Dica Saudável | Moringa

10 May 2019

 

 

 

Moringa – Superalimento

                                 

Uma planta que esta em alta agora por suas propriedades medicinais incríveis e multifuncionalidade que a classificam como um superalimento: Moringa!

 

A Moringa oleífera, conhecida como morangue, quiabo de quina, been tree, acácia-branca, pilão árvore ou apenas moringa, é uma árvore que tem sua origem no noroeste da Índia, entretanto, também é encontrada em toda Ásia e América Central. Apresenta importância econômica grande, pois tem aplicação industrial, além de ser utilizada como planta fitoterápica.

 

Recomendada pela ONU, UNICEF e OMS (Organização Mundial da Saúde) pelas suas propriedades benéficas a saúde, considerada eficaz para o tratamento de muitos males, da malária a dores de estômago, a moringa é um alimento com alto valor nutritivo e uma excelente composição de proteínas, vitaminas e sais minerais.

 

Alimentando e nutrindo pessoas há milhares de anos, a Moringa possui registros de utilização há pelo menos 4000 anos. Mesmo tendo sido utilizada por milhares de anos, foi somente a partir da década de 70 que estudos começaram a ser conduzidos acerca das suas propriedades nutricionais.

 

Apesar da longa existência e dos inúmeros estudos reforçando suas qualidades, esta incrível planta ainda é pouco difundida no Brasil.

 

 

>> Características Botânicas

 

 

Árvore caducifólia, de copa rala e tronco e ramos claros, com rapizes espesssas e carnosas, de 6-15m de altura. Folhas compostas bipinadas, longo pecioladas e concentradas no ápice dos ramos, com 7-9 jugas, cada uma com 7-11 folíolos obovais, glabros , membranáceos, de menos de 3cm de comprimento. Flores brancas, perfumadas, reunidas em panículas terminais laxas. Frutos do tipo cápsula cilíndrico-alada, deiscente, de cor amarronzada, com aspecto de vagem, de 18-34cm de comprimento, contendo muitas sementes trialadas e oleaginosas.

 

 

>> Uma planta com multifunções e usos diversos!!

 

De divulgação relativamente recente no Brasil (mas, há coletas desde 1839 e 1900), é cultivada em quintais, principalmente na região Nordeste, tanto para uso medicinal como para o aproveitamento de suas sementes no tratamento caseiro da água de consumo. Suas folhas e frutos jovens, flores, raízes e sementes podem ser consumidas.

 

Propagação: por sementes e estacas grossas.

 

 

Usos culinários: é ingrediente importante da culinária indiana e grande potencial de uso no Brasil como hortaliã arbórea. As  folhas podem ser usadas como a maioria das verduras: saladas, salteadas, sopas, pães e bolinhos. As flores podem ser consumidas cruas em saladas ou cozidas. Os frutos tenros bem jovens de algumas variedades podem ser raspados e cozidos como vagem de feijão. As raízes engrossadas podem ser desenterradas, descascadas e raladas para uso como dondimento similar à raiz-fore, com mais sabor e aroma muito pungente tipo  “óleo de mostarda”. Logo, como todos os condimentos fortes, deve ser usada com parcimônia e bom senso. Das sementes esmagadas é possível obter óleo para saladas. As folhas tem alto teor de carotemina A ( até 44.817 UI) entre as verduras. Os frutos verde tem ca. de 43kmcal/100g e são boas fontes de Ca e, especialmente, vitamina C (100mg/100g ou mais)até 220mg/100g.

 
 
>> Suplemento nutricional natural

 

 

Rica em nutrientes, a Moringa é utilizada como um suplemento nutricional por conter grandes quantidades de proteínas, aminoácidos essenciais e vitaminas A, B, e E, além de minerais como ferro, cálcio, zinco e selênio.

 

A junção de todos esses nutrientes, na quantidade que a Moringa possui, dá a ela o título de superalimento.

