Dica Saudável | Spirulina & Chrorella | Alimentos que também são medicina.




Spirulina & Chrorella

Alimentos que também são medicina.


Hoje falaremos um pouco sobre duas algas muito ricas em nutrientes e que são ótimas aliadas para manter a saúde de forma natural. A chrlorella e a spirulina além de ser excelente fonte de proteínas, são uma boa fonte de sais minerais como fósforo, ferro, manganês, cobre, zinco, magnésio e cálcio. Estas duas algas unicelulares são dois dos mais antigos organismos vivos do planeta, estando presentes na atmosfera terrestre há bilhões de anos. São alimentos originais, criados pela superior inteligência da Natureza, e não geneticamente modificados ou sintetizados pelo homem.


“Faça do teu alimento a tua medicina”. Baseado nesta sabedoria o egipicio Imhotep, considerado o pai da medicina, fundamentou o princípio da única possibilidade de cura natural e verdadeira: fortalecer e purificar o corpo para que este tenha as condições necessárias para prevenir ou reverter qualquer possível doença e debilidade.


Os alimentos naturais e integrais contribuem de diversas formas para que nosso corpo e seu organismo se tornem um lugar onde a doença não consegue se alojar, não consegue sobreviver e prosperar. Uma visão mais holística de medicina integrada com os princípios da Natureza reconhece que mais importante que combater doenças ou bactérias é fortalecer o terreno biológico para que este tenha a capacidade de ter ativa sua função imunológica e com isto manifestar sua programação original: saúde.


Diversos alimentos integrais apresentam nutrientes e fitoelementos que auxiliam neste processo. Antioxidantes, enzimas, óleos essenciais, vitaminas, minerais e outros, todos contribuem de alguma forma para o fortalecimento do organismo como um todo. A vantagem em se obter estes elementos nutritivos de alimentos integrais é que os nutrientes encontram-se conjugados com outros, em perfeita sinergia e biodisponibilidade. Um elemento aumenta a capacidade de atuação do outro, agindo em conjunto e harmonia para a manutenção de nossa saúde.Perceba como é maravilhosa a Sabedoria Natural que cria os alimentos com tamanha harmonia!


Como as folhas das árvores, estas microalgas obtém sua coloração esverdeada da clorofila. De acordo com Alan Keith Tillotson, em seu livro “One Earth Herbal Sourcebook,” os elevados níveis de clorofila nestas microalgas podem explicar sua habilidade em interromper as colônias cancerígenas de se formarem. Como Tillotson escreve: “Alimentos e ervas que contém elevado nível de clorofila mostram evidência farmacológica de prevenção do câncer, talvez porque estes pigmentos dos vegetais (e algas) verdes fazem ligação com os químicos causadores de câncer, assim estimulando sua excreção”. Se as células cancerígenas, que ocorrem naturalmente no organismo puderem ser interrompidas antes que estas possam se desenvolver em colônias, então dificilmente será possível desenvolver qualquer câncer sintomático.


A clorofila é uma molécula faxineira. Ela gruda em toxinas dos mais variados tipos, limpa o fígado, oxigena o sangue e ajuda a transformar o organismo em um local realmente desagradável para patogênicos de qualquer tipo, como vírus, bactérias, parasitas e fungos.


A clorofila também tem sido estudada por seu potencial em estimular o crescimento de tecido, e em estimular a produção de glóbulos vermelhos no sangue. Realmente impressionante é a similaridade entre a clorofila e o pigmento vermelho do sangue. De fato, a hemoglobina e a clorofila compartilham uma mesma estrutura molecular chamada “anel porfirínico”. O sangue verde do vegetal nutre o sangue vermelho dos animais. Uma boa indicação de que os alimentos esverdeados deveriam fazer parte da dieta de todo o ser humano. E em abundância.


É interessante o conhecimento de que a Chlorella, em particular, apresenta 70% de sua composição da mais pura clorofila, o que faz dela a maior fonte de clorofila em nosso planeta. Se a clorofila é a luz do sol capturada pela planta através da fotossíntese, eis aqui uma maneira eficaz de levar o seu brilho para o interior dos órgãos do corpo. É um alimento solar que nutre nosso corpo e nossa alma.

A Spirulina, ainda que não seja tão rica em clorofila (35% de sua composição), possui o suficiente para ser considerado um alimento riquíssimo neste pigmento. Apresenta, porém, virtudes exclusivas, como abundância de antioxidantes como alfa e beta caroteno e a phycocianina, um pigmento azul que já foi extensamente pesquisado por seu efeito positivo sobre o câncer.


