Dica Saudável | Painço | Um grão alcalino e muito versátil!


O Painço Descascado também conhecido como Milhete é um cereal utilizado na alimentação humana. O grão é produzido e selecionado na própria empresa Giroil, com alto padrão de qualidade, tem cor amarelo claro e sabor suave, sendo fonte de proteínas, fibras, vitaminas e minerais. Sendo um grão muito versátil, hoje na Dica Saudável iremos compartilhar mais sobre sua origem e algumas receitas que ele pode ser utilizado! Aqui segue algumas sugestões, mas é um grão que pode ser integrado em receitas tanto doces como salgados, utilizado em sopas, saladas, mingaus, pães e biscoitos, enriquecendo o sabor e os valores nutricionais necessários à boa saúde.



Sobre o Painço


Pouco conhecido, o paiço é um nome genérico que se dá a um grupo de grãos produzidos por plantas diversas.

O "painço verdadeiro" - millet ou milho-painço, cujo nome vem do latim mille, tem o significado de mil (proliferação).

Também conhecido por milho miúdo e milhete - nesse caso, o painço português, outra variedade (talvez tantas denominações causem confusão para identificá-lo corretamente), botanicamente é um cereal mais antigo que o arroz, a cevada, o trigo ou o centeio. Uma enorme variedade de plantas pertence à espécie do milho-painço, entre elas o sorgo.

Oriundo das Índias Orientais e do Norte de África, sua utilização era frequente em grandes regiões da Ásia, antes da introdução do arroz, há cerca de 12.000 anos.

Mas o seu consumo continua a ser comum em lugares como a Etiópia, onde o prato nacional - Injera - é feito com farinha de milho-painço. Na China, há milhares de anos, fazia-se macarrão com farinha de painço, que muitos pensam ser exclusiva e indicada comida de passarinho; igualmente muito usado na culinária macrobiótica por se manter alcalino mesmo depois de cozido. As sementes de milhete podem ser germinadas, brotando aproximadamente em 4 dias.



Por que a importância de uma alimentação alcalina?


É comum pensar que um alimento ácido fará com que nosso sangue fique mais ácido e um alimento alcalino, mais alcalino, mas esta não é exatamente a lógica correta para esta questão. Um limão por exemplo, é um alimento originalmente ácido, porém o resíduo orgânico que restará no corpo após sua digestão, é alcalino, o que caracteriza o limão como um alimento "alcalinizante".


O organismo trabalha, constantemente, para manter o pH do sangue entre 7,3 e 7,4 (levemente alcalino). Este pH permite que as células consigam armazenar nutrientes em proporções adequadas para que elas realizem suas funções - como, por exemplo, a preservação dos ossos e músculos. "Em um meio ácido (pH inferior à 7), esse mecanismo fica comprometido, pois as células deixam de liberar toxinas, ficando inflamadas e com maior chance de aparecerem prejuízos como: ganho de peso, cansaço e envelhecimento precoce da pele, além de doenças mais graves, como osteoporose e câncer", afirma a nutricionista Mariana Duro, Membro do Instituto Brasileiro de Nutrição Funcional. Além disso, a acidez sanguínea pode acabar refletindo na diminuição de absorção de diversas vitaminas e minerais, e também no desequilíbrio enzimático, hormonal e de defesa do organismo.


Esse equilíbrio bioquímico também é importante para pessoas que praticam atividade física de forma moderada a intensa . Isso pois a atividade física gera radicais livres e compostos inflamatórios, estes que fazem parte do microlesão gerada na fibra muscular que é necessária para aumento do músculo. Por isso, esse equilíbrio é importante para que o organismo se recupere, evitando a dor muscular e a perda de rendimento.


Benefícios Nutritivos do Painço


O painço é altamente nutritivo, suave, contém muita fibra e também de fácil digestão, é um dos alimentos conhecidos como sendo dos mais antigos (vem mencionado na Bíblia) e é utilizado ainda hoje na confecção de pães (na Ásia, especialmente na Índia), papas, bolos e diversos pratos e sobremesas, curiosamente é também muito usado como comida para pássaros e outros animais. É constituído por: 15% de proteína, vitaminas do complexo B, aminoácidos essenciais, lecitina, alguma vitamina E e tem elevados valores de minerais como: o ferro, o magnésio, o fósforo e o potássio.

Ele possui diversos benefícios e ainda é um grão sem glúten e rico em proteínas!Com cerca de 3% de gordura, o painço, assim como a aveia, o amaranto e a quinoa, são dos cereais que menos gordura concentra. Esta gordura compõe-se essencialmente de ácidos gordos insaturados. Para além disso, o millet apresenta-se como sendo de extrema importância, pelo seu alto teor de ferro (9 mg em cada 100 g), e ácido silícico que é importante para a pele, cabelo e unhas. Por isso o painço é por muitos conhecido com sendo o cereal da beleza.



