Dica Saudável | Páscoa | Receitas deliciosas para celebrar a vida


Final de semana de Páscoa, sexta feira santa e nada melhor do que falar do belo fruto que dá um gostinho especial a essa data: o cacau!


O cacau é a matéria prima para uma das maiores paixões: o chocolate. Além de diversos benefícios à saúde como reduzir a pressão arterial, também traz um conforto à mente por conter dopamina, feniletilamina (PEA) e serotonina, todas substâncias conhecidos por promoverem o bem estar e a saúde mental.


Uma delicia que é como um carinho em forma de comida! Em tempos difíceis, refletimos a importância das pequenas coisas, a troca de afeto, o abraço, as alegrias. Então hoje a proposta é multiplicar as alegrias junto a esse fruto tão especial com receitas saudáveis e deliciosas para você. Aproveita que está na cozinha e prepara um pouco a mais para dar para aquele amigo querido que está com saudades, familiar que sempre lhe apoiou ou até mesmo para alegrar alguém em situação de vulnerabilidade, morando na rua. Vamos nos unir através de gestos de amor e compartilhar solidariedade.



História do cacau


O chocolate que conhecemos é produzido do grão do cacau, presente no fruto do cacaueiro. O cacaueiro (Theobroma cacao L.) uma planta originária do continente americano, provavelmente das bacias do Amazonas e do Orenoco. De clima tropical, tem grande importância econômica, porque seu principal produto, o chocolate, é um alimento energético muito consumido em diversos países aos redor do mundo.


O cacau foi citado pela primeira vez em literatura botânica no início do século XVII como Cacao fructus por Charles de L'ecluse . Em 1737 foi introduzido o binômio Theobroma cacao L. A palavra Theobroma significa alimento dos deuses e é inspirada na crença mesoamericana da origem divina do cacaueiro. O termo cacau deriva da palavra cacahualt (idioma nahuatl) falada pela civilização maia.


Os olmecas, a primeira cultura altamente desenvolvida da América Central, viviam no país que hoje conhecemos como México há mais de 3.000 anos. O clima quente e úmido era ideal para o cultivo do sensível cacaueiro. Os maias, que se radicaram na região alguns séculos após o desaparecimento dos olmecas, utilizavam os grãos de cacau para preparar uma bebida amarga e muito temperada. A bebida era consumida e usada durante os rituais sagrados realizados pelos seus sacerdotes, reis e nobreza. Mas a civilização maia também desapareceu repentinamente e foram substituídos pelos toltecas em aproximadamente 900 AD, e depois pelos astecas. Ambas as culturas adotaram a tradição da bebida sagrada, a qual eles chamavam de “xocoatl” (xoco = amargo; atl = água). Para os astecas, essa bebida amarga e picante era fonte de sabedoria e energia – um bálsamo afrodisíaco e calmante. O grão de cacau também servia como moeda naquela época.

Grão que desperta o coração, dilata, faz bater.


A produção do chocolate envolve um processo alquímico interessante: as frutas são colhidas, suas sementes são fermentadas por um determinado período de tempo, então são secas ao sol e moídas para que pudessem para ativar os princípios ativos desta medicina. Um processo lindo de transformação para realçar e dar o sabor tão apreciado do cacau.


O cacau possui propriedades vaso-dilatadoras, isso significa que ele aumenta o calibre de nossos vasos sanguíneos, o que permite que o sangue flua mais intensamente em nosso corpo. O órgão principal de nosso sistema circulatório é o coração, que além de desempenhar essa função vital em nosso organismo, também é considerado o nosso centro energético do amor. Outro nutriente relevante aqui é o magnésio, um mineral que tem a propriedade de relaxar nossa musculatura. Lembre-se que nosso coração é um músculo! Assim, ao ingerirmos o cacau, nosso sistema circulatório se intensifica e nosso coração, assim com todos os demais músculos do nosso corpo relaxam. E isso também reverbera em nosso sistema energético, o que faz com quem nosso centro cardíaco se abra. Nos abrirmos para a verdade amorosa mais profunda de nosso ser. Amor que primeiramente se direciona a nós mesmos, que então nos sentimos mais leves e felizes (aqui vale lembrar o efeito incrível do cacau em estimular a produção de serotonina, o hormônio do prazer), e depois também nos permite uma verdadeira conexão a partir do centro do coração com a nossa comunidade.