 

 

>> Os benefícios da Moringa.
 
 

– Possui em média 10 vezes mais cálcio que o leite, mais potássio que a banana, mais ferro que o espinafre e mais vitamina C que a laranja.

 

– Capacidade potencializada como sequestradora de radicais livres, os quais são responsáveis em torno de mais de 50 tipos de doenças, entre elas: câncer, Alzheimer, Parkinson, AVC, infarto, envelhecimento celular, catarata, esclerose múltipla.

 

– Diminuição do estresse oxidativo, o que vai colaborar para a menor produção de placas ateroscleróticas (gordura no sangue), diminuindo assim os riscos cardiovasculares causados pelas mesmas. Sendo os resultados da planta comparada em vários artigos científicos com as estatinas.

 

– Ação antibacteriana, inclusive com pesquisas no tratamento de úlceras e gastrites causadas pela H. pylori.

 

– Ação antitóxica: possibilita defesa do organismo em relação ao consumo de agrotóxicos e demais agentes de poluição aos quais estamos diariamente expostos.

 

– Ação hipoglicemiante: diminuição dos níveis de glicose no sangue e recuperação do organismo por danos oxidativos causados pelo desequilíbrio da glicemia.

 

– Diminuição da estafa e cansaço cerebral, e devido a sua capacidade antioxidante, melhora também da cognição.

 

– Recuperação muscular após exercícios, evitando assim o fator fadiga pós treino. Dessa forma, melhora o desempenho e resultados para ganho de massa magra e diminuição de gordura.

 

 

>> Indicações terapêuticas

 

A moringa oleífera é usada tradicionalmente para:

  • Estimular as defesas do corpo

  • Aumentar a Imunidade

  • Desintoxicar o corpo

  • Reduzir o inchaço

  • Aumentar os níveis de energia

  • Controlar o peso, reduzindo o apetite

  • Facilitar a digestão

  • Manter a Diabetes Controlada

  • Promover a pele saudável

  • Aliviar as dores de cabeça

  • Aliviar os sintomas da menopausa

  • Prevenir a perda de cabelo

Ao longo dos séculos a planta vem sendo utilizada como remédio para tuberculose, diabetes, dores crônicas, epilepsia, bronquite, anemia e a hipertensão arterial, além de outras condições como: tosse, asma, menopausa, fibromialgia e artrite, entre outras.

 

A moringa tem sido recomendada como antibiótico, anticancerígeno e anti-inflamatório, além de ser muito eficaz para as doenças dos rins, pâncreas, coração e dos olhos. É realmente uma planta incrível, não?

 

 

MORINGAplus®  | A moringa da Florien

 

As vitaminas e os minerais são substâncias que participam de diversas reações metabólicas no organismo. Estão presentes em pequenas quantidades nos alimentos e são indispensáveis para o funcionamento adequado do organismo. As quantidades necessárias variam de acordo com o sexo, idade, estado fisiológico e prática de atividades físicas do indivíduo, essa necessidade aumenta durante as fases de crescimento, gestação, lactação, determinadas patologias e condições de esforços intensos.

 

A vitamina A é encontrada na MORINGAplus® em concentrações superiores que em espécies como: brócolis, cenoura, couve, espinafre e alface. É importante para a visão normal em luz fraca, para a diferenciação do epitélio secretor de mucos, prevenindo sua queratinização e para melhorar a resistência do organismo contra infecções. A vitamina E, substância antioxidante composta de tocoferóis, ajuda a interromper as reações de peroxidação lipídica geradas pelos radicais livres. Atua metabolizando os peróxidos antes que estes possam causar lesões nas membranas celulares, o que favorece o estresse oxidativo, resultando em manifestações patológicas, como aterosclerose e câncer.

