Dica Saudável | Cranberry e seus benefícios à nossa saúde



Cranberry e seus benefícios à nossa saúde


Hoje falaremos sobre um fruto muito especial: o Cranberry! O cranberry (Vaccinum macrocarpon) é um fruto da família Ericaceae, originário da América do Norte e cresce em pântanos ácidos cheios de musgos de trufas em florestas úmidas (SMALL, 2013).


Por suas propriedades terapêuticas, é bastante difundida, conhecida também como mirtilo vermelho aqui no Brasil, pela semelhança em benefícios e aparência. Dentre as formas comercialmente ativas mais encontradas no Brasil estão presentes: o suco, o fruto desidratado, o chá e as cápsulas contendo o extrato seco.


Sendo rica em vitamina A, E, C e D, a frutinha de sabor adocicado possui propriedades antibacterianas, que a tornou popular no tratamento natural de doenças do trato urinários, por possuir substâncias que inibem a adesão bacteriana ao epitélio do trato urinário( uretra e bexiga), dificultando sua proliferação e reprodução. Dentre as substâncias benéficas presentes em sua composição, pode-se citar proantocianidinas; ácido cumarínico; ácidos fenólicos, como o ácido benzoico e o ácido caféico; flavonóides, como quercetina e miricetina (CHEN; ZUO; DENG, 2001).



Beneficios do consumo de cranberry


· Trata infecções urinárias

· Previne diversos tipos de câncer

· Melhora o funcionamento do intestino

· Previne doenças dos dentes e relacionados na boca

· Melhora o sistema imunológico, prevenindo resfriados e gripes

· Previne o envelhecimento precoce lutando contra radicais livres

· Previne e trata doenças cardiovasculares


A fitoterapia permite que o ser humano se reconecte com o ambiente, acessando o poder da natureza, para ajudar o organismo a normalizar funções fisiológicas prejudicadas restaurar a imunidade enfraquecida, promover a desintoxicação e o rejuvenescimento.


Inspirados nisso, hoje queremos compartilhar com você mais sobre esse fruto com múltiplos benefícios a saúde para você aderir em sua alimentação e suplementação. Lembrar em cada um de nós o importante papel da biodiversidade da natureza e a abundância de recursos que ela nos oferece todo dia. Para podermos honrar suas medicinas, é preciso conhecer e resgatar saberes que estão sendo perdido em uma era de sintéticos. A natureza é muito sabia e para todo desequilíbrio tem um remédio natural para equilibrar e restaurar o bem estar.



História de uso da Cranberry


O Cranberry é uma fruta originária da América do Norte, mais especificamente dos Estados Unidos. Seu cultivo é predominante nos Estados Unidos, Canadá, Chile e Polônia, detentores das maiores áreas de produção. Devido à característica de planta rasteira, as áreas de plantação são alagadas para que os frutos flutuem e, assim, através de máquinas modernas, sejam colhidos com maior facilidade.


No Brasil não há cultivo, e ainda não é comum seu consumo por ser muito difícil encontrá-la para venda in natura, e também pelo seu sabor amargo. No comércio encontra-se com mais facilidade o suco e também a versão da fruta desidratada, semelhante a uva passa.


O Cranberry começou a ganhar destaque por suas propriedades funcionais, ou seja, benéficas à saúde, principalmente em relação às infecções. No século 17 os nativos americanos já tinham certo conhecimento sobre a fruta e seu uso como antisséptico para ferimentos causados por flechas indígenas. O uso com essa finalidade era eficaz devido a presença dos flavonoides do tipo antocianidina, que agem sobre as estruturas das células bacterianas, reduzindo os riscos de uma infecção. Antigamente também era utilizado como tinta natural na coloração das vestimentas, cobertores e tapetes por sua cor vermelho brilhante decorrente das Sua cor vermelha das antocianinas.


Existem algumas substâncias no Cranberry com capacidade de inibir a aderência das bactérias nos órgãos, principalmente do trato urinário. Acredita-se que a fruta é capaz de ajudar a prevenir as infecções urinárias, prática já utilizada pelos índios norte-americanos para prevenir e tratar doenças do trato urinário há séculos.

.


Resgate de saberes tradicionais aliados com a ciência



Benefícios do Cranberry


O cranberry possui nutrientes importantes, sendo rico em variadas vitaminas (A, C, E e K), como também em minerais tais quais o zinco, ferro, cálcio, magnésio e potássio e antioxidante conhecido como betacaroteno. Além disso, possui boas quantidades de fibras solúveis, que são consideradas prebióticas.Essas fibras participam da manutenção da saúde do trato gastrointestinal. Como se não bastasse, o Cranberry contém um acidificante chamando ácido benzoico. Este ácido estimula o crescimento de microrganismos que são benéficos à flora intestinal, como por exemplo Lactobacillus e Bifidobacterium.



Infecção no trato urinário

Com uma uretra mais curta e mais próxima ao ânus, a anatomia do corpo das mulheres têm um papel significativo no desenvolvimento das infecções do trato urinário, quando comparada com a dos homens. Sendo assim, as bactérias têm acesso mais fácil à bexiga, principalmente a Escherichiacoli uropatogênica.Esse microrganismo é o principal agente etiológico causador das infecções urinárias. Por sua vez, o cranberry apresenta propriedades que interferem na ligação dessa bactéria às células epiteliais e, dessa forma, consegue auxiliar na prevenção e no tratamento de ITUs.