E você sabia que essa fruta é importante para o desenvolvimento do Brasil, em especial para a região sul da Bahia? O alimento ajudou no progresso de algumas cidades, como Ilhéus e Itabuna.


O Brasil hoje o segundo maior produtor mundial, vindo depois da Costa do Marfim, na África, para onde a planta foi levada no século passado, adaptando-se muito bem. Uma região no sul da Bahia, conhecida como “Região Cacaueira”, com 89 municípios, cerca de 90.000 km2 e 2 milhões de habitantes, tendo como centro as cidades de Ilhéus e Itabuna, responsável por cerca de 90% da produção brasileira, calculada em mais de 400.000 t de amêndoas secas, que abastecem o mercado nacional e são exportadas principalmente para os Estados Unidos, Rússia, Alemanha Federal, Reino Unido e Japão.


De acordo com a ADVFN Brasil (Advanced Financial Network), 95% do cacau brasileiro é produzido no estado da Bahia; 3,5% no Espírito Santo; e 1,5% na Amazônia



Costa do Cacau


Costa do Cacau é um trecho do litoral sul da Bahia, localizado a cerca de 450 km de Salvador, composta por oito municípios: Itacaré, Uruçuca, Ilhéus, Itabuna, Olivença, Una, Santa Luzia e Canavieiras. Região agraciada com praias paradisíacas cercadas por falésias e coqueirais, além das áreas preservadas de Mata Atlântica.


Esta é uma ótima opção de destino para quem deseja ficar em contato direto com a natureza e para os amantes do ecoturismo. Já que no sul da Bahia estão as principais áreas de preservação da Mata Atlântica no nordeste. Além de uma rica fauna marinha nos arrecifes da região, o que inclui cerca de vinte espécies de peixes só existentes no litoral sul da Bahia.


Carinho e nutrição para você e sua família, momento de união através de uma fruta tão especial.


Ele é considerado um alimento funcional, pois além de desempenhar funções nutricionais, quando consumido de forma regular e moderada, traz benefícios à saúde. Um poderoso conjunto de substâncias, vitaminas e sais minerais presentes em sua composição garantem os benefícios do cacau, tais como favorecer o bom funcionamento das artérias e do coração e aliviar ansiedade e fadiga.



Conheça as substâncias que são responsáveis pelas propriedades benéficas do cacau para a saúde humana:



Feniletilamina

Age no organismo como um neurotransmissor. A feniletilamina estimula a produção de dopamina e serotonina, hormônios relacionados à sensação de prazer e bem-estar. Nosso corpo produz feniletilamina quando sentimos desejo por alguém ou nos apaixonamos, por isso, o cacau também é considerado um alimento afrodisíaco.



Teobromina

É um broncodilatador e vasodilatador, o que faz com que seja eficiente no tratamento de asma e de doenças cardiovasculares. Mas atenção: a teobromina é prejudicial para os animais. Portanto, não dê chocolate e outros alimentos que contêm cacau para o seu bichinho de estimação - veja quais alimentos os animais não devem comer.



Flavonoides

Os flavonoides são substâncias com capacidade antioxidante que ajudam a combater os radicais livres e o envelhecimento precoce. Os flavonoides também têm propriedades vasodilatadoras e contribuem para melhorar a circulação sanguínea e, consequentemente, favorecer o bom funcionamento das artérias e do coração, colaborando para prevenir doenças cardiovasculares.



Cafeína

Age como estimulante do sistema nervoso central, aumentando o estado de alerta. Ela garante que o cacau tenha entre seus benefícios a promoção do relaxamento da musculatura lisa e o estímulo ao músculo cardíaco.



