Dica Saudável | Óleo Vegetal de Jojoba

 

 

 

 

Óleo Vegetal de Jojoba

Saúde para pele e cabelos!

 

 

Nome cientifico: Simmondsia chinensis

INCI: SIMMONDSIA CHINENSIS SEED OIL

Indicações: couro cabeludo, cabelos, acne e rugas

Composição Química:As sementes contêm em torno de 45-50% de uma mescla líquida a temperatura ambiente composta principalmente por ésteres de C20 e C22, que por hidrólise produzem – ácido eicosenoico, ácido erusico, ácido miristico, ácido docosenoico, simmondsina, álcoois – eicosonol e decosonol, etc.

Tipo De Extração: prensagem a frio

Parte Utilizada: Sementes.

 

 

Hoje nossa dica saudável é sobre um óleo vegetal muito especial  extraído das sementes da Simmondsia chinensis, originária do México e EUA. É um óleo vegetal especial e nobre de alta compabilidade com a pele humana. É 100% puro e natural. Sua composição é livre de conservantes, parabenos, sulfatos, corantes, silicone e essências artificiais. Além de ser um produto vegano, livre de testes em animais e de ingredientes de origem animal.

 

Seus benefícios para saúde da pele e dos cabelos são diversos! Possui ação de desobstrução dos poros e das glândulas sebáceas e regula naturalmente a oleosidade da pele. No cabelo, limpa o bulbo capilar, regula a oleosidade e permite o crescimento de novos fios. Popularmente é utilizado nos EUA para o tratamento de rosácea, já no Brasil, é conhecido e utilizado no cabelo e na pele para tratamentos diversos faciais por ter densidade leve e não deixar a pele oleosa.

 

 

O que são óleos vegetais?

 

Os óleos vegetais são gorduras extraídas de diversas partes das plantas. Raízes, polpa, flores, caules, folhas e sementes são matérias-primas para a extração dos óleos vegetais. Entretanto, o processo se dá quase que exclusivamente a partir das sementes.

 

Cada óleo vegetal possui propriedades específicas que são direcionadas para diversas finalidades, como alimentação, cosméticos, combustível, fins terapêuticos, entre outros.

 

Nesse caso estaremos falando de um ótimo aliado no autocuidado natural para se usar como cosmético. Os óleos vegetais  são também conhecidos como óleos carreadores.Eles apresentam um alto poder de hidratação e nutrição para a pele, sendo ideais para utilizar puros ou como veículo de diluição dos óleos essenciais.

 

 

Como ocorre o processo de extração?

 

Os processos de extração de óleos vegetais variam de acordo com a matéria-prima processada. Mas existem dois métodos principais: a prensagem e a extração por solvente, que podem ser aplicados em separado ou em conjunto.

 

O óleo vegetal de jojoba é extraído através da prensagem a frio de suas sementes. Na prensagem, o material é submetido a um esmagamento sob pressão, facilitando o escoamento do óleo por meio das células dos vegetais.

O material submetido ao esmagamento pela prensa pode passar pelo processo de aquecimento ou não, essa etapa é determinada pelo tipo de vegetal. O aquecimento facilita o escoamento dos óleos por meio das células dos vegetais, porém pode acarretar na perda de algumas propriedades importantes, devido à sensibilidade ao calor que alguns compostos possuem. Portanto, a prensagem a frio é o método mais adequado de obtenção desses óleos, por ser a forma mais natural e sem prejuízos à qualidade do produto obtido. 

 

 

Diferença de óleo vegetal e óleo essencial:

 

Tanto os óleos vegetais quanto os essenciais são produzidos por plantas e não se misturam em água. Contudo, apesar dessa semelhança básica, existem muitas diferenças naturais entre ambos. Em geral, as funções, características e finalidades para a aplicação de óleos vegetais ou essenciais são totalmente diferente.

