Dica Saudável | Chakras e Aromaterapia | Como trabalhar e equilibrar os chakras com óleos essenciais




Equilibrio dos Chacras com Aromaterapia



Tudo o que se manifesta em nosso universo material é feito de energia em estado livre ou condensado. O que podemos tocar, como uma cadeira, um objeto qualquer ou mesmo as nossas mãos, trata-se de energia agrupada. E aquilo que não vemos, mas podemos sentir, trata-se de energia solta, dispersa e livre, como a força do vento ou a radiação solar tocando nossa pele, por exemplo.


Desde o inicio do pensamento humano, todos nós buscamos explicar os fenômenos da natureza e hoje tanto a física clássica quanto a física quântica concordaram que tudo o que existe está em diferentes estados de energia e que somos feitos das mesmas partículas com as quais o Universo foi criado.


Há mais ou menos 10 mil anos, os hindus especializaram-se no estudo da energia do corpo humano, dando origem ao que hoje conhecemos como Medicina Ayurvédica. Essa denominação parte dos Vedas, as sagradas escrituras hindus dadas pelo Deus Brahma aos humanos com a finalidade de que chegássemos mais rápido ao nosso estado de iluminação.


“Veda” significa conhecimento.


Nessa tradição, encontra-se o estudos dos chacras, que se mantém vivo até os tempos atuais por reunir um esquema lógico de interação entre os centros de energia do nosso corpo e as sete glândulas endócrinas principais, que são capazes de secretar hormônios e diversas substâncias fundamentais para a manutenção de nossa saúde.



O que são os chacras?

Nessa contexto, a palavra chacra significa roda ou centro energético, fluxo, redemoinho ou simplesmente roda de luz. Na Índia a pronúncia correta é “T’chakra”, mas aqui no Brasil falamos chacras. Eles são rodas de energia ou vórtices de luz presentes em nosso corpo. As principais literaturas de bioenergia falam de mais de 80 mil chacras presentes no nosso corpo, mas existem muito mais.


Sete são os grandes centros gerenciadores de energia responsáveis pelos chacras menores. Eles têm a função de captar energia do ambiente e distribui-la de forma natural e inteligente pelas camadas de nosso corpo até que essa energia abasteça nossas glândulas endócrinas principais e os órgãos ligados a cada um deles.


Se recebemos e distribuímos energia de qualidade e compatível com a nossa natureza, nossas glândulas, órgãos e tecidos são vitalizados e têm cada vez mais saúde.O contrário também PE verdadeiro: se recebemos e distribuímos energia desqualificada e incompatível com a nossa “máquina” humana, nosso sistema interno sofre uma desvitalização, que resulta em doença.



Mas que energias são essas?


São as provenientes dos nossos pensamentos, sentimentos e emoções. E nos temos um sistema interno inteligente muito capaz de identificar se é bom ou ruim aquilo que pensamos e sentimos. É algo automático e inerente à nossa natureza: sabemos que raiva nos faz mal e que o amor nos faz bem. Simplesmente sabemos!


A nossa natureza é o amor, a compaixão, a fé, o prazer, a alegria, o otimismo, a motivação, a harmonia, a felicidade, a gratidão, o respeito, a admiração, a devoção, o altruísmo, o contentamento e a luz.


Ao entender que a maioria das doenças conhecidas da humanidade são derivadas dos pensamentos e emoções em desequilíbrio, começamos a ter uma maior noção de conjunto com relação à missão das plantas para humanidade. As plantas e o reino vegetal em todo seu contexto possuem grande capacidade de nos oferecer energia, um tipo de vibração que é rapidamente assimilado pela aura de todos os seres vivos. As plantas tem a capacidade de armazenar um padrão de energia sutil e superior.


Essa vibração que assimilamos com admirável facilidade tem a capacidade de elevar nossos padrões consciências a níveis superiores que podem nos levar à cura das emoções densas, nossa maior meta.


Usando esse ponto de vista, o corpo físico passa a ser apenas o sinalizados das condições em que o espírito se encontra. Se o corpo físico esta bem e saudável, indica que o espírito está em harmonia. A doença é a indicação de que algo esta errado, e, mesmo se manifestando no corpo físico, a causa primaria é uma desarmonia no espírito, que se impregnou de energias negativas oriundas dos sentimentos, pensamentos e emoções. É importante entender que o espírito é o molde ou forma do corpo físico que, se apresenta uma falha, o corpo físico também vai ter um “defeito”, por que é a exposição da essência interior, é uma especia de “mapa” da alma, pois externaliza o que ocorre no Eu interior.


