top of page

Sílicio Orgânico | Conheça OrtoSil PLUS®



O que é o Silício?


O silício é um dos elementos mais abundantes na crosta terrestre e está presente na areia e argila do planeta, bem como nas rochas de quartzo e granito bem como em diversos alimentos: maçã, cereais, repolho, amendoim, cenoura, cebola, cerveja, aveia e peixes.


Infelizmente, o silício é um mineral que não tem solubilidade e absorção na sua forma elementar e tem sido utilizado como suplemento sob a forma de sílica coloidal, tri silicato de magnésio, silício quelato e outras formas de silicato. No entanto, já está comprovado que nestas apresentações ele tem pouca ou quase nenhuma absorção no organismo. Estudos comprovam que a única forma solúvel e biodisponível de silício em pó é o ácido ortosilícico. Porém, ele é altamente instável e polimeriza rapidamente no meio ambiente perdendo sua atividade, sendo assim, há o grande interesse de se obter formas estabilizadas e biodisponíveis para este mineral de importância fundamental para o nosso organismo.


Quer saber mais sobre Sílicio? Acesse aqui.



O Silício no Organismo Humano


O silício é um nutriente de extrema importância para o corpo humano que estimula a síntese do colágeno, glicosaminoglicanos, queratina e elastina, substâncias responsáveis pela saúde da pele, cabelos, unhas, ossos e articulações. Estudos comprovam que ele tem um papel primordial na formação do tecido conectivo, sendo assim importante para saúde dos ossos e da pele. O silício tem função importante no sistema ósseo, vascular e respiratório, sendo fundamental na constituição dos tendões e vasos sanguíneos. É um excelente fortificador e regenerador dos tecidos conectivos e ósseos, onde exerce um efeito modulatório sobre as repostas imune e inflamatórias. Estudos mostram sua função na síntese do colágeno tipo I. Sua deficiência pode ocasionar diversas doenças degenerativas entre as quais o Alzheimer.


A falta de silício também contribui para o surgimento de anormalidades nas articulações, ossos e na síntese do colágeno. Sua falta se torna visível na saúde da pele, cabelos, desordens do sistema nervoso central, veias varicosas, dores articulares, etc. Mesmo o silício presente em diversos alimentos encontra dificuldade de absorção no organismo. Estudos demonstram que as bananas tem um conteúdo de silício de 5,5mg/100g mas evidencias preliminares sugestionam que somente 2% deste total é absorvido, a vagem que contém 2,5mg/100g, tem absorção de 50% deste teor de silício no organismo. Daí a importância de avaliar-se não somente o teor de silício mas também a sua capacidade de absorção, pois isto será fator determinante para o resultado final da suplementação desejada.



Indutor das principais proteínas: colágeno, elastina e queratina.


Quem deseja melhorar sua aparência deveria conhecer mais sobre a ação do silício na produção das três proteínas da beleza: colágeno, elastina e a queratina. Estas são as proteínas essenciais para a beleza da pele, cabelos e unhas. O segredo é ativar as células do nosso organismo para que elas possam produzir essas proteínas. A chave para isto é o silício, elemento fundamental para produção destas proteínas. O problema é que o silício não está biodisponível, pois se encontra em sua forma elementar, ou seja, assim não consegue ser absorvido pelo organismo.


OrtoSil PLUS® é uma formulação patenteada que utiliza a microemcapsulação do silício orgânico em forma sólida. A microemcapsulação do MMST (monomethylsilanetriol) garante sua biodisponibilidade no organismo e facilita sua absorção para indução das proteinas essenciais para manutenção da saude da pele, cabelos e unhas. Feita com acacia gum(goma de acácia) uma fibra natural que não sofreu nenhuma modificação química ou genética. A goma de acácia oferece muitas propriedades e benefícios para o organismo, entre elas, baixo índice glicêmico, baixo valor calórico e apresenta atividade prebiotica.