Como todos os alimentos ricos em clorofila, ambas as microalgas são altamente alcalinizantes para a corrente sanguínea, o que significa que ajudam a restaurar o equilíbrio ácido-alcalino. Em outras palavras, as microalgas ajudam a neutralizar o excesso de acidez causado por comer em excesso carne, amidos, açúcares, refrigerantes e alimentos artificiais. Esta acidez também é acentuada pelo excesso de stress e pelo excesso de exercício.


O PH sanguíneo em seu estado natural é levemente alcalino. Estar no equilíbrio é sentir-se como um peixe dentro da água. É viver em seu habitat natural. Isto produz conforto. Ou seja, alimentos alcalinizantes ajudam a trazer um estado de profundo conforto e bem-estar. O mesmo acontece com práticas de respiração profunda e relaxamento, e é por isto que praticantes de yoga sentem tamanho conforto e bem-estar durante e após as suas práticas.


Vamos conhecer mais um pouco sobre cada uma dessas microalgas que são boas aliadas para quem procura um estilo de vida saudável e natural!



Chlorella

A chlorella é uma alga unicelular microscópica de água doce, que constitui uma das mais antigas formas de vida e que possui uma grande habilidade de realizar fotossíntese. Seu nome refere-se ao alto conteúdo de clorofila que possui, sendo a espécie com maior quantidade desta substância conhecida atualmente.


Descoberta pelos japoneses, tradicionais consumidores de algas que apreciam e a utilizam normalmente como alimento, esta alga ficou conhecida entre os orientais por promover uma sensação de bem estar após curto período de uso. A chlorella, durante seu crescimento, consegue acumular uma enorme quantidade de clorofila e de nutrientes essenciais ao bom desempenho das funções biológicas do organismo. Em sua composição básica, esta alga apresenta aproximadamente 60% de proteínas, superando proporcionalmente a carne bovina, o peixe e a soja. Além disso, a chlorella Chlorella pyrenoidosa possui 8 aminoácidos essenciais (isoleucina, lisina, fenilalanina, metionina, treonina, triptofano, valina, histidina) e uma variedade de vitaminas e minerais. Sabe-se também, que a chlorella possui uma substância denominada de CGF (Chlorella Growth Factor), que possui na sua composição os ácidos nucléicos (DNA e RNA). Em consequência da sua fácil digestibilidade, conseguida através de exclusivo sistema de desintegração da parede celular, seu valioso conteúdo é amplamente absorvido, auxiliando na manutenção de um funcionamento saudável do organismo.


Michael Rosenbaum, MD, MSC, notável medico especializado em medicina nutricional, escrevendo para o M.D.’s Nutritional Bulletin, na primavera de 2001, diz que a chlorella é “de longe o melhor e mais poderoso dos nutracêuticos , alimentos funcionais que provêm ao corpo com a nutrição adequada para nutrir a si próprio. Não há nada melhor para lhe ajudar a se sentir da maneira como você sempre quis!”



Spirulina

A Spirulina é uma microalga azul-esverdeada. Tem gosto de mar. Seu formato é espiralado, o que explica seu nome. Cresce no oceano e também em grandes lagos, e multiplica-se com velocidade tão grande que podemos dar a ela o mérito da metabolização de metade do oxigênio do planeta!


Além de todas as incríveis características mencionadas, que deveriam saltar aos olhos de qualquer nutricionista que entende sua profissão, a Spirulina é ainda mais rica em vitamina E do que o germe de trigo, possui mais óleos essenciais anti-inflamatórios (GLA/EFA) do que a linhaça, sendo que um destes ácidos graxos essenciais (o GLA) é carente em todos aqueles cuja amamentação foi prematuramente interrompida. Por conseguinte, para prevenir a degeneração cerebral e ampliar a capacidade deste órgão, alguns tomam cápsulas de óleo de peixe para obter este nutriente. Mas de onde será que o peixe obtém este óleo?


Como se não bastasse, Spirulina possui fatores de crescimento que estimulam a multiplicação da boa flora intestinal. Tal alimento recebe o título de prebiótico, ou seja, um alimento que nutre os probióticos (também chamados de lactobacilos) que tanto beneficiam a limpeza e imunologia no tubo digestivo.


Dr. David Williams, famoso editor de Alternatives For The Health Conscious Individual (alternativas para o indivíduo consciente de saúde), afirma: “se eu fosse forçado a me limitar a apenas um suplemento, Spirulina seria definitivamente minha primeira escolha!”



