos essenciais, entre muitos outros!

 

Há muito tempo várias plantas medicinais têm sido associadas ao feminino, no trato de diversos problemas que afetam nosso órgão reprodutor e nossa genitália. Nos curamos com a Terra. Através da conexão com a Mãe Natureza podemos nos conectar também a nós mesmas, celebrando e acolhendo os mistérios do sangue em todas as suas fases, desde a menarca até a menopausa. Mesmo para as mulheres estéreis essa conexão é possível e abre espaço para o autoconhecimento e para a cura.

 

Hoje vamos compartilhar mais sobre o sagrado feminino e a natureza cíclica que rege sobre todas as mulheres em todas as suas fases de vida!

 

 

A LUA E A NATUREZA CÍCLICA FEMININA

 

 

O corpo da mulher e o ciclo feminino estão conectados com a Lua e a Terra.A mulher, através de seu ciclo menstrual, transita pelas diferentes energias lunares (crescente, cheia, minguante e nova). Estas, por sua vez, se conectam com as diferentes estações (primavera, verão, outono e inverno).

 

Antigamente, na cultura e nos costumes estava incluído este vínculo da mulher com a natureza. Eram realizados diversos rituais e havia histórias explicando esta relação. Assim, desde pequenas as meninas tinham outra compreensão de si mesmas, de seu corpo e de sua menstruação. Elas a entendiam como “sagrada”, e não como algo sujo e incômodo que era preciso esconder.


Toda a natureza, as marés, o plantio, os animais e também nosso ciclo menstrual são influenciados pelas fases da lua. Cada fase lunar nos traz aspectos fortalecedores e desafiadores sobre nossa própria personalidade, oscilações de humor, energia, libido e produtividade. Somos cíclicas, assim como a lua, e o conhecimento sobre essas influências nos traz autoconhecimento e autonomia.

 

Atualmente, nos países ocidentais, as mulheres não costumam prestar atenção às mudanças emocionais e energéticas que experimentam durante seu ciclo. Muitas vezes tentam viver como se não fossem afetadas por suas fases, e isso leva a uma perda de bem-estar e um subaproveitamento de todas as suas potencialidades.

 

A lua, como sabemos, possui quatro fases: crescente, cheia, minguante e nova. Essas fases são associadas às quatro fases da Deusa: donzela, mãe, feiticeira e anciã. Nossas referencias são da Mandala Lunar, um trabalho muito lindo de autoconhecimento femino que nos inspiram hoje a falar mais sobre os arquétipos femininos.

 

 

NOSSA LUA INTERNA E SEUS ARQUÉTIPOS

 

 

Lua crescente e a Deusa Donzela
 

Essa fase corresponde a nossa fase pré-ovulação e é associada à primavera, já que, assim como a lua, a energia é crescente, também a libido, a criatividade e a feminilidade. Fase ideal para iniciar novos projetos e experiências, a vitalidade física e mental fortalece a independência e a coragem. Essa fase corresponde a parte ativa de nosso ser, fase de semear. A ação é o que move a donzela.

 

 

Lua cheia e a Deusa Mãe

 

Neste aspecto a lua chega ao seu ápice, a fase corresponde ao nosso período de ovulação. O arquétipo da grande mãe, cuidadora, protetora e acolhedora se manifesta com muita intensidade nessa fase. É o momento de nutrir, seja um projeto, um sonho, um jardim ou uma rica refeição.

 

É o momento da colheita e corresponde ao verão, a energia sexual está no ápice, assim como a feminilidade. Menos ativa que na fase donzela, aqui espalhamos energia e luz ao mundo, assim como a lua cheia. Nutrir é o fundamental para o arquétipo da mãe.

 

 

Lua minguante e a Deusa Feiticeira

 

Essa é a fase lunar mais desafiadora para a maioria das mulheres, pois corresponde à fase da TPM (tensão pré-menstrual) ou como eu prefiro dizer TPM – tempo para mim. Nessa fase é comum começarmos a nos recolher um pouco mais, ficarmos mais introspectivas e encararmos as nossas sombras de frente para que, assim, elas sejam transformadas na próxima Lua.

 

Nesse período a distância entre o consciente e o inconsciente fica menor e isso nos dá a oportunidade de trazermos para a luz a nossa escuridão e, desta forma, curarmos e acolhermos nosso lado sombrio. A fase da Deusa Feiticeira está associada ao outono.

