Dica Saudável | Cavalinha


Cavalinha (Equisetum arvense)


Nome científico: Equisetum arvense L.

Sinonímia científica: Equisetum boreale Bong; Equisetum calderi B.Boivin; Equisetum martii Milde; Equisetum ramosissimum Kunth.

Nome popular: Cavalinha, cavalinha gigante, cola de cavalo, erva canudo, milho de cobra, rabo de cavalo, rabo de raposa, rabo de cobra, lixa vegetal, rabo de rato, erva carnuda, cana de jacaré, cauda equina, cauda de raposa, cola de cavalo, cauda de carvalho.

Família: Equisetaceae. Parte Utilizada: Partes aéreas.

Composição Química: Ácido sílico, potássio, cálcio, fósforo, magnésio, manganês e enxofre. Flavonóides: isoquercetina, equisetrina, canferol e galutenonina, fitosterol. Triglicerídeos: ácido oléico, esteórico, linoléico e linolênico. Alcalóides: metosapiridina, nicotina, palustrina e palustrinina. Ácidos orgânicos: ácido gálico, málico, oxálico. Saponinas: equisetonina 1 a 5%. Pequena quantidade de óleos, substâncias amargas, vitamina C e taninos.

Parte utilizada: As partes utilizadas são os talos, que podem ser colhidos no final do verão.


__________________________________________________________________________________

Chegou novidade na Boaformula! Seguindo nosso compromisso com sua saúde em boas mãos, agora você encontra uma variedade de ervas medicinais da Ah!Natu trazerendo benefícios fitoterápicos e terapêuticos ao seu dia a dia. Nada melhor do que aquele cházinho, a bebida mais consumida no mundo, faça frio ou faça calor! Pode também ser utilizado como banho de ervas, compressas, infusão ou aquele escalda pés gostoso, as opções são diversas de como se beneficiar de suas propriedades! A Ah!Natu nasce inspirada na natureza, com propósito de oferecer chás e suplementos que beneficiem o corpo e a mente.


Lembrando que mesmo sendo natural, é importante que a gente conheça e use com consciência e informação. Por isso, nessa linda Sexta-feira, a Dica Saudável é sobre uma das variedades oferecidas pela Ah!Natu, uma planta medicinal muito conhecida na medicina popular por suas propriedades diuréticas: a Cavalinha!



Originaria da Europa, seu nome latino deriva de equi=cavalo e setum=cauda. É uma planta perene que não possui flores e consequentemente sementes, encontrada em locais próximos a água e a parte utilizada são as partes aéreas.Seus principais constituintes são os flavonóides, saponinas, ácido gálico, vitamina C, potássio e silicio, responsáveis pela atividade diurética e remineralizante, permitindo a eliminação de substâncias tóxicas do nosso organismo. É uma erva que também auxilia no emagrecimento, a reduzir o inchaço e a melhorar a saúde da pele.


Benefícios Cavalinha


· Diminui a retenção de líquidos;

· Ajudar a eliminar toxinas do organismo;

· É diurético. Vem auxiliar em distúrbios do sistema urinário;

· Atua como antifúngico;

· Auxilia na regulação da glicemia

· Atua nos processos de incontinência urinária infantil;

· Auxilia na diminuição do peso e na queima da gordura localizada;

· Ajuda a tratar doenças da bexiga e dos rins;

· Possui propriedades relaxantes,tonificantes, cicatrizantes e adstringentes;

· Auxilia a circulação sanguínea.

Sobre Ah!Natu



Traz uma proposta versátil com uma variedades de chás que nos relaxam, aconchegam, refrescam, energizam... As propriedades terapêuticas das ervas, flores e frutas podem nos beneficiar na saúde gastrointestinal, saúde cardiovascular, saúde respiratória e bem estar psicológico!


>> Propósito

Levar o melhor da natureza para você!

Extraem os benefícios do que é realmente natural e entregam a você, em forma de vitalidade.

Respeito

Se preocupam em não causar impactos ambientais negativos

Qualidade

Ingredientes de verdade, garantindo a qualidade de seus produtos

Transparência

Buscam as melhores alternativas de produção, respeitando a natureza

Nutrição

Nutrientes e produtos para a vida mais equilibrada e saudável

“O equilíbrio que deixa tudo mais leve, mais forte. Que transforma a vida e a torna mais saudável. A natureza nos inspira e acreditamos no poder que ela tem! Generosa, nunca esconde o processo daquilo que produz. Da semente ao fruto! É assim que somos. Colhemos as suas riquezas, respeitando o que ela nos dá. Extraímos os benefícios do que é realmente natural e entregamos a você, em forma de vitalidade. Para proporcionar essa conexão, que nutre e alimenta, através de caminhos sustentáveis. É só respirar fundo para sentir o poder da natureza e da nutrição.” (Razão de ser da Ah!Natu)

Caracteristicas botânicas da Cavalinha


Entre as plantas nativas da nossa região existe uma pouco conhecida como medicinal, mas que foi muito usada como tal aqui e em todo mundo. Trata-se da cavalinha, com o nome científico Equisetum giganteum, da família Equisetaceae. É uma planta primitiva, pertencente ao grupo das samambaias. Aqui e em outras regiões existem várias outras espécies, todas muito parecidas.