Quando, quanto e como utilizar?


Tanto a Chlorella como a Spirulina são disponibilizadas em forma liofilizada (em pó) através de um processo chamado freeze drying, que conserva a maior parte de sua delicada estrutura nutricional.



Spirulina >> MODO DE CONSUMO


SOU PRÁTICO

Consuma duas cápsulas/tabletes antes das duas principais refeições. Por exemplo, duas antes do café da manhã e duas antes do almoço.


SOU CRIATIVO

Você é do tipo de pessoa que adora bebidas e alimentos saudáveis? Então deixe a imaginação fluir, abra as cápsulas e adicione a biomassa de spirulina em suas receitas.


CONTROLE DE APETITE

Consuma de duas a quatro cápsulas/tabletes de spirulina antes de uma refeição para aumentar a sua sensação de saciedade.


ROTINA INTENSA

Consuma sua dose diária de spirulina em três ou quatro períodos de acordo com a suas atividades rotineiras.


ATLETA

Consuma duas cápsulas/tabletes de spirulina no pré e pós-treino, assim você energiza e recupera seu corpo naturalmente. Se busca mais energia no pré-treino, consuma as quatro cápsulas antes da sua atividade física.



Chrorella >> MODO DE CONSUMO


SOU PRÁTICO

Consuma duas cápsulas/tabletes antes das duas principais refeições. Por exemplo, duas antes do café da manhã e duas antes do almoço.


SOU CRIATIVO

Você é do tipo de pessoa que adora bebidas e alimentos saudáveis? Então deixe a imaginação fluir, abra as cápsulas e adicione a biomassa de chlorella em suas receitas.


ATLETA

Consuma de 2 a 4 cápsulas/tabletes de chlorella após a sua atividade física para estimular a recuperação dos músculos e tecidos do seu organismo.


DETOX

Consuma 4 cápsulas de cápsulas/tabletes antes da sua última refeição do dia para fazer uma limpeza profunda em seu organismo.


DIVERSÃO

Gosta de sair e se divertir na noite? Consuma 2 cápsulas/tabletes de chlorella antes e depois de sair e minimize os efeitos da má alimentação e do álcool.


Você consegue consumir através de cápsulas mas hoje nosso intuito é te mostrar como podemos ingerir esses alimentos integrando eles juntos em pratos e batidas! Podes usufruir de seus benefícios adicionando em molhos, batidas, pães de frigideira, bolos, sucos... As possibilidades são infinitas e as cores que elas proporcionam ao alimento são maravilhosas!




Panqueca Grão de Bico com Spirulina&Chrorella

Ingredientes

  • ½ xícara de grão de bico cozido

  • 1 colher de sopa de aveia

  • 1 colher de sopa de psyllium

  • 1 colher de sopa de chia

  • 1 xicara de água

  • 1 colher de sopa de óleo de cartamo

  • 1 colher de chá de spirulina ( se tiver disponível em cápsulas/ tablets adicionar a dose que iria ingerir diariamente)

  • 1 colher de chá de chrorella ( se tiver disponível em cápsulas/tablets adicionar a dose que iria ingerir diariamente)

  • Sal a gosto

*Pode optar por spirulina e/ou chrorella.



Modo de preparo


Bata no liquidificador o grão de bico com água, óleo, psyllium e aveia até virar uma pasta homogênea. Adicione a spirulina e/ou chrorella e veja a mudança de cor para um tom esverdeado/azulado maravilhoso! Adicione junto o sal e temperos que desejar e leve a uma frigideira pré aquecida para cozinhar. Em fogo baixo vá cuidando até ficar dourada de ambos lados. O recheio podem ser dos mais variados para se deliciar com essa panqueca! Deixe sua criatividade fluir e busque variar sempre os ingredientes que irão compor sua panqueca para se beneficiar da biodiversidade de alimentos que existem.




Batida de Banana com Spirulina


Ingredientes

  • 2 bananas

  • 1 xícara de leite de aveia ( ou outro leite vegetal, também ficando delicioso com água)

  • 1 colher de chá de spirulina ou sua dose diária em caso de cápsulas/tablets

  • 1 colher de sopa de amaranto em flocos

  • 1 colher de sopa de agave


Modo de preparo


Leve tudo ao liquidificador até virar uma batida homogênea e pode se deliciar!



O leite vegetal de aveia é feito da seguinte forma: