top of page

Dica Saudável | Medicamentos homeopáticos para auxiliar com distúrbios de Ansiedade





Homeopatia para Ansiedade


A Dica Saudável nasce com propósito de compartilhar tópicos de saúde e bem-estar para cuidado com corpo a partir de uma visão integrativa, trazendo diferentes abordagens para preservar e restaurar o equilíbrio do organismo. Um espaço para refletir sobre diferentes formas de cultivar autocuidado como uma ferramenta de manutenção da vida, onde trazemos o conhecimento de diferentes práticas para contemplar nossa sociobiodiversidade e desenvolver cada vez mais autonomia na saúde aliado com sugestões para colocar em prática no dia a dia. Esses saberes não substituem a ajuda de um profissional de saúde, mas possibilita que vocês consigam identificar as práticas que mais combinam com você e as suas necessidades de forma mais clara.


Entramos no mês de abril, com lua nova no céu e o outono já trazendo sua energia mais fria e acolhedora, iniciaremos com um tópico muito importante: Ansiedade.


O ser humano é um ser espiritual, com uma vertente biológica, psicológica, social, cultural, ecológica, histórica e cósmica. Assim, visando promover saúde é preciso integrar todas essas partes que compõem o Ser em todas suas dimensões. Percebemos a importância da integração dos saberes e pela aplicação prática das inúmeras terapias que complementam o ser Integral. Para promoção da saúde do nosso organismo, nota-se a importância de ser contemplada a saúde mental.


Em 2017, a revista Superinteressante publicou uma matéria sobre ansiedade e trouxe a hashtag: estamos todos ansiosos. Segundo dados da revista, o Brasil é o país mais ansioso do mundo, trazendo uma taxa de transtorno de ansiedade de 9,3%. Neste estudo, as pessoas que mais apresentaram sintomas desse transtorno são majoritariamente mulheres e estão em uma faixa etária entre 40 e 49 anos. Crianças e adolescentes também estão dentro dessa taxa sofrendo algum tipo de transtorno ansioso, representando 10% desses grupos. A nível global, estima-se que 20% sofram com esse desequilíbrio, isso é equivalente a 350 milhões de pessoas. Nesse momento, uma em cada 4 pessoas no mundo está com uma sensação de aperto no peito, sentindo o coração bater mais rápido e com as mãos suando. Na mente, um medo inexplicável ou preocupação obsessiva com algo que ainda nem aconteceu. Percebe que mesmo sendo um tópico relacionado com saúde mental, temos sintomas físicos também? Dependendo do grau, pode gerar um distúrbio de sono e fobia social.



Ansiedade


A ansiedade comum, conhecida como "friozinho na barriga", é inerente à condição humana e faz as pessoas agirem rápido, porque ficam eufóricas.


A ansiedade patológica tem o efeito contrário: pessoas com esse tipo de ansiedade acabam não conseguindo executar tarefas simples do dia a dia, como ir ao trabalho ou fazer uma pesquisa para a faculdade, porque se sentem ansiosas demais e acabam “travando” na hora de desenvolvê-las.


É um pouco difícil diagnosticar o que é uma ansiedade normal do dia a dia com uma ansiedade patológica, e o psicólogo ou psiquiatra são os profissionais capacitados para fazer esse diagnóstico de maneira precisa. No entanto, alguns sintomas e situações são um alerta de que a ansiedade está passando do limite aceitável: sensação de aperto no peito, tremores, hábito de roer unhas, enjoos, vômitos, náuseas, falta de ar e tensões musculares são alguns deles.


A psicossomática é uma ciência interdisciplinar da medicina e da psicologia que relata que os sintomas físicos acabam se tornando uma consequência dos sintomas emocionais e psicológicos, sendo cada vez mais importante atentarmos para a saúde de forma integral. A OMS estima que quase meio milhão de pessoas sofram de doenças mentais ou comportamentais ao redor do mundo e cada vez mais o meio médico-científico comprova que estados psíquicos adversos como depressão,ansiedade e raiva, favorecem o aparecimento de doenças orgânicas.


Sabemos a importância do cuidado com a saúde mental, visto que ela interfere em no âmbito físico também e hoje vamos falar um pouco sobre ansiedade e preparados homeopáticos para nos auxiliar a lidar com isso. Essas dicas não substituem ajuda de um profissional da saúde para te auxiliar.


“A homeopatia pode auxiliar o organismo a reencontrar o seu equilíbrio, agindo nos programas de ação do corpo físico, auxiliando a rearmonizar o pensamento e favorecendo um reequilíbrio das emoções. o fato de a pessoa não voltar a reincidir nos pensamentos e nas emoções inadequadas não depende do tratamento homeopático, mas sim, de uma reforma interior das atitudes de cada um. No entanto, a homeopatia pode favorecer para que a pessoa consiga se controlar mais nas suas emoções e, à medida que se mantém mais harmonizada, ela tem mais condições de gradativamente ir fazendo a sua mudança de comportamento.”(Ana Claúda Gonçalvez, Carlos Eduardo Durgante)


Antigamente, era comum as pessoas procurarem o tratamento homeopático somente para problemas respiratório como asma ou rinite alérgica ou na busca como tratamento de gripes.Hoje, percebemos que o potencial de aplicação dessa medicina é muito vasto e pode trazer muitos benefícios para problemas emocionais como a ansiedade também. Diferentemente dos medicamentos convencionais, que são disponibilizados pela medicina vigente e atuam no sistema bioquímico do corpo, a homeopatia tem ação no sistema energético, estimulando o funcionamento dos diversos órgãos do corpo de forma sutil, a fim que de eles recuperem o equilíbrio original.


Mas primeiro precisamos entender, o que é Homeopatia?


A Homeopatia consiste em oferecer medicamentos em doses diluídas e previamente dinamizadas de um produto natural, podendo ser de origem vegetal, animal ou mineral. Ou seja, é um tratamento feito a partir de substâncias extraídas da natureza utilizando doses ponderáveis com o objetivo de desencadear o sistema natural do corpo de cura. Ela se destaca por reconhecer o ser humano de forma integrativa, vendo-o como um todo onde o corpo e psique são indissociáveis e, assim, necessitam ser abordados como um ente único, buscando tratar a pessoa e não apenas a doença atual.


É um método de tratamento criado pelo médico alemão Samuel Hahnemann, em 1796, que se fundamenta na Lei dos Semelhantes, citada pelo Pai da Medicina Hipócrates no ano 450 a.C. Segundo esta lei, os semelhantes se curam pelos semelhantes, isto é, para tratar um indivíduo que está doente é necessário aplicar um medicamento que apresente (quando experimentado no homem sadio) os mesmos sintomas que o doente apresenta. Hoje, a prática é reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), sendo inclusive recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).


Fizemos uma Dica especialmente para essa medicina, e você pode aprofundar um pouco mais sobre isso clicando aqui.



Sugestão de Homeopatia para Ansiedade


>> Composto Homeopático para ansiedade

Composição:

● Avena Sativa