Dica Saudável | Trufa Veggie Proteíca




Para Dica Saudável de hoje convidamos o Rei do Veggie para uma participação especial trazendo uma receita vegana e super energética que combina produtos naturais vendidos na Boaformula e sua famosa Pasta de Amendoim artesanal.


O Rei do Veggie, também conhecido como Jah Leandro, vegano há mais de 10 anos, hoje compartilha sua arte e suas delicias veganas a fim de quebrar tabus sobre alimentação.


Confira na sua página do Instagram todas as maravilhas que ele está produzindo. Acesse aqui.




SUPER TRUFA VEGGIE



Ingredientes

  • Cacau em pó ¹ | 2 colheres de sopa

  • Maca Peruana ¹ | 1 colher de sopa

  • Óleo de Coco extra virgem¹ | 2 colheres de sopa

  • Xilitol ¹ | 3 colher de sopa

  • Pea Protein Cacau ¹ | 1 dosador

  • Pasta de Castanha de Caju ¹ | 3 colheres de sopa

  • Pasta de Amendoim ² | 2 colheres de sopa



¹ Esses produtos você encontra na Boaformula.

² Esse produto você encomenda diretamente com o Rei do Veggie.


Modo de preparo


Misture todos os ingredientes até formar uma massa densa. Leve a massa ao freezer por 20 ou 30 minutos para facilitar a modelagem depois. Retire do freezer e está pronto para fazer as bolinhas.



Sugestões de cobertura


  • Farinha de Cramberry e Alfarroba

  • Coco Ralado Sem Açúcar

  • Amendoim Granulado

  • Castanha de Caju Granulada


Role as bolinhas na cobertura e pronto! Fique à vontade para se deliciar com essa super trufa veggie cheia de nutrientes e sabor. Bom apetite!

Acesse os vídeos para ver o modo de preparo!!

Para uma maior consciência sobre o que comemos, é importante saber a individualidade de cada produto que compõem uma receita a fim de nos nutrirmos integralmente.




CACAU

O cacaueiro (Theobroma cacao), é a árvore perenefólia que dá origem ao fruto chamado cacau. Pertencente à família Malvaceae, o cacaueiro é originário da chuvosa Bacia do rio Amazonas, na América do Sul.


O fruto do cacau é uma baga grande, com 15-25 cm de comprimento, com 20 a 50 sementes, envoltas por uma polpa adocicada e esbranquiçada, sendo a casca amarela ou roxa. Para a obtenção das sementes do cacau para a indústria de chocolate, há uma série de fases, desde a colheita até o final, passando pela quebra dos frutos, fermentação em cochos, secagem e armazenamento por até 90 dias. A polpa fresca do cacau passou a ser utilizada como suco recentemente, e o seu consumo tem crescido devido às suas qualidades, tais como sabor, aroma e valor alimentar.


Foto. Cacau maduro aberto, mostrando as sementes e polpa (Foto: C.K. do Sacramento)


Ele é considerado um alimento funcional, pois além de desempenhar funções nutricionais, quando consumido de forma regular e moderada, traz benefícios à saúde. Um poderoso conjunto de substâncias, vitaminas e sais minerais presentes em sua composição garantem os benefícios do cacau, tais como favorecer o bom funcionamento das artérias e do coração e aliviar ansiedade e fadiga.


O cacau é um alimento riquíssimo em flavanoides, um conhecido antioxidante natural. Esse antioxidante possui a propriedade vasodilatadora, facilitando a circulação sanguínea e estabilizando a pressão arterial. Portanto, o cacau é um alimento que ajuda a prevenir doenças cardiovasculares.

Além disso, os flavanoides também são excelentes para a saúde da pele, combatendo os radicais livres, que causam o envelhecimento precoce.




MACA PERUANA


Maca peruana é uma planta que consegue crescer a 4 mil metros de altitude com temperaturas que podem chegar a -25°C. A planta ainda proporciona diversos benefícios para a saúde. Isso porque a maca, de nome científico Lepidium meyenii Walp, tem um alto valor nutritivo. Ela é popularmente conhecida como maca peruana pois é uma planta nativa do Peru, mais especificamente da região dos Andes. Calcula-se que seja cultivada há mais de 2 mil anos pelos incas.