Equisetum giganteum L. é um subarbusto ereto, perene, rizomatoso, com haste de cor verde, oca e monopodial, com numerosos ramos que partem dos nós dos verticilos, de textura áspera ao tato pela presença de silício em sua epiderme, de 80 - 160cm de altura. As folhas são verticuladas e reduzidas a pecíolos soldados que formam uma bainha membranácea. A haste fértil tem no ápice uma espiga oblonga e escura que contém grande quantidade de esporos. Multiplica-se tanto por rizomas como por esporos (Lorenzi, 2002). É nativa de áreas pantanosas de quase todo o Brasil sendo amplamente utilizada na medicina caseira de longa data em toda a América do Sul, inclusiva no Brasil especialmente nas regiões sul e sudeste, sendo praticamente desconhecida do nordeste (Lorenzi, 2002).

É perene, rizomatosa, com hastes finas e asperas com coloração verde.Não possui flores e consequentemente, sementes. A reprodução é assegurada por esporos contidos nos esporângios, situados na base de pequenos escudos agrupados numa espécie de espiga terminal. Os próprios esporos são dotados pela natureza de um extraordinário sistema de propagação, pois o invólucro rasga-se em quatro faixas elásticas que, ao deformarem-se por efeito do calor, provocam a dispersão dos esporos.


Cresce de preferência nos terrenos úmidos, à beira dos riachos.


História da Cavalinha


Do latin, Equs = cavalo e setum = rabo. Sua utilização vem da época de Cristo. Plínio (77 dC) já se referia a sua capacidade hemostática. Na idade média foi utilizada como cicatrizante e antiinflamatória, tanto para uso interno como externo. No século XVIII, Hoffmann a preconizava para uso em pacientes com “pedra nos rins”.


Indicações que vêm da Argentina nos dizem que é uma das plantas mais conhecidas e usadas em medicina popular. Usa-se especialmente como diurético e dá resultados muito bons nas afecções do fígado, dos rins e do baço. Também se emprega para combater resfriados e certas afecções pulmonares. Usada também para lavar feridas e chagas. É considerada uma incrível planta medicinal. Combate a dor de cabeça graças a seu ácido acetilsalicílico. Pode ser usada em hemorragias internas e externas. Junto com o alecrim forma uma dupla imbatível para equilibrar a pressão e é um dos mais espetaculares chás para as mulheres de mais de quarenta anos, pois repõe no organismo os minerais perdidos juntamente com os hormônios, combatendo eficazmente a osteoporose.


Como uso não medicinal podem-se lembrar duas curiosidades. Por ser muito áspera, por causa da muita sílica, a cavalinha foi usada em outros tempos para pulir madeira e metais, principalmente estanho. A cavalinha concentra também ouro em seus tecidos, não em quantidades exploráveis, mas o suficiente para servir de indicadora da presença do nobre metal no solo.


Indicações e Ação Farmacológica da Cavalinha


Amplamente usada na medicina caseira em toda América do Sul. Desde os tempos antigos, é considerado um dos melhores diuréticos de origem vegetal. Sua atividade diurética é suave, sem modificar o equilíbrio hidroeletrolítico, o qual é aproveitado no tratamento de hipertensão arterial e em terapias coadjuvantes de emagrecimento.



Também é indicado em tratamento das afecções dos rins e da bexiga, contra hemorragias nasais, anemia, bem como para eliminar o acido úrico.


Possui ação adstringente, o que melhora transtornos circulatórios; e estípticas (estancador hemorrágico).

Apresenta propriedades remineralizantes atribuídas ao silício e também estimula a biossíntese de fibras colágenas e de elastina, preservando a elasticidade e tonicidade do tecido cutâneo. Participa da calcificação dos ossos, tendo parte na matriz fibrosa colágena.


Estimula o metabolismo cutâneo, acelera a cicatrização e aumenta a elasticidade de peles secas e senis, atuando como hidratante profundo. Desenvolve certa ação antimicrobiana devido aos flavonóides.


E por suas propriedades adstringentes e detergentes pode atuar como coadjuvante no tratamento externo da acne.


Atua também como antioxidante devido ao ácido ascórbico. Tem ainda indicações contra a tuberculose, doença dos ossos, úlceras gástrica e intestinal e perdas de sangue.