 

Assim como a natureza, é importante deixarmos ir as folhas que já caíram, um momento de grande evolução e autoconhecimento. Nessa fase estamos mais conectados com a natureza, com a magia e com o oculto. Para a Deusa Feiticeira, recolher-se é essencial.

 

 

Lua nova e a Deusa Anciã

 

Nessa fase a Deusa vem como uma bruxa, senhora dos mistérios e da sabedoria e também Deusa da Vida, da Morte e da Cura. Corresponde ao nosso período menstrual. Essa fase lunar é relacionada ao inverno, em que o isolamento e o recolhimento são necessários para que as grandes transformações internas ocorram.

 

É a fase lunar do desapego, em que tudo aquilo que não nos cabe mais precisa ser limpo e transformado. Assim como na natureza, no inverno os animais se recolhem e o silêncio é profundo.

 

Também é necessário nos aprofundarmos dentro de nosso ser para que possamos renovar a energia para os próximos sonhos, projetos e realizações que crescerão com a próxima Lua. Transformar é o que rege a fase da Deusa Anciã.

 

Leia mais aqui.

 

 

A proposta dessa dica é que você volta a prestar atenção em si, observe-se, conheça-se e transforme-se!

 

 

 

Saúde feminina  com plantas medicinais

 

 

>> Artemísia: erva da lua

 

 

A Artemísia é uma erva muito conhecida desde tempos super antigos por suas propriedades medicinais. Existem registros que sugerem sua utilização até mesmo pelos egípcios e sabe-se que Hipócrates, o pai da medicina, a prescrevia para tratar anemia, cólicas menstruais, reumatismo e dores de estômago.É considerada uma planta poderosa ligada a energia feminina, chamada também de erva da vida.Seu nome é uma homenagem a Artemís, a deusa grega protetora dos partos.

 

Artemis, deusa grega feminina.

 

 

A Artemísia Vulgaris. Fonte: botanical.com

 

 

PARTES UTILIZADAS

 

Raiz, caule e folhas.

Tem aroma forte e seu sabor é muito amargo.

 

 

PROPRIEDADES MEDICINAIS E FORMAS DE UTILIZAÇÃO

 

Como chá ou sob a forma de tintura empregada para o tratamento de: asma, gripes, anemia, cólicas tanto menstrual quanto intestinal, problemas no estômago, cãibras, diarreia, reumatismo, nevralgia, auxiliar no tratamento da diabetes. Regulariza o funcionamento do estômago, fígado, rins, bexiga, pulmões. Excelente diurético.

 

Erva da Lua, regula o ciclo menstrual, trata cólicas, sintomas de menopausa e quase todas as doenças ligadas ao ciclo feminino

 

 

>> Camomila: liberação das mulheres

 

 

A Camomila é uma planta medicinal, também conhecida como Margaça, Camomila-vulgar, Camomila-comum, Macela-nobre, Macela-galega ou Camomila, muito utilizada no tratamento da ansiedade, devido a seu efeito calmante.

 

 

PARTES UTILIZADAS: flores.

 

A Camomila serve para ajudar no tratamento de irritações na pele, resfriados, inflamações nasais, sinusite, má digestão, diarreia, insônia, ansiedade, nervosismo e dificuldade para dormir, por exemplo.

 

 

Propriedades da Camomila

 

As propriedades da Camomila incluem sua ação estimulante da cicatrização, antibacteriana, anti-inflamatória, anti-espasmódica e calmante.

 

 

Indicação de uso da Camomila

 

As partes utilizadas da Camomila são suas flores para fazer chás, inalações, banhos de assento ou compressas.

 

 

PROPRIEDADES MEDICINAIS E FORMAS DE UTILIZAÇÃO

  • Inalação para sinusite: juntar 6 colheres de chá de flores de Camomila em uma panela com 1,5 L de água fervente. Depois, colocar o rosto sobre a taça e cobrir a cabeça com uma toalha grande. Respirar o vapor durante 10 minutos, 2 a 3 vezes por dia.

  • Chá para acalmar: colocar 2 a 3 colheres de chá de flores secas de Camomila em uma xícara de água fervente, deixar repousar por 5 minutos, coar e beber após a refeição.

  • Compressa para irritações na pele: juntar 6 g de flores secas de Camomila em 100 ml de água fervente e deixar repousar por 5 minutos. Depois coar, molhar uma compressa ou pano e aplicar sobre a região afetada.

  • Para esfoliação e limpeza da sua vulva: chá de camomila sem coar.