 

Os óleos vegetais possuem um papel importante como agente de conservação e germinação da planta, daí sua presença maior em sementes e castanhas, enquanto o óleo essencial faz parte de atividades metabólicas, como a proteção contra doenças, a conversação de folhas, raízes, frutos e a reprodução, ou seja, a maioria de suas funções na planta esta associada a formação das flores e proteção dos frutos, como é o caso das frutas cítricas, que desenvolvem bastante óleo essencial na casca. Há plantas que podem conter tanto o óleo vegetal quanto o essencial,  e ambos podem ser integrados um ao outro, como no caso da copaíba, em que seu óleo é uma mistura natural de óleo vegetal e óleo essencial, sendo extraído dessa forma diretamente da árvore.

 

Óleos vegetais são produtos naturais de suma importância em diversas funções orgânicas do corpo humano, principalmente da pele.

 

 

Características da Jojoba

 

O óleo de jojoba é extraído da jojoba, uma planta parecida com um arbusto; sendo nativa da América do Norte, nos desertos de Mojave e Sonora, no Arizona, Califórnia e México. O fruto dado pela jojoba é parecido com um feijão, esverdeado e oval e que, quando retirada a casca, apresenta sementes em seu interior.

 

A jojoba tem crescido selvagem nos desertos do Sudoeste dos Estados Unidos por centenas de anos sem ter sido notada pela maior parte do mundo. Apenas as tribos nativas estavam interessadas em colher o grão e usar seu precioso óleo no tratamento dos cabelos e disfunções da pele. Era prática comum usa-lo também no tratamento de ferimentos. Devido a sua tolerância a temperaturas extremamente elevadas, ele era um óleo ideal para cozinha. Outras utilidades eram extraídas de seu grão, que era moído para preparar uma bebida similar ao café e prover farinha para fazer o pão.Desses povos tradicionais e seus saberes que ficou se conhecendo os benefícios da jojoba e segui-se os estudos para melhor entender suas propriedades.

 

Desde que os grãos da jojoba provêm, em sua quase totalidade, de áreas agrestes e são colhidos à mão, o seu custo torna-se elevado. Apenas a indústria de cosméticos está decidida a pagar tal preço por este ingrediente extremamente puro e de alta qualidade. Sendo não tóxico, não irritante e quimicamente estável, o Óleo de jojoba vale o seu preço.


A semelhança do óleo de Jojoba com o óleo de Cachalote (baleia) é uma das surpresas mais agradáveis da natureza. Não há outro óleo no reino animal como o óleo de Cachalote, e por essa razão, ele tem sido usado por dezenas de anos pela industria cosmética. Porém, há um outro óleo equivalente, encontrado no reino vegetal – o óleo de Jojoba; os dói são praticamente idênticos, quimicamente falando. De fato, o óleo de Jojoba tem se mostrado até superior em diversos aspectos. A esperança é que o uso do óleo de Jojoba possa, em alguns anos, eliminar o uso do óleo de Cachalote, evitando assim sua matança e ajudando na preservação da espécie.

 

 

Aspectos Botânicos Do Óleo Vegetal De Jojoba
 

Se trata de um arbusto oleaginoso pertencente a família das Buxáceas, caracterizado por apresentar vários ramos e folhas simples, opostas, ligeiramente lanceoladas ou oblonga-ovaladas. A cor das folhas é verdes grisáceas, seu comprimento em torno de 2,5cm. Na primavera aparecem as flores pequenas e sem pétalas – as masculinas são amarelas, e as fêmeas são verde pálidas, os frutos são cápsulas ovoides.

 


A jojoba é nativa de regiões desérticas correspondentes dos territórios Mexicanos da Baixa Califórnia e Sonora, e dos territórios Norte-americanos do Arizona e Califórnia. Este arbusto tende a desabrochar os solos soltos, de escassa fertilidade, mas com boa drenagem, requerendo condições pluviais mínimas entre 250 a 400 mm anuais. A jojoba é muito resistente a salinidade e suporta bem as variações térmicas de grande magnitude.