Seu uso externo é indicado para curar ferimentos e, em alguns casos, alivia dores reumáticas e favorece a cura de frieiras.


Usos terapêuticos: Remineralizante (utilizado em consolidações de fraturas e doenças reumáticas), diurético poupador de potássio, hipotensor, hemostático (reduz hemorragias), antiinflamatório e cicatrizante;



Aspectos energéticos da Cavalinha


É a função do chá relacionada à energia sutil da planta que atua na alma humana, no campo dos pensamentos, sentimentos, emoções e até no campo espiritual.


No aspecto energético a Cavalinha atua nas nossas emoções, no nosso 3º chacra - Plexo Solar, nesse 3º centro de energia ficam armazenadas nossas emoções e a Cavalinha faz uma profunda limpeza ali. Equilibra o emocional contra o desespero, a saudade e o excesso de sentimentalismo. Elimina a ansiedade e a compulsividade que estimulam a obesidade. Porque quando nós não estamos equilibrados emocionalmente, estamos com raiva, com ódio, com ressentimento, com mágoa, aquela emoção fervilhando ali e gera uma fome incontrolável. A cavalinha vem trazer essa saciedade por equilibrar nossas emoções, limpando esses sentimentos e trazendo sensação de bem estar.

  • Limpa energeticamente o sangue;

  • Gera doçura na vida e no amor;

  • Elimina o ódio sem causa;

  • Aflora novidades para alegrar a vida;

  • Elimina a raiva;

  • Acalma o espírito;

  • Elimina o remorso e o ressentimento exagerado;

  • Gera respeito para com as coisas materiais;

  • Limpa o sentimento de inveja e ciúme em relação ao próximo;

  • Estimula a solidariedade;

  • Equilibra o emocional contra o desespero, a saudade e o excesso de sentimentalismo;

  • Elimina a ansiedade e a compulsividade, que estimulam a obesidade;

  • Equilibra os corpos sutis;

  • Ajuda a saber distinguir o certo do errado.

(Fonte: GIMENES, Bruno J. Fitoenergética – A Energia das Plantas no Equilíbrio da Alma. 6ª ed. Nova Petrópolis: Luz da Serra Editora, 2012)



Preparo e dosagem


Infusão: Desepeje 1 xicara de água fervente sobre 2 colheres de chá de erva seca e deixe em infusão por 15 a 20 minutos.

Banho:Acrescente cavalinha ao banho para aliviar dores reumáticas, feridas e frieiras. Mergulhe 100 gramas de erva em água quente por 1 hora. Despeje em seu corpo e permaneça com o preparado por pelo menos 5 minutos e pode continuar seu banho normalmente.


Toxicidade/Contraindicações

Contraindicada na disfunção cardíaca e/ou renal. Não deve ser ingerida por gestante.


Fonte: Material do Fornecedor | Ah!Natu (Florien), Ecycle, Livro: O guia completo das plantas medicinais do David hoffmann.



A sua saúde em boas mãos.


Fale Conosco

 

WhatsApp:  (51) 99702.5060

                  

                   

Fones:        (51) 3095.2001

                   (51) 3311.7898

                   (51) 3311.1144

 

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta

8:30 às 18:00

Sábado

9:00 às 13:00

Redes Sociais

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Blogger

Orçamentos por e-mail

envie a sua fórmula aqui:

 

 

Contato com Equipe de Vendas

boaformula@boaformula.com.br

 

Sugestões, Reclamações e Dúvidas

sac@boaformula.com.br

Venha Trabalhar Conosco!

trabalheconosco@boaformula.com.br

Endereço

Boaformula Farmácia de Manipulação

Av. Independência, 1163

Bairro Independência

Porto Alegre - RS - Brasil

CEP 90035-077

Advertência:
• Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.
• Imagens ilustrativas.
• Pessoas com hipersensibilidade à(às) substância(s) não devem ingerir o produto.
• Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.
• Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.
• Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da   luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.
• Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.
• Este medicamento não deve ser utilizado por gestantes e lactantes. 
• Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.
• Os resultados dependem da correta utilização do produto, conforme descrito na posologia.
• Se persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.

Venda mediante prescrição do profissional habilitado
As informações acima são de caráter informativo sem intenção de induzir a automedicação, não se trata de propaganda e sim descrição do produto, consulte sempre um profissional habilitado. 
O estabelecimento farmacêutico deve assegurar ao usuário informação e orientação quanto ao uso dos medicamentos solicitados por acesso remoto. RDC 44 de 17 de agosto de 2009, Artigo 58.

Boaformula

Farmácia de Manipulação e Suplementos Nutricionais

A sua saúde em boas mãos.

Porto Alegre | RS

CNPJ 94.629.169/0002-30