  • Para hidratação da vulva: óleo de coco (não muito) misturado com chá de camomila. Hidrata e limpa. Pode ser outro óleo vegetal que seu corpo goste. Mas fique sempre atenta para não adentrar tanto os lábios, pois pode irritar. Tudo é muito intuitivo e experimental. É você quem irá descobrir quais as plantas trabalham melhor no seu corpo e com a sua vulva. Você vai precisar resgatar a bruxa/ erveira que pulsa dentro de você.

  • Banho de assento: Ferva 3 litros de água e deixe em infusão 200g de camomila. Espere a mistura amornar. Ela precisa ficar quentinha e confortável ou fresca, mas NÃO quente. Esse banho de assento precisa ser feito com calma, em um momento de entrega, pois há o benefício energético da planta. Tire uma hora só para si, acenda um incenso, fique em penumbra, deite-se ou sente-se e encaixe o seu corpo o mais confortável possível. Fique meia hora. Indicado para casos de candidíase e infeccção urinária é indicado fazer esse banho de assento, podendo adicionar 1 colher de sopa de vinagre de maçã orgânico.

O óleo essencial de camomila romana também pode ser utilizado.

 

 

>> Amora

 

 

PARTE UTILIZADA: folhas.

 

Essa planta medicinal é muito indicada para mulheres em sua fase pré menopausa e enfrentando a menopausa, com suas mudanças de humor e desconfortos. Esta é uma fase da vida em que nós, mulheres, nos deparamos com muito cansaço, que não se explica o porquê. Também é a fase em que nós, mulheres, sentimos que o tesão de antes já não é o que era, e isso gera uma baita insegurança. Hormônios balançando, só isso e tudo isso.

 

As folhas de Amora (Morus nigra) são uma excelente opção, podendo ser consumida na forma de chá ou tintura.  Contém fitohormônios, com efeito estrogênico, e também flavonóides em sua composição. Combate suores noturnos, fogachos, distúrbios do sono, nervosismo, dor de cabeça e palpitações cardíacas, contribuindo ainda no combate à obesidade e na redução da glicemia e da pressão arterial.  O chá de folhas de amora possui sabor agradável e seu uso é seguro.

 

 

PROPRIEDADES MEDICINAIS E FORMAS DE UTILIZAÇÃO

 

Os efeitos do chá de amora miúra nas mulheres de quarenta ou mais, abrangem problemas como os oriundos dos sintomas da menopausa: ressecamento da vagina, irritação, ansiedade, nervosismo, memória fraca, dores musculares e das articulações, calores e algumas vezes suores frio, dor de cabeça, diminuição da libido, dificuldades para dormir, depressão, problemas urinários.

 

Mas, não só esses benefícios tem a amora miúra, senão que também ajuda nas funções hepáticas, no equilíbrio da glicêmia, reduz a pressão arterial, melhora a função renal e até ajuda no controle da osteoporose pois a amora, fruta, contém 22 vezes mais cálcio que o leite.

 

 

>> Alecrim

 

 

PARTE UTILIZADA: folhas e caules.

 

PROPRIEDADES MEDICINAIS E FORMAS DE UTILIZAÇÃO

 

Aumenta a circulação sanguínea e também auxilia no combate a infecções. Além de estimular a fertilidade, o alecrim ajuda na regulação do ciclo menstrual.

 

Modo de preparo: faça uma vaporização. Coloque vários ramos de alecrim num balde e despeje água fervente sobre ele. Sem calcinha, mas enrolada numa toalha ou usando uma saia longa, posicione o balde entre as pernas e agache sobre ele, ficando sentada nas beiradas, se possível. O importante é fazer com que o vapor chegue até a vulva, escapando o mínimo possível. Fique nessa posição até o vapor acabar (contraindicado para mulheres que usam o DIU de cobre ou o SIU Mirena)

 

O óleo essencial do alecrim também pode ser utilizado.

 

 

E, lembre-se, a auto-cura por meio de ervas medicinais não é algo distante e impossível. Trata-se de voltar ao nosso estado natural, aprender a curar feridas emocionais, olhar para nós mesmas e nos tratar com amor.

 

 

Óleos essenciais para mulheres

 

 

 

Todas nós devemos e precisamos cuidar de nossa saúde diariamente. A máxima que diz que é melhor prevenir do que remediar é uma das frases mais sábias das quais temos conhecimento! Se pudermos incluir mais produtos naturais nesse cuidado, melhor ainda. Além da alimentação que sempre deve ser rica em verduras, legumes e frutas, também podemos cuidar de nosso corpo e mente por meio de substâncias da natureza em forma de óleos essenciais. 