Silício, elemento fundamental para a formação do Colágeno


A deficiência de silício afeta negativamente órgãos e tecidos contendo colágeno. O átomo de silício está posicionado dentro do colágeno, atuando como "cola" para fibras de colágeno individuais. Em geral, a estrutura do colágeno, como a molécula de DNA, está presente como uma 'Mola', dando às células e órgãos sua elasticidade e movimentos, facilitando seu deslizamento. Assim o silício é um elemento vital para a elasticidade do colágeno promovendo a melhora da função do movimento elástico. O colágeno proporciona resistência e flexibilidade ao tecido conjuntivo, que, por sua vez melhorará a saúde e bem-estar de todos os órgãos do corpo desde o cérebro até a pele, ossos e articulações.



Benefícios do Silício na Saúde dos Ossos


Atualmente a alimentação não tem conseguido fornecer todos os nutrientes que necessitamos, seja por falta de tempo, ou por uma dieta pobre em nutrientes para a nossa saúde. Quando falamos na saúde dos ossos lembramos imediatamente de cálcio e vitamina D, esquecendo que o silício é um elemento fundamental neste processo e exerce papel essencial no envelhecimento saudável dos ossos.


O silício está envolvido nos primeiros estágios da produção do colágeno e dos ossos, na verdade, os ossos não se formarão sem uma adequada quantidade de silício, pois o silício tem uma relação única com o cálcio, pois é ele que o atrai para os ossos melhorando a qualidade da matriz óssea, bem como facilita sua mineralização. A calcificação óssea ajuda a formar o novo osso e fortalecer os ossos maduros, assim como a densidade mineral. O silício orgânico juntamente com outros nutrientes irá trabalhar para melhorar os efeitos do cálcio e da vitamina D nos ossos, não só em termos de quantidade, como de qualidade, uma vez que, os ossos têm quantidade expressiva de colágeno que é uma proteína essencial para o suporte de sua estrutura.


Estudos conduzidos por Charles T. Price, Kenneth J. Koval e Joshua R. do LangfordOrlando Health Department of Orthopedic Surgery demonstraram a efetividade e a importância da suplementação de silício para prevenção da osteoporose em mulheres na menopausa. Estudos realizados por Carlisle sugerem que é possível que o silício desempenhe um processo electroquímico de mineralização óssea devido as suas propriedades de condutividade elétricas. Sabe-se também que a matriz de colagénio de osso jovem possui propriedades piezoeléctricas que geram potenciais elétricos quando sujeito a tensão. A mineralização óssea ocorre nas áreas eletronegativas que são geradas por compressão.



O que é OrtoSil PLUS®?


OrtoSIl PLUS® utiliza uma tecnologia de microemcapsulação do silício orgânico em forma sólida. A microemcapsulação do MMST(monomethylsilanetriol) garante sua biodisponibilidade no organismo e facilita sua absorção para indução das proteínas essenciais para manutenção da saúde da pele, cabelos e unhas. No processo de encapsulação do MMST é utilizado acácia gum(goma de acácia), uma fibra natural que não sofreu nenhuma modificação química ou genética. A goma de acácia oferece muitas propriedades e benefícios para o organismo, entre elas, baixo índice glicêmico, baixo valor calórico e apresenta atividade prebiotica.


A principal característica do OrtoSil PLUS® é sua alta biodisponibilidade (64%) que fornece uma atividade biológica para o silício em formulações sólidas, segurança e estabilidade com alto teor de solubilidade > 85%. Além disso, o teor de Silício elementar é o mais alto disponível no mercado (2,8%).


MMST [Si(OH)3CH3] é metabolizado em ácido ortosilícico [Si(OH)4], o Silício que o corpo consegue absorver facilmente. OrtoSil PLUS® não precisa ser consumido em jejum devido a sua alta solubilidade em água não sofrendo assim interferência dos alimentos e facilitando sua absorção no trato gastrointestinal.


O ácido ortosilícico (H4SiO4) é usado como uma fonte nutricional e terapêutica de alta biodisponibilidade silícica (Si). O ácido silícico em sua forma monomérica (H4SiO4) não é estável e, em elevada concentração, está sujeito à polimerização tridimensional. Polímeros de ácido silícico não estão disponíveis biologicamente. Estudos relatam que o grau de polimerização é inversamente proporcional a absorção intestinal, em outras palavras o ácido ortosilícico que possu