A parte da maca peruana que apresenta altos valores nutricionais é a raiz, onde é possível encontrar proteínas e minerais em altas porcentagens. A raiz da maca peruana (que assemelha-se à forma de um rabanete), após ser colhida, passa por um processo de secagem. Depois de finalizado o processo, a maca pode ser conservada por muitos anos, sem perda de suas propriedades nutritivas.

A maca peruana pode ser consumida tanto na forma de pó como na de cápsula. Em pó, ela pode ser utilizada na preparação de sucos, vitaminas, geleias, mingaus etc.


A maca peruana é considerada um alimento saudável e que previne muitas doenças. Segundo estudo, a raiz de maca peruana pode auxiliar no tratamento de hiperglicemia, problemas renais, problemas no sistema imunológico, além de retardar o envelhecimento. A maca peruana também é bastante utilizada na medicina complementar para tratar sintomas da menopausa, falta de vigor físico, fertilidade, melhora do aprendizado e memória, ao combate à ansiedade, depressão, desregulação hormonal, osteoporose, anemia e também é conhecida como afrodisíaco, aumentando a libido.




ÓLEO DE COCO


O Coco é um fruto bem aproveitado: as fibras de sua camada externa são muito valorizadas para confecção de peças decorativas; a sua polpa permite a preparação de uma infinidade de pratos doces e salgados; a água contida em seu interior é rica em minerais e considerada um isotônico natural; desse alimento também é extraída uma substância que, cada vez mais, ganha a simpatia, o óleo extraído do fruto, o Óleo de Coco.


O óleo de coco é um óleo de origem vegetal que possui cerca de 87% de ácidos graxos que são retirados da fruta (Cocos nucifera) através de prensagem da polpa.

A versão extra-virgem - obtida por prensagem a frio, sem refinação, pois se refinado perde sua ação antioxidante, transformando-se nas gorduras trans, estas, muito nocivas à saúde - é uma gordura saturada, de origem vegetal, sem colesterol e de fácil digestão e absorção pelo organismo, se transformando rapidamente em energia. O melhor desse óleo está no seu alto teor de Triglicerídeos de Cadeia Média (TCM), um tipo de gordura boa e difícil de ser encontrado em alta concentração. Quando consumido regularmente, ele auxilia na redução do colesterol ruim (LDL), no aumento dos níveis de energia, no processo de emagrecimento e na redução da adiposidade abdominal. Também eleva a capacidade antioxidante geral do organismo e pode atenuar o processo de envelhecimento cutâneo. O Óleo de Coco Extra-Virgem apresenta alta concentração de ácido láurico, mesma substância encontrada no leite materno e que fortalece o sistema imunológico, o seu consumo protege o corpo contra bactérias, vírus, fungos e protozoários e ajuda a regularizar as funções intestinais, tanto no caso de diarreia como no de constipação, e é rico em vitamina “E”, colaborando na diminuição da produção de radicais livres. É um óleo riquíssimo, que pode ser incorporado na alimentação e para cosméticos também.


Com propriedades bactericidas e antifúngicas naturais, e ainda sendo facilmente absorvido pela pele, o óleo de coco também pode ser usado nos cabelos para dar brilho e maciez.


Dica uso na pele como Hidratante: Antes de dormir, logo após sair do banho ou ao lavar o rosto, aplique uma fina camada em todo o rosto ou corpo, principalmente nas regiões mais ressecadas, como cotovelos, pés e calcanhares. Você pode também adicionar o óleo de coco a um hidratante comum, potencializando o seu efeito.


Dica uso como Dermaquilante natural: O óleo de coco é um excelente demaquilante, além de ajudar na higienização da pele. Ele não agride e nem resseca, por isso é mais eficiente do que demaquilantes cheios de química.

Basta você aplicar uma camada grossa de óleo de coco em todo o rosto maquiado e massagear com a mão. Para retirá-lo, utilize algodão e então lave o rosto.


Dica uso como Leave-in: Para finalizar, dar brilho, reparar as pontas e reduzir o frizz, coloque uma pequena quantidade de óleo de coco na palma da mão. Aplique nas pontas do cabelo, de baixo para cima, esmagando levemente para dar forma aos cachos ou puxando os dedos entre os fios, nos cabelos lisos.


Dá para usar como ingrediente na comida? Dá sim! Dá para hidratar a pele? Ôh se dá. Dá para umectar o cabelo? É um dos melhores!