 

Os óleos essenciais são o exilir das plantas, substâncias complexas que nos auxiliam em diversas situações do dia a dia e podem vir a ser insubstituível quando se fala em bem estar feminino. A partir da extração dos aromas presentes em plantas, flores, madeiras, raízes e afins, podemos trazer para nosso benefício diversas propriedades de tratamento e cura para desconfortos físicos, mentais e espirituais. Os óleos essenciais, quando não aplicados 100% puros, podem ser diluídos em óleos vegetais, como os de semente de uva, amêndoas ou girassol ou mesmo em cremes ou géis de base neutra (evite composições com parafinas e derivados de petróleo). Deste modo, os óleos essenciais se tornam mais fáceis de serem utilizados em massagens, banhos ou loções corporais.

 

Vamos compartilhar alguns que são especiais e umas indicações de uso para você cultivar o auto cuidado com as plantas!

 

 

 

>> ÓLEO ESSENCIAL DE ALECRIM 

 

Colabora para o aumento da disposição, estimula a memória e a concentração. Promove alegria e sentimento de bem-estar. Combate a depressão.

 

 

>> ÓLEO DE COPAÍBA

 

Um poderoso  anti-inflamatória e anti-microbiana, a erva ainda tem ação cicatrizante e expectorante, podendo ser usada para tratar sinusites e outras doenças respiratórias. Indicado para infeccção urinária e candidiase, podendo ser misturado com 1 colheres de sopa de óleo de coco e 2 de copaíba e passe no local afetado duas vezes por dia.  Pode ser usado em banhos de assentos também.

 

 

>> ÓLEO ESSENCIAL CRAVO

 

O óleo com essência de cravo é muito bom para afastar a negatividade do ambiente e do corpo. As energias negativas estão por toda parte e podem ter influência sobre a saúde mental e física da mulher. A essência de cravo ajuda na circulação das energias, desintegrando toda a negatividade. Também serve como fonte de prosperidade, segurança e confiança.
 

 

>> ÓLEO DE ERVA DOCE/FUNCHO DOCE

 

Este é um dos óleos essenciais para mulher com propriedades que combatem a ansiedade e irritabilidade. Recomenda-se utilizar o óleo de erva doce antes de dormir, para relaxar e ter uma renovadora noite de sono. Também pode ser usado no começo do seu dia, além de ter um aroma suave e adocicado, traz uma sensação positiva e tranquila.

 

 

>> ÓLEO DE GERÂNIO

 

Este é um dos principais e mais recomendados óleos essenciais para mulher. Ele é indicado para problemas ginecológicos e para ser utilizado durante a TPM. Ajuda a combater as oscilações emocionais, depressões e síndrome do pânico. Também melhora a autoestima e funciona como um excelente diurético, combatendo a retenção de líquidos.

 

 

>> ÓLEO ESSENCIAL DE LAVANDA

 

Ameniza os sintomas da TPM promovendo relaxamento e clareza mental. Diminui a ansiedade, a insônia e as dores da enxaqueca.

 

 

>> ÓLEO ESSENCIAL DE LIMÃO

 

Alivia o estresse. Controla os níveis hormonais, de adrenalina, noradrenalina e cortisona.

 

 

 

>> ÓLEO DE PALMAROSA

 

afrodisíaco, relaxante, regenerador são as principais características deste óleo. Estimula o apetite e traz influências positivas sobre os sentimentos, ideal para anorexia e dependendo do caso, depressão também. Na estética, ajuda na reestruturação da pele.

 

 

>> ÓLEO ESSENCIAL DE PATCHOULI
 

O óleo de patchouli é um regenerador de tecidos. Contém propriedades hidratantes, sendo usado em eczemas, dermatites, rugas e pele rachada. É cicatrizante e em também propriedades rejuvenescedoras.

 

 

>> ÓLEO DE ROSAS

 

Este é um dos óleos essenciais para mulher que possui propriedades afrodisíacas e sedativas. É recomendado para ser utilizado em noites especiais, para trazer plenitude e paixão. Além de seus efeitos, possui um delicioso e marcante aroma. você pode substituí-lo por óleo de Palmarosa, que possui aroma e propriedades parecidos.

 

 

>> ÓLEO ESSENCIAL DA SALVIA SCLAREA

 

Óleo essencial dos problemas ginecológicos. Equilibra distúrbios hormonais do período mestrual como: amenorréia, dismenorréia, TPM, seios inchados, cólicas mestruais, dores de cabeça e enxaquecas.