 

Beneficios do Óleo de Jojoba

 

Cabelos: couro cabeludo, caspa, seborréia, queda de cabelo, brilho, densidade da haste capilar, flexibilidade dos fios, blindagem de escamas capilares, fortaleciment das pontas, maciez.

 

Face: áreas pequenas da face, rugas, manchas, asperezas, ressecamentos, hidratração, proteção, acne, drenagem, lábios.

 

Corpo: aplicado associado a outros óleos corporais como de abacate, amêndoas doces, semente de uva, girassol.

 

Pés e mãos: hidratação

 

 

O óleo vegetal de jojoba é considerado mais uma cera liquida do que um óleo vegetal. Aqui, vamos tratá-lo como um óleo muito leve e especial que pode ser avaliado como um óleo nobre, de alta compatibilidade com a pele humana. Possui ação de desobstrução e limpeza dos poros e das glândulas sebáceas, sua composição é formada pela esterificação de longas cadeias de ácidos graxos e alcoóis graxos.

 

O óleo de jojoba é composto por vitaminas A, B1, B2 e E, ácido mirístico, mas sua composição é quase que exclusivamente dada pela ceramida, presente em 96% do óleo. A ceramida é um lipídio composto por um álcool insaturado e uma longa cadeia de ácidos graxos ligados a uma amida. A ceramida é um importante composto do estrato córneo da epiderme, que é responsável pela barreira de permeabilidade da pele, evitando a penetração de agentes danosos do meio ambiente e a perda transepidermal de água, mantendo a pele hidratada. Ela proporciona um potente aumento da capacidade de retenção hídrica da pele, contribuindo para a hidratação e suavidade.

 

Além das propriedades emolientes e umectantes da ceramida, a vitamina E presente no óleo confere efeito antioxidante e o ácido mirístico proporciona ação anti-inflamatória e protege de irritações. Devido a essas diversas propriedades, o óleo de jojoba serve para muitas finalidades.

 

Regula naturalmente a oleosidade da pele. É um óleo muito interessante para peles com excesso de oleosidade, e sua característica única de limpeza dos poros faz que os tratamentos faciais tenham maior durabilidade e efeito. Seu toque seco rapidamente deixa uma sensação de maciez aveludada na pele. Surpreende pela hidratação e umectação sem uma sensação oleosa ou pegajosa. De altíssimo nível, é um óleo importante em todos os tratamentos de estética facial, excelenete finalizador facial e de manutenção nos tratamentos faciais. Uma pequena quantidade desse óleo (4 gotas) pode ser utilizada todos os dias no rosto antes de dormir: ele limpa e protege a pele como nenhum outro, sendo um apoio importante nos tratamentos  anti-aging e clareadores, podendo, nesse caso, ser associado com o óleo essencial de gerânio ( Pelargonium graveolens) e ólibano (Boswellia carterii).

 

O óleo de jojoba por ser composto de ésteres de cera, é muito semelhante ao sebo produzido pela pele humana, sendo facilmente absorvido e dificilmente provocará algum tipo de alergia. Ele tem a capacidade de regular a produção de sebo, equilibrando para que não haja um excesso ou pouca produção. Por está razão, o óleo é muito aplicado nos cosméticos para tratar espinhas, controlar a oleosidade e também para hidratar peles secas.

 

 

No cabelo, limpa o bulbo capilar, regula a oleosidade e permite o crescimento de novos fios. Popularmente utilizado nos Estados unidos para o tratamento de rosácea facial, no Brasil é mais conhecido e utilizado para acne e tratamentos capilares. Trata-se de um óleo com toque seco e especialmente para tratamento da face e dos cabelos. Nas terapias capilares, limpa o bulbo capilar, permitindo o crescimento e a formação de novos fios, podendo ser utilizado junto com o óleo essencial de Alecrim ( Rosmarinus officinalis) e copaíba (Copaifera Officinalis).

 

Além disso, o óleo é lubrificante, umectante e emoliente, amaciando e nutrindo os cabelos quebradiços, também sendo ótimo no tratamento de caspas. Como umectante, pode ser usado antes da lavagem dos cabelos, puro ou misturado com cremes de hidratação, é bom contra caspas - para dissolução dos sebos, deve ser aplicado somente na sua forma pura, diretamente no couro cabeludo, massageando-o, também pode ser usado como finalizador. Com apenas duas gotas de óleo aplicadas nas pontas dos cabelos, as pontas espigadas e o frizz são amenizados.

 

Outras aplicações importantes do óleo de jojoba são o fato de apresentar propriedades antibacteriana e anti-inflamatória devido à presença do ácido mirístico, que é uma boa escolha para quem sofre de doenças na pele, como psoríase, eczema e irritação. Estudos mostram também que o óleo de jojoba acelera a regeneração cutânea em ferimentos, marcas de cicatriz e queimaduras e também em peles irritadas causadas por lâminas de barbear. Vale ressaltar que, para todos os usos citados, deve ser aplicado o óleo 100% natural e livre de qualquer substância química que possa ser nociva a saúde, como por exemplo os parabenos.

 

 

 

Dicas de receitas para se beneficiar do óleo de jojoba!

 

 

Para pele do rosto

 

>> Anti-aging

Você pode preparar esse serum no recipiente do óleo vegetal adicionando umas gotinhas de óleos essenciais!

  • Óleo vegetal de Jojoba -  20ml

  • Óleo essencial de gerânico-  2 gotas

  • Óleo essencial de olibano -1 gotas

Modo de uso: Limpe o rosto com uma água micelar ou sabonete facial para preparar a pele para a sinergia. Se tiver o hábito de usar tônico, aplicar após a limpeza. Depois, aplique na face o óleo anti-aging com movimentos suaves alinhados a uma gentil massagem. Indicamos utilizar todos os dias antes de dormir.

 

 

>> Revitalização

 

Mascara de argila

  • 15g de argila vermelha

  • Água thermal de mental até ficar uma mistura pastosa

 

Óleo finalizador umectante

  • óleo vegetal de jojoba – 2ml

  • oleo vegetal de abacate – 10 gotas

  • óleo vegetal de rosa mosqueta – 5 gotas

  • óleo essencial de menta piperita – 1 gota

Modo de Preparo: Em um pote coloque a argila e adcione a água thermal aos poucos, até formar uma consistência pastosa, nem muito mole nem muito dura. Aplique no rosto limpo e deixe agir por 20 minutos. Lembrando de sempre umedecer a argila para ela não ressercar em excesso a pele. Pode utilizar a própria água thermal, borrificando diretamente no rosto e mantendo a máscara hidratada. 

Após os 20 minutos retire a máscara com água e aplique o óleo finalizador no rosto. Utilizar 1 vez por semana. 

 

>> Manchas

 

Mascara de argila

  •  argila amarela – 15g

  • Água thermal de gerânio

Oleo finalizador umectante

  • oleo vegetal de jojoba – 2ml

  • óleo vegetal de abacate – 10 gotas

  •  oleo vegetal de rosa mosqueta – 5 gotas

  •  óleo essencial de gerânio ou palmarosa – 1 gota

Modo de Preparo: Em um pote coloque a argila e adcione a água thermal aos poucos, até formar uma consistência pastosa, nem muito mole nem muito dura. Aplique no rosto limpo e deixe agir por 20 minutos. Lembrando de sempre umedecer a argila para ela não ressercar em excesso a pele. Pode utilizar a própria água thermal, borrificando diretamente no rosto e mantendo a máscara hidratada. 

Após os 20 minutos retire a máscara com água e aplique o óleo finalizador no rosto. Utilizar 1 vez por semana.

 

 

>> Flacidez

  • Oleo de jojoba – 2,5 ml

  • Oleo essencial de capim limão 1 gota

Modo de uso: Limpe o rosto com uma água micelar ou sabonete facial para preparar a pele para a sinergia. Se tiver o hábito de usar tônico, aplicar após a limpeza. Depois, aplique na face o óleo para flacidez com movimentos suaves alinhados a uma gentil massagem. Indicamos utilizar todos os dias antes de dormir.

