Conheça o Composto Sacietogênico Natural



Quando bate a fome, ninguém imagina o processo complexo que está por trás dessa sensação tão rotineira da vida. Da escolha até o ato de comer, existem algumas etapas, como: planejar, escolher os alimentos, definir os horários das refeições, decidir onde comer, qual a refeição mais apropriada e, claro, qual é o tamanho da fome naquele momento. Por isso, o planejamento por uma alimentação adequada e saudável contribui para boas escolhas nos momentos de fome.


Por dentro do seu corpo também existe todo um processo orgânico, que envolve o sistema nervoso, digestório e hormonal. Como em uma perfeita orquestra, essas partes trabalham interligadas controlando a hora de começar e parar de comer.



Fome X Apetite X Saciedade


Fome é a necessidade fisiológica de comer, não está relacionada a nenhum alimento específico. Sabia que muitas vezes confundimos sede com fome? Por isso, é muito importante manter a ingestão necessária de água diária.


Apetite é o desejo de comer algo específico, é muito sensível aos sabor dos alimentos. A gula é relacionada ao apetite, pois é o comer em excesso algo que temos desejo, ou comer em excesso para diminuir sintomas como, por exemplo, de ansiedade ou tristeza.


Saciedade ocorre quando o corpo entende que os nutrientes e calorias necessários já foram ingeridos, e nos apresenta sinais de que já podemos parar de comer. Para entender a saciedade é muito importante comermos com atenção plena, mastigarmos adequadamente e com calma.



O que ajuda na promoção da Saciedade?


Na hora de comer é muito importante entendermos que existem alimentos que auxiliam na promoção da saciedade, nutrindo o nosso corpo:


- Aminoácidos: a famosa proteína é um aliado importante na promoção da saciedade por produzir um maior estímulo hormonal, inclusive auxiliam na produção de serotonina. Aqui entram proteínas vegetais (leguminosas e oleoginosas) e animais (carnes e derivados).


- Fibras: Grande aliada na promoção da saciedade, retardam o esvaziamento gástrico e controlam a velocidade do peristaltismo intestinal, assegurando uma absorção mais lenta dos nutrientes. Aqui entram frutas inteiras (quando possível não dispense a casca ou bagaço), hortaliças, leguminosas, verduras e cereais integrais.


- Gorduras saudáveis: Alimentos que viram energia rapidamente e fazem o cérebro entender que estamos alimentados. Aqui entram azeites, óleos prensados a frio, TCM, abacate e castanhas.


Apesar de promoverem sensação de saciedade, estes alimentos não devem ser os únicos a compor a nossa alimentação. Para vivermos com saúde e bem-estar, é preciso ficarmos atentos ao equilíbrio na ingestão de gorduras, carboidratos, fibras, vitaminas, minerais e outros nutrientes. Uma dica importante é abusar dos temperos nas comidas, temperos frescos (como salsinha, cebolinha, coentro, manjericão) e temperos em pó (como acafrão, pimenta, canela, cominho, curry), esses temperos aumentam a nossa ingestão de nutrientes, possuem diversos benefícios e auxiliam na promoção da saciedade. Para entender mais sobre alimentação saudável e ajuda para montar a sua dieta, converse com o seu Nutricionista!



E, como a Boaformula pode lhe ajudar?


Bom, a suplementação é uma grande aliada para mantermos a nossa saúde e bem-estar em dia. Nem sempre conseguimos alcançar o aporte de nutrientes apenas com alimentação ou estamos muito ansiosos e o apetite fica bem aflorado. Por isso, para auxiliar na promoção da saciedade, trouxemos o Composto Sacietogênico para apresentar para vocês hoje!




>> COMPOSTO SACIETOGÊNICO NATURAL <<


Desenvolvido para auxiliar a reduzir o apetite, alçando a saciedade de forma mais rápida. Sempre indicamos o uso dos manipulados, associados a uma dieta balanceada e à prática de exercícios regulares.


Nosso Composto Sacietogênico Natural é composto por:

  • Pholia Magra 100mg

  • Garcinia Cambogia 200mg

  • Picolinato de Cromo 35mcg



E quais são os benefícios do Composto?