 

Um dos melhores óleos essenciais para o período pré menopáusico ou climatério como: irregularidades do ciclo mestruas devido a diminuição da produção hormonal sexual, calores, depressão; menopausa. Considerado um repositor hormonal, coadjuvante na prevenção da perda óssea, decorrente da baixa taxa hormonal. Urotônico, combate infeccção urinária como vaginite e cistite. É um relaxante nervoso, atenua a transpiração ecessiva de mãos e pés, causa por nervosismo ou desequilíbrio hormonal. Tônico geral do organismo, usado em convalescenças e cansaço crônico, gerado por estressse prolongado.  Flebotônico,trata hemorróidas, aneurisma venoso e varizes. Leve hipotensor. Um afrodisíaco feminino, estimula a libido, combate a falta de apetite sexual durante a TPM, pré menopausa e menopausa. Auxilia a circulação sanguinea do couro cabeludo, evitando a queda de cabelo.

 

 

>> ÓLEO DE YLANG-YLANG

 

A ylang-ylang é uma flor oriental, que gera um óleo com aroma exótico e forte. Este é um dos óleos essenciais para mulher que deve ser evitado por quem tem pressão baixa. Ele melhora a autoestima, traz calma e foco em questões realmente relevantes. Também funciona como um excelente afrodisíaco, que pode ser utilizado em momentos especiais.

 

 

Indicações de uso dos óleos essenciais  no seu dia a dia

 

Em momentos de desconforto e também a fim de encontrar bem estar a respiração é uma grande aliada.É indicado um momento de respiração consciente, prestando atenção as 4 fases da respiração: inspiração, retenção com ar, expiração e retenção sem ar. Vamos compartilhar com você abaixo algumas dicas de como poder se beneficiar dos OE em momentos delicados na vida da mulher como também rituais de auto cuidado para você se amar muito!

 

 

Aplicação direta

 

Existem ocasiões específicas, como em casos de primeiros-socorros, nas quais a aplicação dos óleos essenciais diretamente na área afetada é segura. Mas os únicos óleos que podem ser usados topicamente (direto na pele) são os de lavanda, de tea tree e de copaíba.

 

 

Aromatizadores/Difusores

 

Os recipientes utilizados para a difusão dos óleos essenciais em ambientes diversos, como em escritórios ou casas, são conhecidos como aromatizadores, difusores ou vaporizadores. A utilização deles é bastante simples. Aqueles que funcionam com vela devem ter a parte superior preenchida com água e aproximadamente 10 gotas de óleo essencial. Enquanto a vela, que fica na parte inferior, aquece a água, a fragrância natural vai sendo liberada lentamente no ambiente. O uso desse tipo de difusor ou vaporizador é desaconselhável em áreas com grandes correntes de ar ou enquanto se dorme. Entre os aromatizadores elétricos, já existem aqueles que informam a quantidade de óleo essencial a ser utilizada. Os aromatizadores elétricos trabalham por processo de difusão, por evaporação ou simplesmente por propagação de partículas de óleos essenciais. Independente do tipo, os aromatizadores são excelentes para ajudar a relaxar, auxiliar o sono, estimular a mente durante os estudos ou para criar um ambiente sensual. 

 

 

Banhos de assento

 

Para cada três litros de água, adicionar de três a seis gotas de óleos essenciais. Os óleos essenciais também podem ser utilizados no sabonete líquido ou gel de banho, desde que não contenham óleo mineral. Quando estiver tomando banho, coloque um pouco dessa mistura numa bucha vegetal e experimente a esfoliação com óleos essenciais.

 

 

Banho de mãos ou manilúvio

 

Ideal para amaciar a pele áspera. Um SPA completo para as mãos começa com uma esfoliação, para retirar as células mortas. Em seguida, coloque em uma bacia um litro de água morna, 2 colheres de sopa de vinagre de cidra (maçã) e 10 gotas de óleo essencial adequado. Mergulhe as mãos nessa mistura. Em seguida, ‘envelope-as’ com algum material que as deixe abafadas, podendo ser uma toalha ou um saquinho plástico usado e limpo por cerca de 20 minutos. O tratamento pode ser finalizado com a manicure completa.