Magnésio

A deficiência de magnésio no organismo de mulheres em fase reprodutiva pode levar ao desenvolvimento de sintomas de depressão: ansiedade, irritabilidade, insônia, fadiga e dores de cabeça. A FAO recomenda que mulheres a partir dos 10 anos consumam 220 mg/dia de magnésio. Este valor é reduzido para 190 mg/dia para mulheres a partir dos 65 anos (para homens adultos - de 19 a 65 anos - a recomendação é de 230 mg/dia). O cacau é uma ótima fonte de magnésio, pois 50 gramas de cacau contém aproximadamente 275 mg de magnésio. Isso explica a compulsão por chocolate que muitas mulheres sentem durante seu período fértil. No entanto, é essencial ressaltar que a concentração de cacau varia muito entre os diversos tipos de chocolate disponível no mercado. Por isso, é importante optar por chocolates com alto teor de cacau em lugar dos chocolates ao leite.



Benefícios do Cacau


1. Facilita a perda de peso


Além do chocolate amargo contribuir para o aumento do metabolismo – fator que ajuda nos regimes de emagrecimento –, pesquisas comprovam que os polifenóis, moléculas presentes no cacau, melhoram a sensibilidade à insulina. Isso contribui grandemente para o controle das variações de açúcar no sangue, impedindo o surgimento da sensação de fome que surge logo após o consumo de açúcar. Apesar de auxiliar na diminuição da fome, o chocolate é um alimento muito calórico e seu consumo deve se limitar a 30 gramas por dia.



2. Promove sensação de bem-estar


Não é por acaso que o chocolate tem a fama de ser um alimento viciante. O consumo do tipo amargo, que é o que traz mais benefícios à saúde, consegue ativar a liberação de neurotransmissores que enviam sensações prazerosas ao cérebro, o que acaba gerando bem-estar ao consumidor.



3. Pode atuar como antidepressivo


Os grãos de cacau contêm dopamina, feniletilamina (PEA) e serotonina — todas substâncias utilizadas para promover a saúde mental. Além disso, o alimento apresenta na sua composição inibidores da monoamina oxidase e do aminoácido triptofano. Essas substâncias agem mantendo a dopamina e a serotonina na circulação sanguínea por mais tempo, fator que contribui para manter a sensação de bem-estar, bem como o alívio da depressão.



4. Reduz a pressão arterial


Os flavonoides, compostos químicos encontrados no chocolate amargo, combatem o LDL — o famoso colesterol ruim. Esse tipo de gordura se aglomera na corrente sanguínea formando placas, que grudam nas artérias e acabam provocando o aumento da pressão arterial. Portanto, os flavonoides reduzem a absorção do colesterol ruim, eliminando-o do organismo.



5. Favorece o crescimento do cabelo


Umas das diversas propriedades nutricionais do cacau é a de contribuir para o aumento da circulação sanguínea no couro cabeludo, tornando os fios mais saudáveis e fortes. Dessa forma, os cabelos crescem mais rapidamente e se tornam menos suscetíveis a alguns problemas, como a quebra e queda. Outro fator que contribui para a beleza dos cabelos é a propriedade anti-inflamatória do cacau, que diminui as probabilidades de infecções no couro cabeludo.



6. Melhora a pele


O cacau, além de possuir minerais e ácidos graxos como o ômega 6, contém a vitamina C, poderoso antioxidante que age beneficiando o organismo. Uma das suas principais ações no organismo é a de proteger as células sadias do corpo contra a ação oxidante que provoca o envelhecimento precoce da pele, retardando o aparecimento de rugas e outros desgastes à pele.


*Para usufruir dos benefícios do cacau, não é recomendável consumi-lo em excesso. Também é importante observar a procedência e a composição do chocolate, sempre optando por aquele com maior concentração de cacau. Não é recomendável consumir alimentos à base de cacau e ricos em cálcio na mesma refeição. O cacau contém uma substância chamada ácido oxálico, que tende a se ligar ao cálcio. Com isso, o ácido oxálico “rouba” o cálcio do alimento, o que compromete a absorção de cálcio pelo organismo. Portanto, é interessante estar atento ao consumo de chocolate ao leite e também às populares bebidas achocolatadas (que além disso contém uma enorme quantidade de açúcar). Além disso, o cacau é um alimento bastante calórico, pois contém alto teor de gordura saturada.


