top of page

Dica Saudável | Gengibre | O óleo essencial do poder pessoal



Óleo essencial de Gengibre – o óleo do poder pessoal


Nome científico: Zingiber officinale

Parte utilizada da planta: rizoma (raízes)

Tipo de extração: destilação a vapor

Beneficio Emocional: Insegurança, autoconfiança, irritabilidade, estimulo mental

Beneficio Corporal: cólicas estomacais, dores musculares, circulação, digestão, enxaqueca, inflamação, analgésico, cólicas menstruais, menopausa, antialérgicos, dermatite, ezcema, detox, pele oleosa.

Inspirados nos benefícios medicinais e terapêuticos que o Reino Vegetal oferece em abundância, nessa Dica Saudável conversaremos um pouco sobre o óleo essencial de Gengibre. Com seu aroma penetrante, quente e terroso, promove enraizamento, direcionando a mente e dissipando as dúvidas. Aporta coragem e incentiva o sentimento de ser capaz, fortalecendo a sensação de merecimento. Vem nos trazer poder pessoal com autoconfiança para seguirmos na nossa essência que inspira seu nome de: O Óleo do Poder Pessoal. Pode ser uma ferramenta interessante aqueles que precisam de uma força para se posicionar e aliviar o peso da necessidade de corresponder as expectativas dos outros. Seus benefícios são inúmeros, sendo conhecido por seu potencial anti-inflamatório, digestivo e tônico geral.



Principais propriedades e indicações do óleo essencial de Gengibre:


- Analgésico e rubefaciente – bom para dores musculares, dores articulares, artrite, reumatismo, torções e cãibras.

- Induz a transpiração- auxilia a diminuição da febre e a sensação desconfortável de frio.

- Tônico digestivo – melhora a digestão, aumenta a produção de suco gástrico, aumenta a mobilidade gastrointestinal. Diminui vômitos e náuseas. Auxilia em casos de inapetência/ falta de apetite.

- Anti-inflamatório das vias respiratórias, articulares e musculares – auxilia em casos de resfriado, gripe, amidalite, faringite, asma, bronquite, artrite, miosite.

- Afrodisíaco – um tônico sexual, trabalha impotência.

- Ação secativa – auxilia a retirada da umidade externa e interna como edema, inchaço, muco, retenção de liquido, diarreia, etc.

Na medicina Tradicional Chinesa, o Gengibre é usado para os quadros em que o organismo não consiga processar de maneira eficaz a umidade interna e externa.



Seus efeitos emocionais e aspectos sutis:


- É considerado o óleo do poder pessoal e fortalecimento.

- Vem aterrar, trazendo conforto e aguçando os sentidos.

- Diminui as preocupações.

- Auxilia na memória

- Traz energia e motivação

- Trabalha a relação entre frio e quente


As medicinas do Reino Vegetal


O fascinante potencial de fornecimento de novas e diversas substâncias benéficas no equilíbrio da nossa saúde deve-se à esse reino incrível que possui capacidade de seus organismos biossintetizarem os mais variados tipos de estruturas moleculares. A atividade antimicrobiana de substâncias naturais, especialmente de óleos essenciais, tem sido reconhecida empiricamente por séculos, mas recentemente vem sendo estudada e valorizada cientificamente. Atualmente, o uso de plantas como fonte de medicamentos é mais evidentes em países em desenvolvimento na Ásia, América Latina e África; porém, vários grupos de pesquisadores estão estudando essa atividade por todo o mundo, orientados pelos conhecimentos populares.


Os óleos essenciais são compostos voláteris extraídos das ervas aromáticas por diferentes técnicas como hidrodestilação, destilação por arraste a vapor e prensagem a frio. Fazem parte do metabolismo secundários de plantas que são mecanismos de defesa que as plantas desenvolveram ao longo do processo evolutivo conhecidos como rotas biossintéticas. Embora os vegetais contenham milhares constituintes químicos, as propriedades terapêuticas estão especialmente relacionadas com os chamados metabólitos secundários. Essas substancias representam seu potencial de adaptação e participam das interações bioquímicas de convivência e comunicação entre as plantas e os vários organismos vivos no sistema ambiental.


Seus constituintes variam desde hidrocarbonetos terpênicos, alcoóis simples e terpênicos, aldeídos, cetonas, fenóis, ésteres, éteres, óxidos, peróxidos, lactonas, cumarinas, ácidos orgânicos até compostos sulfurados. Na mistura, esses compostos apresentam-se em diferentes concentrações e, normalmente, um deles é composto majoritário; outros são em menores teores e alguns em baixíssima quantidade. ( Hauck, 2008) Essa variação na concentração dá diferentes propriedades aos óleos essenciais, característicos de cada planta, seu cultivo, forma de extração e outras variáveis.


Para conhecer um pouco mais sobre os benefícios dos óleos, sinto que é importante conhecer sua planta de origem e sua assinatura para então entender suas propriedades a nossa saúde.


Vamos conhecer um pouco mais sobre o Gengibre?


Características Botânicas


É originária da Ásia Tropical possui hábito herbácea e é rozomatosa perene. Suas folhas são verdes claras e dos caules saem cachos de flores brancas raiadas de roxo. Os caules e as folhas, semelhantes aos da grama, brotam diretamente do rizoma nodoso com sabor picante, suavemente canforáceo, de onde partem as raízes. É originária da Ásia Tropical possui hábito herbácea. É cultivada no Brasil com propósito medicinal e ocasionalmente como ornamental. Pode atingir 1,50 m de altura.


Ele se dispersa através do plantio de suas raízes e sementes, sendo as sementes azuladas e com um albúmem carnoso. É aconselhável que se realize a colheita depois que suas folhas secarem. Retire as sobras do caule e das fibras da raiz, lave bem e coloque para secar ao sol. Seu período de safra vai de janeiro a outubro.

A raiz possui propriedades carminativas, digestivas, sudoríficas, antigripais e estimulantes. É utilizada para tratas dispepsias e cólicas intestinais, exce