top of page

Dica Saudável | Óleo de Sândalo | Um perfume para a alma


Óleo essencial de Sândalo

Um perfume para a alma



Hoje na Dica Saudável iremos compartilhar uma árvore incrível, com propriedades de harmonização espiritual e medicinais: o Sândalo. Bastante empregado na fabricação de fragrâncias e perfumes, com o objetivo de encorpar notas quentes e florais. É um dos queridinhos na Aromaterapia, sendo muito usado no combate a insônia, tensão nervosa, depressão e problemas emocionais.



Descrição da planta

O sândalo (Santalum album) é uma árvore nativa da Malásia e posteriormente cultivada na Índia. Atualmente, também é plantada em outros lugares do mundo, em especial na América. A sua madeira é conhecida por seu entalhe para esculturas e porque, dela, se obtêm óleos voláteis que são usados em perfumaria. “Sândalo" se originou do sânscrito chandana que significa brilhar. Em inglês, deriva do persa sandul, que significa útil.


O sândalo é a árvore mística da Índia, que acompanha os indianos na vida e na morte. Usada em portas entalhadas na entrada de templos, onde perfuma o ar naturalmente. Queimada como incenso, usada como talco em cerimônias religiosas e de casamento, em sabonetes. E, num costume já antigo, na cremação de corpos, numa cerimônia que terminava com as cinzas jogadas no rio Ganges.


Uma das mais antigas e conhecidas matéria-primas. Apesar de seus 4.000 anos de história, a essência só apareceu na perfumaria moderna do século passado. A árvore da madeira do sândalo desempenhou um papel importante nos rituais religiosos de hindus e budistas.


É uma arvore de folhas perenes que pode crescer até 20m de altura. Possui casca castanha escura, encarniçada e suas folhas são ovais a ovaiselípticas, verde brilhante e sem pêlos. Suas flores são pequenas, vermelhas e sem aroma, e seus frutos são pequenas drupas com cerca de 1cm de diâmetro, vermelhos ou quase negros quando completamente maduros .


No centro, encontra-se o caroço ou semente. O borne (a zona do tronco que está sob a casca) é branco, leve e sem cheiro, mas seu cerne é fortemente aromático, de coloração amarela. Foi extensivamente explorado, mas hoje, na Índia, é considerado sagrado, declarado como propriedade nacional e seu corte só é permitido quando o exemplar atinge 30 anos ou mais, momento em que a árvore começa a morrer naturalmente.



Óleo essencial de sândalo e Modo de extração


A árvore é de crescimento lento: pelo menos 8 anos para que se possa extrair o óleo essencial da madeira . Anteriormente, as árvores eram derrubadas ou desarraigadas e seus galhos e raízes eram cortados. Os troncos, deixados por muitos meses à exposição solar, possibilitavam aos cupins se alimentarem da camada embaixo da casca, expondo dessa forma a madeira aromática, que era uma parte da árvore comercializada. Hoje em dia, visto a raridade do produto, não se alimentam mais os cupins. O óleo essencial é obtido através da destilação das raízes e do coração da madeira de sândalo reduzidos a pó e secos.


Descrição: Liquido amarelo pálido ou escurecido, espessso, viscoso, de cheiro característico(amadeirado, intenso e adocicado) e sabor desagradável. Seu componente em destaque é o Santalol.