  • Reduzir o apetite;

  • Auxiliar na diminuição do colesterol e triglicerídeos;

  • Melhora a disposição e energia;

  • Fortaleze o sistema imunológico;

  • Melhora a retenção de líquidos.

Vamos conhecer melhor os ativos?

>> Pholia Magra <<

Pholia magra é uma planta medicinal brasileira usada para emagrecer. Ela é utilizada como suplemento alimentar para auxiliar nas dieta de emagrecimento porque possui princípios ativos que reduzem o apetite contribuindo ao mesmo tempo para queimar gorduras, além de fortalecer o sistema imunológico.

Ela também é conhecida como Chá-de-bugre, Chá-de-soldado, Laranjinha-do-mato, Caraíba, Café-de-bugre, Chá-de-frade, Louro-salgueiro, Rabugem e o seu nome científico é Cordia ecalyculata.

Árvore de copa alongada, de 8 a 12 metros de altura com tronco de 30 a 40 cm de diâmetro, nativa desde o nordeste até o sul do Brasil, principalmente na floresta semidecídua. Ocorre também no Paraguai, onde é conhecida como Cordia salicifolia. Folhas simples, totalmente desprovidas de pubescência de 8 a 14 cm de comprimento. Flores pequenas perfumadas, de cor branca. Os frutos são bagas globosas, de cor vermelha, semelhante ao café. A erva ficou conhecida a partir do ano de 1940 quando o farmacêutico Eurico Fonseca determinou pela primeira vez os seus princípios ativos.

>> Indicações

Indicado principalmente como tônico cardíaco, diurético, estimulante e redutor de apetite, acreditando-se que seu uso impede o acúmulo de gordura no corpo, evitando a celulite. Estudos relatam que seu extrato alcoólico reduz a penetração do vírus tipo I do herpes. Excelente no controle da obesidade, edemas e inchaços. Potente ação diurética, elimina o ácido úrico. Também indicado para artrite, gastrite, úlcera e cicatrizante.

>> Benefícios

  • Auxiliar em dietas para emagrecer por reduzir o apetite;

  • Combater a gordura localizada e a celulite;

  • Combater a retenção de líquidos devido a sua ação diurética;

  • É energizante e acelera o metabolismo porque tem cafeína;

  • Fortalece o coração e protege as artérias coronarianas, diminuindo os riscos de problemas cardíacos;

  • Tem ação antiviral, especialmente contra a herpes.

>> Toxicidade/Contraindicações

Não há relato nas literaturas consultadas.

>> Garcinia Cambogia <<

A garcínia cambogia é uma planta medicinal, também conhecida como citrino, malabar tamarindo, Goraka e árvore do petróleo, cujo fruto, semelhante a uma pequena abóbora, pode ser utilizada para auxiliar no processo de emagrecimento, regular os níveis de colesterol e melhorar os níveis de energia, por exemplo


>> Indicações

Inibição da síntese de ácidos graxos e redutor de apetite. Auxilia na função pancreática e na regulação de glicose, na redução dos níveis séricos de triglicerídeos e colesterol. Também apresenta ação laxativa devido a presença das pectinas (Ação emoliente).

O ácido hidroxicítrico é um inibidor da síntese de ácidos graxos, por diminuir o fornecimento de acetilcoenzima A no metabolismo celular. Isto ocorre por inibição competitiva da enzima citratoliase pelo ácido hidroxicítrico, uma vez que este se liga mais fortemente à enzima que o ácido cítrico. Além da inibição da síntese de ácidos graxos, o ácido hidroxicítrico aumenta a “queima” de gorduras pela redução dos níveis de malonil coenzima A, que ativa a enzima carnitina acetil transferase. O ácido hidroxicítrico tem também ação redutora do apetite e acredita-se que isso se deve à alteração do fluxo metabólico, resultante do desvio de carboidratos da dieta e seus metabólitos, a síntese lipídica. Para otimizar o metabolismo glicídico alguns autores sugerem a associação de acido hidroxicitrico com picolinato de cromo, que atua na regulação dos níveis de insulina no sangue.