Relatório de Pesquisa apresentado pelo professor Dr. André Luiz Rosa Ribeiro intitulado “Indicação Geográfica do Cacau Superior Bahia”.



A Páscoa é tempo...


A Páscoa é tempo de refletir... A Páscoa é tempo de amar... A Páscoa é tempo de rezar... A Páscoa é tempo de agradecer... A Páscoa é tempo de recomeçar... A Páscoa é tempo de perdoar... A Páscoa é tempo de se libertar... A Páscoa é tempo de se comprometer... A Páscoa é tempo de ver o amor de Deus* por todos nós!


*Aqui não estamos limitando a um tipo de deus, mas aquela energia e deus que faz sentido a cada um de nós.



A palavra Páscoa surgiu do vocábulo hebraico pesach, que significa passagem. Esse significado está relacionado a fatos vivenciados pelos cristãos e à fuga dos hebreus do Egito quando Moisés abriu o Mar Vermelho. O termo é uma evolução das expressões latinas pascha e pascua, que significam alimento, pasto. Sendo que a comida consumida com abundância durante a Páscoa põe fim ao jejum que muitos fazem durante a Quaresma.


Porém, o verdadeiro sentido da celebração é aquele que revela a fé dos cristãos na ressurreição e na vida eterna. Nesse contexto, a palavra resurrectio, do latim, que significa despertar ou erguer-se outra vez, produziu o vocábulo ressuscitar. Assim, para aqueles que creem na Bíblia, a volta de Jesus Cristo, três dias depois de ter sido crucificado, morto e sepultado, reforça a sua divindade e é um dos conceitos mais fortes do Cristianismo.


Nesse contexto, palavras como vida, paz, amor e esperança refletem a parte mais importante da Páscoa. A figura do ovo no evento representa o renascimento, pois o ovo rompe-se sozinho, de dentro para fora. Quanto ao coelho, a imagem também tornou-se símbolo de vida pelo fato da coelha reproduzir com muita rapidez e em abundância. Assim, o ovo simboliza o renascimento; e, o coelho, a multiplicação da vida e do amor. Aproveite a comemoração para refletir sobre o que você entende como significado da Páscoa e como isso pode fazer diferença na sua vida. Saia da zona de conforto e busque autoconhecimento para definir o que você precisa fazer para tornar sua vida mais plena e feliz.



Páscoa e Transformação


A vida está sempre em transformação e a natureza nos prova todos os dias que o fim de uma etapa é também o início de outra, assim como o fim do dia antecede um novo amanhecer. A Páscoa nos inspira o recomeço, o reviver de forma mais satisfatória.


Friedrich Nietzsche afirmou que: “É necessário ter o caos cá dentro para gerar uma estrela”.


Uma comemoração espiritual como a Páscoa inspira um reavivamento real que promova a verdadeira mudança e inspire a esperança de uma vida melhor e mais feliz, através da fé, da vontade e da ação.


Portanto, o verdadeiro significado da Páscoa é a capacidade que o ser humano possui de renascer e de renovar-se de tempo em tempo. Essa capacidade corresponde ao desapego necessário para libertar-se do “homem velho”, estafado e insatisfeito, possibilitando o nascimento do “homem novo”, pleno de fé e esperança.


Feliz Páscoa!




Dicas de receitas com muito cacau!


Separamos algumas receitas deliciosas e saudáveis para você cultivar autonomia na cozinha nessa quarentena e comemoração da Páscoa! Lembre que aqui são indicações de preparações, todos os ingredientes podem ser substituídos pelo que você tiver em casa! Também a receita é uma orientação, que não precisa ser seguida a risca, podendo você incrementar e aprimorar a seu gosto! Manda foto para gente depois dessas delícias que preparar em casa.


Vamos lá?