 

MORINGAplus® é uma fonte altamente disponível de folato, o qual é um nutriente essencial, e sua deficiência pode trazer riscos negativos para o corpo como a elevação de homocisteína, que pode aumentar as chances de doenças cardíacas e de acidente vascular cerebral. Além disso, o folato é necessário para a formação do tubo neural em fetos, portanto sua suplementação na gestação é importante para prevenir os riscos de malformações (SAINI et al., 2016).

 

Estudos têm revelado o uso de extratos de Moringa para melhorar o desempenho antifadiga, melhorando o desempenho do exercício, sem efeitos deletérios sobre a saúde dos usuários. O potencial antifadiga pode ser expresso através de mecanismos que envolvem a atividade antioxidante do extrato (LAMOU et al., 2016).

 

MORINGAplus® possui também comprovada atividade hipoglicemiante, podendo ser utilizada como tratamento alternativo ou complementar para diabetes. Foi conduzido um estudo para avaliar a atividade hipoglicêmica e antioxidante de proteínas presentes no extrato obtido das folhas da Moringa. O estudo concluiu que o extrato possui a capacidade de reduzir os níveis de glicose no sangue, além de reduzir o estresse oxidativo em ratos com diabetes (PAULA et al., 2017).

MORINGAplus® pode ser utilizada para auxiliar no tratamento de pacientes com altos níveis de colesterol e formação de placas ateroscleróticas.

 

 

>> Ação Antioxidante

 

À medida que nós envelhecemos, nosso organismo começa a liberar mais radicais livres que geram um estresse oxidativo em nosso corpo. Esse estresse oxidativo pode levar a doenças degenerativas como Alzheimer, Parkinson e ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica) – além de facilitar o desenvolvimento de um câncer, inclusive.

 

Em pesquisa conjunta da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, foi descoberta a capacidade da planta no combate desses radicais livres, impedindo a proliferação destas doenças, além de ainda ajudar na prevenção e controle do câncer.

 

A planta moringa oferece uma mistura rica de antioxidantes como a quercetina, a rutina, a zeatina e o ácido clorogênico e beta-sitosterol.

 

Em estudos recentes independentes demosntraram que o pó das folhas da moringa alcançou um ORAC (sigla em inglês para Capacidade de Absorção do nosso Organismo) superior a qualquer outro alimento antioxidante da lista: superou o açaí, amoras, chocolate escuro e chá verde.

 

 

>> Reduz Inflamações

 

Os flavonoides, isotiocianatos e ácidos fenólicos presentes nas folhas, vagens e sementes da moringarepresentam seu grande potencial anti-inflamatório.

 

O diabetes geralmente causa problemas circulatórios que podem ser administrados através de suplementos inibidores de inflamações, tornando os suplementos a base da Moringa uma ótima opção natural para essas pessoas administrarem o açúcar no sangue e cuidar dos sintomas da diabetes.

 

Quem sofre com úlceras estomacais, artrites e edemas pode ainda se beneficiar das características naturais anti-inflamatórias da planta, que inibem os sintomas dessas condições.

 

A Moringa conta também com propriedades diuréticas, antibacterianas e antivirais, regula o sistema digestivo (prevenindo diarreia ou prisão de ventre) e promove a nutrição do sistema imunológico do corpo.

 

As vantagens da utilização da planta moringa para a saúde são tantas que renderiam um – ou dois – livros extensos.

 

Porém, estes benefícios só são aproveitados de verdade se ela for consumida (e manejada) da maneira correta.

 

Depois de tantos benefícios, o que mais se pode pedir?

 

 

>> Indicações do Uso

 

Infusão: 1 a 3 xicara ao dia – 1 col de sob da folha para 200 ml de água.

 

Farinha: 1 a 3 col de sobremesa em preparações ao dia

 

Moringa Plus® (extrato seco): 500 mg – 2 vezes ao dia.

 

 

A moringa, em cápsulas e em pó, pode ser adicionada a shakes, smoothies e sucos verdes. 