 

 

Banhos terapêuticos

 

No banho quente, os óleos essenciais entram em contato com a pele ao mesmo tempo em que são inalados e a absorção de suas propriedades ocorre tanto pela epiderme quanto pelo sistema respiratório. Em banhos de imersão são necessárias de 15 a 20 gotas de óleo essencial para uma banheira tamanho padrão, além de uma colher de óleo carreador para que ele se disperse na água. Uma boa alternativa é fazer o óleo de banho com 10 ml de óleo vegetal de germe de trigo e 90 ml de óleo vegetal de semente de uva. Nessa mistura de 100 ml de óleo carreador, devem ser acrescentadas 60 gotas de óleos essenciais. Para misturá-los, basta agitar bem. Guarde o blend obtido em um vidro âmbar e use uma colher de sopa para cada banho. A mesma mistura também pode ser usada no chuveiro, após a ducha. Nas duchas, os óleos devem ser aplicados no corpo todo, com o auxílio de uma bucha  em movimentos circulares, para facilitar a permeabilidade no sistema tegumentar, e alcançar a corrente sanguínea. Para finalizar, basta enxaguar-se com uma ducha de água mais fria que a usada no banho.

 

 

Creme Facial

 

Separe 20g do seu hidratante preferido e adicione 5 gotas do seu óleo essencial preferido, misture bem.Coloque em uma embalagem escura e mantenha em lugar escuro e seco.

 

 

Compressas

 

Em uma tigela, acrescente um litro de água bem quente e aproximadamente 10 gotas de óleo essencial. Mergulhe uma toalha de mão ou uma fralda de pano na tigela, retire o excesso de água e a coloque sobre a área desejada. Repita essa operação quantas vezes achar necessário. As compressas são ideais para artrites, reumatismos, dores nas ‘juntas’, de cabeça ou musculares. Para fazê-las frias, o procedimento é o mesmo.

 

 

Escalda-pés ou pedilúvio

 

Para refrescar pés doloridos e cansados, utilize uma bacia ou tina com 2 litros de água quente e, aproximadamente, de 10 a 15 gotas de óleos essenciais adequados, sempre diluídos em algum veículo (poderá ser sal do himalaia, vinagre e/ou óleos vegetais).

 

 

Emanação de travesseiro

 

Perfumar o travesseiro com 2 ou 3 gotas de óleo essencial é ótimo para relaxar ou aliviar a insônia. Coloque as gotas em um pad de algodão e coloque-o entre a fronha e o travesseiro.

 

 

Gargarejo

 

Indicado principalmente para dores de garganta e mau hálito. Coloque em um copo com água morna uma gota de óleo essencial e faça gargarejos. Mas, lembre-se de que o líquido não deve ser engolido.

 

 

Inalação

 

A inalação do vapor do óleo essencial é um excelente método para tratar tanto os problemas respiratórios, como gripes, resfriados e sinusites; quanto os problemas emocionais, como ansiedades ou ataques de pânico. Ao utilizar um vaporizador, acrescente apenas uma gota de óleo essencial ao soro fisiológico. Já em uma tigela, acrescente até 9 gotas para dois litros de água fervente. Posteriormente, coloque uma toalha sobre a cabeça e respire profundamente. Dessa mesma forma, é possível fazer uma limpeza profunda na pele do rosto. Durante todo o processo, é conveniente manter os olhos fechados. 

 

 

Inalação em inalador elétrico

 

Colocar 10 ml de soro fisiológico, e acrescentar apenas 01 gota do óleo essencial desejado, seja este para problemas respiratórios, ou para acalmar.

 

 

Inalação por meio de lenços

 

É uma maneira fácil de utilizar os óleos essenciais. Basta adicionar de 3 a 4 gotas de óleo essencial em um lenço e inalar profundamente. Excelente para resfriados, dores de cabeça, enjoos de viagem ou simplesmente para aliviar o cansaço.

 

 

Massagens em geral

 

Esse é o tratamento clássico que proporciona ao organismo a possibilidade de autocura. Durante a massagem, o efeito terapêutico dos óleos essenciais ocorre tanto pela inalação dos aromas quanto pela absorção cutânea. A massagem desencadeia a estimulação do fluxo sanguíneo e do líquido linfático, além de atuar sobre o sistema límbico, que é responsável pelos sentimentos. Para uma massagem, deve ser usada uma diluição de, em média, 2%, que serão 50 gotas de óleos essenciais para 100 ml de óleo vegetal, também chamado de carreador. Como a pele é o maior órgão do corpo, ela fica diretamente exposta a poluição, toxinas e outros fatores agressivos do meio ambiente. Por isso, ela também é o melhor local para a aplicação dos óleos. Em torno de 20 minutos após o início da massagem, eles começam a ser absorvidos, propiciam limpeza e sensação de relaxamento. Mesmo que haja excesso de absorção, o excedente é eliminado pela urina ou através da exalação que ocorre pelos poros. Se a massagem for facial, os óleos carreadores mais indicados são os de jojoba, rosa mosqueta e semente de uva.

 

 

Massagem Facial

 

Escolha um óleo carreador. Os melhores para a pele são: coco, argan e rosa mosqueta. Separe 5 ml de óleo carreador (mais ou menos uma colher de sobremesa) e adicione 2 gotas do seu óleo essencial preferido. Misture bem e passe no rosto. Massageie por alguns minutos e deixe agir por 10 minutos. Em seguida, lave o rosto.

 

 

Pomadas

 

Para preparar uma receita caseira de pomada, use creme neutro e óleo vegetal. Depois de agregá-los, acrescente os óleos essenciais.

 

 

Sachês ou Pout-Pourri

 

Para deixar um aroma agradável dentro dos armários ou em qualquer ambiente da casa, use recipientes como rolhas, algodão, folhas ou trouxinhas de tecido. Para aromatizar qualquer um desses materiais, pingue algumas gotas de óleo essencial. Posteriormente, espalhe-os onde quiser. Para as sapateiras, o mais indicado é utilizar bolinhas de madeira ou chumaços de algodão, com gotas de óleos essenciais de tea tree ou cipreste. Visando equilubrar o ambiente e promover o bem estar, é interessante deixar um sache com funcho doce no quarto, como também óleo essencial de lavanda. Querendo um ambiente mais energético o óleo essencial de alecrim, que beneficia sua concentração é uma boa escolha!

 

 

Vapor quente

 

O vapor quente também é um ótimo meio para inalar os óleos essenciais. Para isso basta aplicar de três a cinco gotas de óleo essencial num recipiente de vidro ou panela com água quente e posicionar o rosto acima, inalando o aroma. Devido à temperatura da água, a penetração dos óleos essenciais no sistema olfativo será bem rápida. Para potencializar esse efeito, você pode cobrir a cabeça com uma toalha ou um pano, criando uma espécie de sauna.

 

 

Ventilação

 

Para utilizar os benefícios dos óleos essenciais por meio da ventilação, basta colocar de três a dez gotas do óleo essencial num pedaço de algodão e prendê-lo próximo ao ventilador. Essa técnica é mais eficaz em locais pequenos. Para espaços maiores é indicado diluir os óleos essenciais em álcool e umedecer um pano para colocar no ventilador.

 

 

Vagina
 

Os óleos essenciais também podem auxiliar o tratamento de infecções urinárias, candidíase, miomas e cistos. Há três formas de utilizar os óleos essenciais na vagina. A primeira delas consiste em diluir três a cinco gotas de óleos essenciaisem dez a 15 mL de óleo vegetal extra-virgem. É indicado inserir essa mistura com a ajuda de uma seringa e depois segurar com um tampão. Solte em seguida. A segunda forma de utilização é embebedar um absorvente interno com a mistura de três a cinco gotas de óleos essenciais em 10 mL de óleo vegetal extra-virgem. Você pode reter essa mistura durante algumas horas ou a noite inteira. Outra maneira de utilizar óleos essenciais na vagina é adicionar duas a três gotas de óleo essencial em água morna e inseri-lo com a ajuda de uma seringa vaginal. Mas lembre-se de se certificar de que os óleos essenciais escolhidos não irritam as mucosas. Caso haja irritação, mergulhe um algodão em óleo vegetal neutro como óleo de coco, azeite ou girassol e aplique no local irritado pelo óleo essencial, retirando todo o excesso.

 

 

 

Receitas de uso dos óleos essenciais

 

 

Argila para peles maduras e secas:  2 colheres de sopa de argila branca com 10 gotas de óleo vegetal de rosa mosqueta, 1 gota de óleo essencial de palmarosa, 1 gota de óleo essencial de gerânio e vá adicionando água thermal de gerânio até obter uma substância pastosa.Aplique na região da face, em movimento circulares aplicando sobre toda a pele do rosto. Pode ser usado na região do pescoço também, deixar agindo por pelo menos 20 min umedecendo com a água thermal e depois retire suavemente. Finalize hidratando a pele com 2 gotas de óleo vegetal de rosa mosqueta.