Indicações de uso do Painço


  • Notável a sua ação sobre a pele, unhas, esmalte dos dentes;

  • Ajuda na função cardíaca pelo seu teor em magnésio;

  • Para aqueles que têm um trabalho exaustivo intelectual, ou estão em período de desenvolvimento;

  • Ajuda nas anemias e gravidez pelo seu teor em ferro;

  • Regenera e fortalece o sistema nervoso;

  • É um cereal de grande importância para celíacos pelo seu baixo teor de glúten;

  • Na medicina tradicional chinesa, o painço é utilizado no tratamento de problemas de digestão, de náuseas, e problemas de sono.



Pequeno e arredondado, o grão de painço pode ser branco, cinza, amarelo ou vermelho e é mais comum encontrá-lo descascado. Livre de glúten, ele tem nutrientes como manganês, fósforo e magnésio. É justamente o magnésio que faz desse um alimento “amigo” do coração – estudos indicam que o mineral contribui para reduzir riscos de infarto e equilibrar a hipertensão arterial. Já o fósforo participa do metabolismo dos lipídios – ou gorduras, e cumpre um papel importante para o bom funcionamento do sistema nervoso.


De fácil digestão e baixo índice glicêmico, é rico em fibras e, portanto, pode ser uma boa fonte de carboidratos para diabéticos. Além disso, é um dos raros grãos com pH alcalino. Não é à toa que povos do Himalaia, conhecidos por sua longevidade, tem nesse grão uma das bases de sua alimentação.


Precursor de serotonina, o seu consumo contribui para aquela sensação de bem estar (e por isso o Bioblog o elegeu para compor a lista de alimentos “da felicidade”), sendo uma ótima pedida para aqueles dias de TPM.


Cultivado atualmente em várias regiões do planeta o Painço está presente na alimentação diária nos países asiáticos. No Brasil ela é conhecida entre os passarinheiros como um alimento especial para pássaros, pois fortalece a penugem e o bico. No entanto, antes do arroz, o Painço descascado era consumido mesmo na Europa. Na dieta macrobiótica é bastante conhecido como uma semente especial, onde afirmam que mesmo cozida , permanece alcalina.Um grão que apresenta vários motivos para ser integrado a uma alimentação balanceada na busca por uma vida com mais saúde. Sábios são os pássaros que usufruem dos benefícios do painço! Aprendamos com eles!


*Esses benefícios são notados junto com uma dieta balanceada com muita água, vegetais frescos e grãos.


Sugestão de cozimento para os preparos: Há diversas maneiras de cozinhar o painço, mas fica a sugestão: 3 partes de água para 1 parte de millet. Adiciona-se o cereal depois da água levantar fervura e coze durante 30 minutos ou até a água ser absorvida. Deixar tapado, para suar, por mais 10 minutos. Para obter um sabor mais característico, podem-se tostar os grãos antes da cozedura, durante 3 minutos. Também se pode demolhar o painço e neste caso o tempo de cozedura é reduzido para 5 a 10 minutos.


Receitas para inspirar no preparo com o Painço

Opções Salgadas

Requeijão de Painço

*Receita quase nada modificada da Alana Rox.



Ingredientes

  • 2 xic de painço descascado Giroil cozido

  • 100g tofu orgânico firme

  • 1/2 xic de óleo de Chia giroil

  • 1 colher de chá de sal do himalaia

  • 1 colher de café de cúrcuma

  • Pitada de pimenta do reino

  • 1 colher de sopa de mostarda Dijon

  • 1 colher de sopa de limão

  • Água pra dar consistência

  • Adicional: adicionar 1 colher de café de levedura nutricional.


Modo de Preparo


No liquidificador, bata o painço cozido (quase uma papa) com os demais ingredientes.Utilize água para alcançar consistência e ajudar a bater.A massa deve ficar uniforme e cremosa.Depois, deixe na geladeira por 20 minutos e está pronta para ser servida.


Observação: Dura até uma semana na geladeira. Receita de fácil preparo da Alana Rox, rende ½ copo.





Maionese de Painço


Ingredientes

  • 1 xícara de Painço Descascado Giroil cozido

  • ½ xícara água

  • Suco de ½ limão

  • 1 colher (sopa) Óleo de Cártamo Giroil

  • ½ colher (chá) sal do Himalaia

  • 1 dente de alho(a gosto)

Modo de Preparo


Misture todos os ingredientes no liquidificador ou processador e bata até que fique uma pasta homogênea.


Observação: Dura até uma semana na geladeira.




Bolinhos de Painço e Grão de Bico

* Receita inspirada na Bela Gil


Bolinhos dourados pelo painço e perfumados pelo curry e pela cúrcuma

Ingredientes

  • 1 xícara de grão de bico cozido

  • 1 xícara de painço cozido

  • 1/4 cebola picada

  • 1 colher (chá) de curry

  • 1 colher (chá) de cúrcuma

  • Folhas de salsa fresca picadas

  • Cebolinha fresca picada

  • Sal do Himalaia a gosto

  • Óleo de coco


Modo de Preparo