 

 

>> Cápsulas <<

 

Extrato concentrado em cápsulas

 

O consumo regular das cápsulas de moringa é a maneira mais eficaz de aproveitar todos os seus benefícios. Isto porque uma cápsula com o extrato concentrado pode ser até 50 vezes mais forte do que a folha seca.

 

Além disso, as cápsulas conservam melhor o extrato porque o mantém comprimido e fechado. Dessa forma, o recomendado é consumir as cápsulas da planta medicinal ao invés do chá.

 

 

>> Pesquisas para utilização da Moringa

 

Unesp pesquisa proteína da planta

 

As sementes da moringa, utilizadas para tratar problemas circulatórios, são ricas em uma proteína floculante que, além de ter propriedades antifúngicas e antibactericida, tem sido alvo de estudos na produção industrial de açúcar, por poder clarificar o caldo da cana em uma das etapas do processo de obtenção da sacarose. Sua utilização pode substituir uma das etapas industriais, que consiste em remover impurezas adicionando-se produtos nocivos que possuem ação neurotóxica e carcinogênica, como por exemplo polieletrólitos à base de acrilamida. 

 

O grupo de pesquisa do laboratório de bioquímica (Departamento de Física) da Unesp de Rio Preto, liderado pelo professor Raghuvir Krishnaswamy Arni, foi a primeira equipe a determinar a estrutura tridimensional desta proteína, o que significa que agora se conhece a posição espacial de cada átomo desta proteína, algo muito mais preciso do que o mais potente dos microscópios poderia fornecer. "Possuímos, agora, uma ferramenta poderosa para auxiliar no entendimento do mecanismo de ação desta proteína, tanto na medicina como na indústria", explica o biólogo da Unesp Ricardo Barros Mariutti, doutor em microbiologia. 

 

 

>> Tratamento de água com semente de moringa

 

Uma das utilidades da moringa é clarificar águas sujas ou turvas, processo em que são usadas suas sementes moídas.

Essas sementes têm substâncias que agem como floculantes, aglutinando partículas sólidas da água, fazendo-as sedimentar, num processo igual ao usado nas estações de tratamento de água. 

Com a aglutinação, a matéria sólida pode ser retirada, sendo possível remover boa parte das bactérias em suspensão.

Importante: para garantir que a água esteja totalmente potável é necessário ainda ferver ou filtrar o líquido.

 

A sua saúde em boas mãos.

 

Fonte:  @nfeksa

Material do Fornecedor | Florien 

Livro PANCS do Valdly Kinupp

 

Please reload

Gostou e quer encomendar?
         51 99702.5060
       

Beleza de dentro para fora. | SiliciuMax®

4 Jul 2019

1/6
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Fale Conosco

 

WhatsApp:  (51) 99702.5060

                  

                   

Fones:        (51) 3095.2001

                   (51) 3311.7898

 

Redes Sociais

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Blogger
  • Preto Ícone LinkedIn

Contato com Equipe de Vendas

boaformula@boaformula.com.br

 

Sugestões, Reclamações e Dúvidas

sac@boaformula.com.br

Venha Trabalhar Conosco!

trabalheconosco@boaformula.com.br

Endereço

Boaformula Farmácia de Manipulação

Av. Independência, 1163

Bairro Independência

Porto Alegre - RS - Brasil

CEP 90035-077

Advertência:
• Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
• Imagens ilustrativas.
• Pessoas com hipersensibilidade à(às) substância(s) não devem ingerir o produto.
• Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
• Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
• Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da   luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
• Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
• Este medicamento não deve ser utilizado por gestantes e lactantes. 
• Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
• Os resultados dependem da correta utilização do produto, conforme descrito na posologia.
• Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.

Venda mediante prescrição do profissional habilitado
As informações acima são de caráter informativo sem intenção de induzir a automedicação, não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um profissional habilitado. 
O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto. RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.

Boaformula

Farmácia de Manipulação e Suplementos Nutricionais

A sua saúde em boas mãos.

Porto Alegre | RS

CNPJ 94.629.169/0002-30