FUDGE

Base

  • 1 xic de farinha de castanha de caju

  • 2 colheres de sopa de psyllium*

  • 4 colheres de sopa de cacau

  • 2 colher de sopa de açúcar de coco

  • 1 colher de sopa de semente de linhaça*

  • 2 colheres de sopa de óleo de coco* ou manteiga de cacau

  • Meia xícara de leite de coco


Recheio

  • 3 colheres de sopa de pasta de amendoim

  • 1 colher de xilitol*

  • 1 colher de erythritol*

  • 1 colher de cafezinho de baunilha

  • Pitada de sal

  • Pitada de noz moscada


Cobertura

  • 100g Chocolate derretido 70%*

  • 3 colheres de sopa de cacau

  • 1 colher de sopa de açúcar de coco

  • 1 colher de sopa de leite de coco em pó

  • 4 colheres de sopa de água quente



Modo de preparo


Primeiro coloque em uma vasilha todos os ingredientes da base até formar uma massa densa e homogênea. Separe uma travessa de vidro, une com óleo de coco e coloque sua base. Espalhe bem a camada desse preparado. Em outro pote prepare o recheio e coloque por cima de sua base. Leve ao freezer por pelo menos 1h. Para finalizar faça sua cobertura e coloque sobre seu fudge. Leve ao congelador por mais 1 hora. Depois disso é só cortar em pedaços e se deliciar!



COOKIES (sem glúten)

Ingredientes

  • 4 colheres de sopa de pasta de amendoim

  • 2 colheres de sopa de grão de bico

  • 1 colher de sopa de farinha de arroz

  • 1 colher de sopa de psyllium*

  • 3 colheres de óleo de coco*

  • 3 colheres de sopa de açúcar demehara ou açúcar mascavo

  • Chocolate 70%* (para picar em cima do cookie)


* Pode também colocar chocolate com frutas vermelhas por cima.


Quantidade para 6 cookies



Modo de preparo


Em uma vasilha adicione a pasta de amendoim e o óleo de coco. Se o óleo de coco estiver rígido pela baixa temperatura, você pode amornar ele até ficar em estado líquido. Misture bem. Adicione a farinha de grão de bico, a farinha de arroz, o psyllium e o açúcar. Vá misturando até formar uma massa densa. Pré aqueça o forno a 230 graus. Unte uma forma com óleo de coco e faça bolinhas da massa do seu cookie. Achate ela com a ajuda de um garfo. Para não grudar a massa no garfo, reserve um copo com água e vá umedecendo esse garfo. Em cima, você pode adicionar o chocolate 70% ou o chocolate com frutas vermelhas! Fica uma delicia os dois. Leve ao forno por 10 minutos. Espere esfriar para comer e está pronto!


Uma combinação bem legal para essa páscoa é preparar um sorvete de banana e colocar em cima os cookies. Permita-se nutrir seu corpo com essas delicias! Sem excessos, sem culpa.



A sua saúde em boas mãos.

Feliz Páscoa a todos!



Fonte: Articulista Natália F. Jonas (Instagram @nfeksa)


Fale Conosco

 

WhatsApp:  (51) 99702.5060

                  

                   

Fones:        (51) 3095.2001

                   (51) 3311.7898

                   (51) 3311.1144

 

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta

8:30 às 18:00

Sábado

9:00 às 13:00

Redes Sociais

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Blogger

Orçamentos por e-mail

envie a sua fórmula aqui:

 

 

Contato com Equipe de Vendas

boaformula@boaformula.com.br

 

Sugestões, Reclamações e Dúvidas

sac@boaformula.com.br

Venha Trabalhar Conosco!

trabalheconosco@boaformula.com.br

Endereço

Boaformula Farmácia de Manipulação

Av. Independência, 1163

Bairro Independência

Porto Alegre - RS - Brasil

CEP 90035-077

Advertência:
• Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
• Imagens ilustrativas.
• Pessoas com hipersensibilidade à(às) substância(s) não devem ingerir o produto.
• Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
• Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
• Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da   luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
• Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
• Este medicamento não deve ser utilizado por gestantes e lactantes. 
• Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
• Os resultados dependem da correta utilização do produto, conforme descrito na posologia.
• Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.

Venda mediante prescrição do profissional habilitado
As informações acima são de caráter informativo sem intenção de induzir a automedicação, não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um profissional habilitado. 
O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto. RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.

Boaformula

Farmácia de Manipulação e Suplementos Nutricionais

A sua saúde em boas mãos.

Porto Alegre | RS

CNPJ 94.629.169/0002-30