 

 

 

Para corpo

 

>> Relaxamento físico

  • Oleo vegetal de semente de uva – 10ml

  • Oleo vegetal de jojoba – 10 gotas

  • Oleo essencial de lavanda – 7 gotas

  • Oleo essencial de laranja doce – 2 gotas

Aplicar após o banho no corpo, com movimentos suaves, realizando uma massagem gentil.

 

 

Para Cabelos

 

>> Anti caspa

Você pode preparar essa misturar e aplicar no couro cabeludo antes de dormir ou 20minutos antes do banho. De três a cinco vezes na semana até sentir uma melhora no desequilíbrio do couro cabeludo.

  • Óleo vegetal de abacate – 30ml

  • Óleo vegetal de jojoba – 20ml

  • Óleo essencial de limão – 3 gotas

  • Óleo essencial de alecrim – 3 gotas

*Lembre que limão é fotosensível, então evite exposição solar com o produto nos cabelos. Se preferir pode trocar por copaíba, lavanda ou hortelã pimenta.

 

 

>> Queda

Aplicar no couro cabeludo 3x na semana quando for dormir e retirar pela manhã.

 

  • Oleo de jojoba – 5ml

  • Oleo de argan – 1ml

  • Oleo de abacate – 1ml

  • Oleo essencial de alecrim – 2 gotas

  • Oleo essencial de cedro – 1 gota

  • Oleo essencial de copaíba – 1 gota

 

>> Reparo de pontas

  • Oleo vegetal de argan – 12 gotas

  • Oleo vegetal de jojoba – 8 gotas

  • Oleo essencial de ylang ylang – 1 gota

  • Oleo essencial de palmarosa -1 gota

 

Aplicar na ponta dos cabelos, massageando os fios.

 

 

Prepare uma dessas receitas que separamos para você inspirados nas indicações de Fernando Amaral e nos marque se for postar! Cultivar o autocuidado com produtos naturais é uma forma de prevenir, fortalecer e equilibrar nossa saúde.

 

 

Bibliografia:

Manual técnico WNF: http://www.wnf.com.br/manual.pdf

https://www.ecycle.com.br/

Livro: Técnicas e aplicações de oleos essenciais. Por Fernando Amaral.

 

 

 

A sua saúde em boas mãos.

 

 

Fonte: Articulista Natália F. Jonas (Instagram @nfeksa)

Please reload

Gostou e quer encomendar?
         51 99702.5060
       

Beleza de dentro para fora. | SiliciuMax®

4 Jul 2019

1/6
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Fale Conosco

 

WhatsApp:  (51) 99702.5060

                  

                   

Fones:        (51) 3095.2001

                   (51) 3311.7898

 

Redes Sociais

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Blogger
  • Preto Ícone LinkedIn

Contato com Equipe de Vendas

boaformula@boaformula.com.br

 

Sugestões, Reclamações e Dúvidas

sac@boaformula.com.br

Venha Trabalhar Conosco!

trabalheconosco@boaformula.com.br

Endereço

Boaformula Farmácia de Manipulação

Av. Independência, 1163

Bairro Independência

Porto Alegre - RS - Brasil

CEP 90035-077

Advertência:
• Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
• Imagens ilustrativas.
• Pessoas com hipersensibilidade à(às) substância(s) não devem ingerir o produto.
• Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
• Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
• Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da   luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
• Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
• Este medicamento não deve ser utilizado por gestantes e lactantes. 
• Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
• Os resultados dependem da correta utilização do produto, conforme descrito na posologia.
• Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.

Venda mediante prescrição do profissional habilitado
As informações acima são de caráter informativo sem intenção de induzir a automedicação, não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um profissional habilitado. 
O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto. RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.

Boaformula

Farmácia de Manipulação e Suplementos Nutricionais

A sua saúde em boas mãos.

Porto Alegre | RS

CNPJ 94.629.169/0002-30