Como mencionado anteriormente, os chacras estão presentes na anatomia sutil; já no corpo físico são representados pelas glândulas endócrinas principais. Cada camada do campo sutil apresenta diferentes frequencias e funções e , para que haja saúde física, mental e espiritual, é necessária a perfeita interação entre essas camadas, os chacras e o corpo físico. Assim, podemos dizer que o chacra é o componente energético que estimula a glândula para o seu pleno funcionamento. A glândula abastecida e vitalizada desempenha seu papel de secretar substancias como hormônios e outras secreções naturais, essências para o bom funcionamento do organismo. Quando um chacra está debilitado, não gera energia suficiente para estimular a glândula a exercer sua função, o que é imprescindível.


Por outro lado, se há vitalidade no fluxo energético dos chacras, que são a ponte entre o universo e o corpo físico, não há reflexo negativo no corpo, tampouco há o aparecimento de doenças.


Acho que você já percebeu que esse é um conhecimento importante, não é mesmo? Então iremos conhecer os principais chacras humanos e o como as plantas através da Aromaterapia, podem nos ajudar a equilibrá-los.


A Aromaterapia é o ramo da Fitoterapia que, através da aplicação de óleos essenciais extraídos das plantas, pretende promover a saúde e o bem-estar ao ser humano. A ciência e a arte da Aromaterapia têm seus alicerces no princípio de que diferentes aromas acionam respostas específicas no cérebro, conduzindo a resultados próprios.


Os óleos essenciais são formas altamente concentradas de energia das plantas e, costuma-se dizer, constituem a sua alma, a sua força vital.


O mecanismo do sentido do olfato – sua conexão entre o ar exterior e o cérebro – é um poderoso disparador do sistema nervoso central. Como toda pessoa já experimentou um dia, alguns aromas têm a capacidade de evocar sentimentos como a saudade, sensações como a náusea, e reações fisiológicas como a “água na boca”. E, geralmente, é assim mesmo: um aroma quase sempre provoca um efeito imediato.


Embora os óleos essenciais tenham essa aplicação através de aromas específicos, também apresentam outras numerosas e importantíssimas propriedades farmacológicas que os caracterizam como antibióticos, antissépticos, antivirais, etc. Os óleos essenciais penetram no corpo por inalação, através das vias respiratórias, ou por absorção, diretamente pela pele, atingindo a corrente sanguínea.



Chakras e Aromaterapia - Como trabalhar e equilibrar os chakras com os óleos essenciais



1 - O CHAKRA BÁSICO

O chakra básico, também chamado de chakra raiz ou muladhara, está localizado na base da coluna, no períneo, que é o espaço onde está a pele existente entre o ânus e os órgãos sexuais. Possui quatro pétalas e um quadrado representando elemento terra. A cor associada deste chakra é o vermelho.


O chakra básico está ligado ao nosso "aterramento" ou seja, à sua ligação com a terra. Este pode ser descrito como a nossa capacidade de aceitar a realidade, de "manter nossos pés no chão". Isso significa que o chakra básico está ligado ao mundo material, trazendo a consciência e a energia para tudo que é físico. A missão desse ponto de energia é nos fazer andar sobre a Terra de forma mais leve, feliz e harmoniosa. É vinculado as glândulas suprarrenais e à produção de adrenalina.



>> ÓLEOS ESSENCIAIS PARA O CHAKRA BÁSICO

Qualquer óleo essencial de aterramento, centralização e fortalecimento são apropriadas para o chakra base.


Óleo Essencial: Vetiver, Cedro.

*Você pode usar óleos essenciais associados ao chacra básico para fortalecer qualquer fraqueza ou para corrigir os desequilíbrios energéticos. Por exemplo, uma pessoa sonhadora pode tornar-se mais realista e aterrada através do equilíbrio do chacra básico.



2 – O CHACRA SACRAL

O chacra sacral também é chamado de chacra umbilical ou svadhisthana, está localizado na região pubiana, entre o umbigo e genitais.É vinculado às glândulas sexuais,à produção de testosterona nos homens, e a à progesterona nas mulheres. Este chacra possui seis pétalas, e um crescente lunar branco, sendo associado ao elemento água.


A missão desse plexo é que tenhamos sucesso e harmonia nos relacionamentos, em nossa autoestima e em sentir prazer em viver a vida.


O chacra sacral representa a energia criativa, as emoções sensuais e a sexualidade.


>> ÓLEOS ESSENCIAIS PARA O CHACRA SACRAL

* Todos os óleos essenciais sensuais e aquecedores são apropriados para o chacra sacral.