O estudo “Cranberry products inhibit adherence of p-fimbriated Escherichia coli to primary cultured bladder and vaginal epithelial cells” observou esse benefício em sistemas modelo biologicamente relevantes de bexiga cultivada em cultura primária e em células epiteliais vaginais.O tratamento padrão preconizado para ITUs consiste no uso de antibióticos. O problema disso se dá na crescente incidência de resistência bacteriana, além de prejuízos à microbiota, propiciando problemas, como o desenvolvimento de candidíase, e justificando a necessidade de outras alternativas.


As ITUs recorrentes ocorrem em até um terço das mulheres após o primeiro episódio de infecção e são caracterizadas pela presença de, pelo menos, duas vezes em seis meses ou três vezes em um ano da infecção. Imagine que é possível prevenir isso e, ainda, de forma natural com o cranberry?!


Outro estudo, que avaliou os efeitos da D-manose, realizado no Departamento de Obstetrícia Ginecologia e Ciências Biológicas da Universidade Sapienza de Roma, sugeriu que o carboidrato presente na fruta pode ser um auxílio eficaz no tratamento da cistite aguda e também um agente profilático de sucesso.


Além de ser uma aliada importante no tratamento de infecções urinárias que afeta milhares de pessoas, principalmente mulheres, ela nos traz outros benefícios como:



Rica em Antioxidantes

Esse fruto é rico em antioxidantes, melhorando o metabolismo e o sistema digestivo. Os antioxidantes ajudam o corpo a se livrar de radicais livres que contribuem para o processo de envelhecimento. Eles ajudam a sua pele (aparência jovem), e prolongam as funções dos órgãos internos. Os antioxidantes também eliminam as toxinas prejudiciais que podem suprimir o sistema imunológico. Quando eles são removidos, o sistema imunológico se fortalece.



Bem-estar mental

Cranberries contêm triptofano, um aminoácido conhecido por ser um precursor da serotonina, fazendo você se sentir melhor. Cranberry também pode aliviando o stress, ansiedade e depressão. Os estudos mostraram também que eles são bons para o cérebro e pode ajudar a melhorar sua memória.



Melhoria da pele

Cranberries também foram conhecidas para ajudar a curar doenças da pele como acne, psoríase, dermatite e eczema.



Ulcera e Saúde Bucal

Assim como as proantocianidinas ajudam no trato urinário, auxiliam e beneficiam também a saúde da boca, impedindo a proliferação de bactérias que podem causar mazelas como cáries ou mesmo gengivite. Consumir cranberry em uma base regular pode ajudar a evitar problemas dentários como gengivite, cáries e acúmulo de placa.


As proantocianidinas também podem impedir a fixação da bactéria Helicobacter plorim, que causa gastrite e úlcera, na mucosa estomacal. Vários estudos constataram que pessoas propensas a desenvolver esse problema apresentaram melhoras ao consumir o fruto.



Saúde do Coração

Cranberries são muito boas para o coração de várias maneiras diferentes. Elas ajudam a diminuir os níveis de colesterol ruim, que podem entupir as paredes arteriais. Eles também ajudam a evitar a formação de placa sobre as paredes arteriais, que podem levar a aterosclerose, (endurecimento das artérias). Como resultado, as chances de um AVC são reduzidos, e se você sofreu um acidente vascular cerebral, cranberry pode ajudá-lo a recuperar-se. Isso se deve graças aos seus altos níveis de polifenóis que agem prevenindo o acúmulo de plaquetas e diminuindo a pressão arterial com ações anti-inflamatórias.



Previne o Envelhecimento precoce

Por serem ricas em ácido ascórbico (ou vitamina C), a cranberry é uma excelente auxiliar na prevenção do envelhecimento precoce, pois luta contra os radicais livres. Além disso, a alta quantidade de vitamina C presente em uma porção de cranberry é o suficiente para prevenir resfriados e gripes. Esses benefícios são reforçados também pela presença da vitamina E.



Constipação

Como vimos, as cranberrys são ricas em fibras. Isso significa que é possível obter ótimos benefícios através da ingestão desta fruta para tratar casos de desordem do sistema intestinal, como a constipação.



NOVIDADE OCEAN DROP COM CRANBERRY NA BOAFORMULA!


>> SHE SHE COMFORT – OCEAN DROP



Quem já teve infecção do trato urinário (ITU) sabe como é ruim. Principalmente mulheres são acometidas pelo problema muitas vezes de forma recorrente e, por isso, o She She Comfort foi formulado para melhorar a qualidade de vida e suportar a saúde íntima feminina. Cranberry em pó, vitamina C, zinco, selênio e vitamina E fazem parte da composição.


Cranberry - ajuda a prevenir e tratar infecções urinárias

Vitamina C - ajuda a eliminar bactérias nocivas

Vitamina A - inibe o crescimento bacteriano

Selênio - fortalece o sistema imunológico

Zinco - ação rejuvenescedora e auxilia no tratamento de ITU



Benefícios


>> Prevenção de ITU

As proantocianidas presentes no cranberry desempenham atividade antimicrobiana. Elas têm sido associadas à prevenção da adesão da principal bactéria causadora de ITU, a Escherchia coli, à camada tecidual que recobre grande parte do trato urinário.


>> Tratamento auxiliar de ITU

Estudos demonstram que o cranberry é capaz de potencializar a ação dos antibióticos utilizados no tratamento de ITU. Ainda, outras pesquisas sugerem que a D-manose, o açúcar da fruta, é um auxílio eficaz no tratemento da cisitite aguda.