 

 

Argila para peles oleosas e com acne: 2 colheres de sopa de argila verde com 10 gotas de óleo de abacate, 2 gotas de óleo essencial de melaleuca e 2 gotas de óleo essencial de copaíba e vá adicionando água thermal de menta até obter uma substância pastosa. Aplique na região da face, em movimento circulares aplicando sobre toda a pele do rosto. Pode ser usado na região do pescoço também, deixar agindo por pelo menos 20 min umedecendo com a água thermal e depois retire suavemente. Finalize hidratando a pele com 2 gotas de óleo vegetal de rosa mosqueta.

 

 

Banho de assento para infeccção urinária/candidiase: Prepare 3 litros de água fervente e coloque 200g de chá de camomila em infusão. Leve esta água a uma bacia e espere amornar. Quando a temperatura estiver adequada, acrescente 2 gotas de óleo essencial de copaíba e 1 colher de sopa de vinagre de maçã orgânico e sente por pelo menos 30 minutos. Lembre de higienizar a área antes do banho de assento, mantenha-se sempre aquecida.

 

 

Massagem capilar para queda de cabelos: misture 4 gotas de óleo essencial de salvia sclarea, 4 gotas de óleo essencial de lavanda francesa, 4 gotas de óleo essencial de alecrim com 10ml de óleo vegetal ou mascara hidratante capilar. Aplique sobre o couro cabeludo, massageia e deixe agir por aproximadamente 10h, só então lavar os cabelos.

 

 

Massagem para TPM: pingue 5 gotas de óleo essencial de sálvia, 5 gotas de óleo essencial de lavanda francesa na planta dos pés, massageando-os.

 

 

Para curar a alma feminina e resgatar sua natureza cíclica: pingue 3 gotas de óleo essencial de salvia sclarea ou gerânio ou ylang ylang no colar aromático individual.

 

 

Para vencer o ressecamento dos pés, mãos, cotovelos e joelhos (e ainda minimizar a ansiedade!) Escalda-pés: em dois litros de água não muito quente (dependendo da sensibilidade individual), adicione uma colher de sobremesa de Óleo Vegetal de sua preferencia(semente de usa, óleo de coco, abacate,etc) e dez gotas de Óleo Essencial de Palmarosa. Após 15 minutos, realiza-se intensa regeneração celular.Hidratação: Após o escalda-pés, enxugue-os bem e massageie com uma colher de sopa de Óleo Vegetal e 4 gotas de Óleo Essencial de Palmarrosa. Para melhor efeito, cubra com e envolva com uma toalha por 15 minutos. “O resultado será alta emoliência dos pés, além de alívio da insônia e da ansiedade. Pode-se usar essa solução também no pós-banho e pós-sol, substituindo o Óleo Essencial de Palmarrosa por Óleo Essencial de Lavanda, na mesma proporção”, garante Sâmia.

 

 

Estar imersa no mundo dos aromas, ainda que temporariamente, é mudar seu estado de consciência e despertar para um momento mais completo!

 

A Equipe Boaformula parabeniza todas as mulheres pelo seu dia, mulheres que encantam esse mundo com a sua energia cíclica! Merecem nosso respeito e admiração hoje e todos os dias do ano!

 

 

A sua saúde em boas mãos.

Please reload

Gostou e quer encomendar?
         51 99702.5060
       

Beleza de dentro para fora. | SiliciuMax®

4 Jul 2019

1/6
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Fale Conosco

 

WhatsApp:  (51) 99702.5060

                  

                   

Fones:        (51) 3095.2001

                   (51) 3311.7898

 

Redes Sociais

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Blogger
  • Preto Ícone LinkedIn

Contato com Equipe de Vendas

boaformula@boaformula.com.br

 

Sugestões, Reclamações e Dúvidas

sac@boaformula.com.br

Venha Trabalhar Conosco!

trabalheconosco@boaformula.com.br

Endereço

Boaformula Farmácia de Manipulação

Av. Independência, 1163

Bairro Independência

Porto Alegre - RS - Brasil

CEP 90035-077

Advertência:
• Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
• Imagens ilustrativas.
• Pessoas com hipersensibilidade à(às) substância(s) não devem ingerir o produto.
• Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
• Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
• Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da   luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
• Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
• Este medicamento não deve ser utilizado por gestantes e lactantes. 
• Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
• Os resultados dependem da correta utilização do produto, conforme descrito na posologia.
• Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.

Venda mediante prescrição do profissional habilitado
As informações acima são de caráter informativo sem intenção de induzir a automedicação, não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um profissional habilitado. 
O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto. RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.

Boaformula

Farmácia de Manipulação e Suplementos Nutricionais

A sua saúde em boas mãos.

Porto Alegre | RS

CNPJ 94.629.169/0002-30