>> Toxicidade/Contraindicações

Relata-se a ausência de efeito colateral quando administrado o Ácido hidroxicítrico, presente em extratos dos frutos da Garcínia. Porém a administração da resina, presente principalmente na casca, possui um poderoso poder laxativo. Teoricamente a Garcínia pode interagir com insulina, agentes hipoglicemiantes, hipolipidêmicos, incluindo inibidores da lípase, exercendo efeito aditivo.


>> Picolinato de Cromo <<


O Cromo é um mineral essencial ao organismo. Os processos de refino industrial dos alimentos refinam o cromo, sendo recomendada sua suplementação. Além de ser usado no tratamento de obesidade, diabetes, colesterol e envelhecimento, o Cromo é recomendado para praticantes de exercícios físicos.

O Picolinato de Cromo é uma forma orgânica e completamente biodisponível de Cromo, apresentando uma atividade de em média 120mg de Cromo em cada grama de Picolinato.

>> Fontes (de Cromo)

As principais fontes deste são: oleaginosas, aspargos, cogumelos, ameixa, cereais integrais, carnes, vísceras, leguminosas e vegetais.



>> Propriedades

O Cromo encontra-se distribuído principalmente nos cabelos, baço e rins. O coração, pulmão, pâncreas e cérebro também contêm Cromo, mas em concentrações menores. O Cromo ativa várias enzimas envolvidas no metabolismo da glicose e síntese de proteínas, principalmente a insulina. De fato, o Cromo é um mineral que participa da biossíntese, desse hormônio, participando também do seu aproveitamento pelas células durante o transporte da glicose. Vários estudos documentam a utilização do Cromo em diversos distúrbios, endógenos, incluindo distúrbios do colesterol, glicose, diabetes, obesidade e envelhecimento. Da mesma forma, o Picolinato de Cromo é um suplemento alimentar seguro e eficaz, o que é demonstrado por inúmeros trabalhos em revistas indexadas.

>> Mecanismo de Ação

Este mineral age potencializando a ação da insulina e é, portanto, fundamental para a manutenção da função desse hormônio. O mecanismo pelo qual o cromo potencializa a ação da insulina ainda não está totalmente esclarecido na literatura, mas ele pode aumentar a fluidez da membrana celular, facilitar a ligação da insulina com seu receptor e a internalização da mesma. O seu papel no metabolismo lipídico parece estar relacionado com o aumento das lipoproteínas de alta densidade (HDL) e redução do colesterol total e das lipoproteínas de baixa densidade (LDL, VLDL) em indivíduos com valores inicialmente elevados. Durante o exercício o cromo é mobilizado de seus estoques orgânicos para aumentar a captação de glicose pela célula muscular, mas sua secreção é muito mais acentuada em presença de insulina. Um aumento da concentração de glicose sanguínea induzida pela dieta estimula a secreção de insulina que, por sua vez provoca maior liberação de cromo.

>> Utilização Clínica

O Picolinato de Cromo é extremamente eficaz na redução dos ácidos graxos do sangue, incluindo o colesterol total e o colesterol de baixa densidade (LDL), o mau colesterol. O Cromo também é efetivo na redução de gorduras totais do organismo.

O Picolinato de Cromo tem apresentado resultados encorajadores no tratamento de obesidade. O mecanismo de atuação ocorre pelo aumento da sensibilidade das células à insulina. Isso regula os níveis glicêmicos, e estimula o aumento da termogênese, aumentando a massa muscular. Em atletas, a suplementação de Picolinato de Cromo por 30 dias, numa dosagem de 200mcg 2 vezes/dia, acelerou a redução da gordura corporal em 12,2%.

O Cromo é um componente do Fator de Tolerância à Glicose (GFT), substância que trabalha com a insulina para facilitar a entrada de glicose nas células. A deficiência do Cromo é comum em diabéticos não- insulinos dependentes, contribuindo para elevação do triglicérides e colesterol. A administração de cromo nesses pacientes regula os níveis de glicose, diminui os níveis séricos de insulina, colesterol total e triglicérides, e aumenta os níveis de colesterol HDL, o bom colesterol.

A sua saúde em boas mãos.

Fonte:

Material do Fornecedor | Florien e Infinity Pharma

Material auxiliar | Tua Saúde

326 visualizações0 comentário