Óleo Essenciais: tangerina, ylang-ylang.

* Você pode usar óleos essenciais associados ao chacra sacral para fortalecer qualquer fraqueza ou para corrigir os desequilíbrios energéticos. Por exemplo, pessoas que sofrem com frigidez, cistite crônica, problemas menstruais ou dores lombares podem se beneficiar através do equilíbrio do chacra sacral.


3 - O CHACRA PLEXO SOLAR

O chacra do plexo solar também é chamado de chakra manipura e está localizado no corpo áurico diretamente sobre o plexo solar físico (a boca do estômago). Tem dez pétalas azul-acinzentadas e carrega um triângulo associado ao elemento fogo. O plexo é vinculado aos órgãos do sistema digestivo e à produção de insulina, suco gástrico, diversos ácidos e outras substâncias estomacais. Quando está em equilíbrio, produz o espectro amarelo, a cor vinculada ao poder e sabedoria.

O chacra do plexo solar está ligado ao poder pessoal e ao controle. É o chakra da auto expressão, relacionado ao nosso ego e personalidade. É o regulador das nossas vontades de aprendizado e comunicação e também está associado ao modo como fazemos conexões com as outras pessoas.

>> ÓLEOS ESSENCIAIS PARA O CHACRA PLEXO SOLAR

* Todos os óleos essenciais em que você encontre proteção, equilíbrio e purificação são apropriados para o chacra do plexo solar.


Óleos Essenciais: Anis estrelado, Gengibre

* Você pode usar óleos essenciais associados ao chacra do plexo solar para fortalecer qualquer fraqueza ou para corrigir os desequilíbrios energéticos. Por exemplo, alguém dominador ou abusivo, que não tem controle sobre sua vida, que está com raiva, pode se beneficiar de cura chacra do plexo solar.



4 - O CHACRA CARDÍACO

O chacra cardíaco também é chamado de chakra anahata, e está localizado no corpo áurico diretamente sobre o coração. Tem 12 pétalas e carrega uma estrela de seis pontas. Representa o elemento ar (ou vento).


O chacra cardíaco se preocupa com a convivência solidária e harmoniosa do corpo e do espírito, e está associada com o coração e o peito. Ele representa o amor incondicional, o perdão, a compaixão e o amor de Deus ou o amor espiritual e divino. Quando o seu chacra cardíaco é equilibrado e forte, torna-se fácil de expressar o amor para as outras pessoas.


O Anahata é associado aos órgãos do sistema cardíaco e respiratório e à produção de hormônios da glândula timo. >> ÓLEOS ESSENCIAIS PARA O CHACRA CARDÍACO

* Todos os óleos essenciais associados ao amor são apropriados para o chacra do coração.


Óleos Essenciais: Gerânio, Palmarosa .

* Você também pode usar óleos essenciais associados com o chakra cardíaco para fortalecer qualquer fraqueza ou para corrigir os desequilíbrios energéticos. Por exemplo, alguém que é emocionalmente imaturo ou uma pessoa com doença cardíaca ou câncer de mama pode ser beneficiar pela cura do chakra cardíaco.



5 - O CHACRA LARINGEO

O chakra laríngeo também é chamado vishuddha e está localizado no corpo áurico na região da garganta. Tem 16 pétalas roxas e tem um círculo branco que representa a lua cheia do elemento espaço. A cor associada com chacra da garganta é azul-esverdeado.


O chakra laríngeo está relacionado com a comunicação significativa e auto-expressão. É também o centro da vontade. Ele é associado à garganta, às glândulas tireóide e paratireóide e à produção de tiroxina, um hormônio que purifica o sangue e regula o peso do corpo.


Quando o chakra da garganta é forte e equilibrado, é mais fácil expressar verdades e palavras espirituais mais elevadas.

>> ÓLEOS ESSENCIAIS PARA O CHAKRA LARÍNGEO

Qualquer óleo essencial que ajude na auto-expressão são adequados para o chakra laríngeo.


Óleos Essenciais: Hortelã-pimenta, Alecrim.


Você pode usar os óleos essenciais associados ao chacra laríngeo para fortalecer qualquer fraqueza ou para corrigir os desequilíbrios energéticos. Os corpos energético e físico podem ser vistos operando juntos - por exemplo, quando alguém apresenta, ao mesmo tempo, dificuldades físicas, emocionais e energéticas, podem se beneficiar da cura através do equilíbrio do chacra laríngeo.



6 - O CHACRA DO TERCEIRO OLHO

<