Emagreça com saúde | Conheça Diglothin®



DIGLOTHIN® é um extrato dos frutos de Dichrostachys glomerata padronizado em 10% polifenois que ajudam a proporcionar um gerenciamento de peso e controle metabólico. Os polifenois ajudam a melhorar a sensibilidade à insulina, permitindo que mais glicose sérica seja transportada para os músculos na geração de energia e menos seja captado e convertido pelas células de gordura. DIGLOTHIN® ainda ajuda a fornecer proteção antioxidante para melhorar a saúde cardiovascular, reduzindo o estresse oxidativo responsável pela geração de placas ateroscleróticas e a geração de eventos cardiovasculares deletérios.


Dichrostachys glomerata (DG) (Forssk.). Chiov. É uma espécie vegetal arbórea encontrada em Camarões, dentre outros países tropicais. Possui sementes e frutos comestíveis, sendo este último, empregado comumente como especiaria em uma sopa tradicional de Camarões chamada “Nah poh” (TCHIÉGANG, C. & MBOUGUENG, P. D., 2005).


A obesidade e suas comorbidades – referidas como aspectos da síndrome metabólica (SM) tem aumentado sua prevalência ao redor do mundo, com alguns países experimentando um aumento de até três vezes nas últimas três décadas (CDC, 2010). As comorbidades inclusas neste cenário epidemiológico são: diabetes mellitus tipo 2 (DM2), dislipidemia, aterosclerose, hipertensão, estresse oxidativo e inflamação. Dentro da síndrome metabólica, está compreendida uma grande diversidade de fatores que favorecem eventos ateroscleróticos, incluindo obesidade, dislipidemia e o metabolismo de carboidratos desregulado (ECKEL, R. H., et al. 2005). A síndrome também se encontra associada à estados pró-inflamatórios e pró-trombóticos, nos quais são vistos o aumento dos depósitos de gordura visceral é central. A obesidade abdominal leva à alteração do equilíbrio fisiológico normal das adipocinas, à resistência à insulina, à disfunção endotelial e a um estado pró-aterogênico (RITCHIE, S. A. & CONNEL, J. M. C., 2007; KADOWAKI, T. et al. 2006).



Diferenciais de DIGLOTHIN®


  • Ação emagrecedora multialvo

  • Clinicamente testado

  • Auxilia no controle do diabetes

  • Ação cardioprotetora

  • Protege o organismo da síndrome metabólica



Indicações e ações farmacológicas


Terapeuticamente, a espécie vem sendo estudada há décadas, sendo a ela atribuídas propriedades antivirais e anti-infecciosos (FANKAM, A. G., et al., 2011), anti-inflamatórias e analgésicas (ATSANG, A. K. G., et al., 2012) e cicatrizantes (KUDI, A. C., et al., 1999). Em avaliação pré-clínica – in vitro e in vivo, foi observado que Dichrostachys glomerata também exibe importante atividade antioxidante, podendo inibir a oxidação de lipoproteínas de baixa densidade (LDL) responsáveis pela formação das placas ateroscleróticas (KUATE, D. et al., 2010). Outro estudo realizado em ratos diabéticos demonstrou a capacidade da espécie em reduzir a glicemia de jejum e os níveis de hemoglobina glicosilada ao sensibilizar o organismo destes animais à ação da insulina – sinalizando um potencial terapêutico antidiabético significante (KUATE, D. 2010). Corroborando tais estudos, KUATE, D. e colaboradores (2011), posteriormente sinalizaram o potencial de Dichrostachys glomerata sobre os fatores de risco cardiovascular associados à obesidade e diabetes tipo 2. Em conjunto, estes dados científicos de significativa relevância e notoriedade, indicam um potencial terapêutico contra a síndrome metabólica, e ainda a ser explorada pela humanidade através da exótica espécie Dichrostachys glomerata.



Redução do peso corporal


Em estudo clínico, randomizado, duplo-cego e controlado por placebo, 297 indivíduos obesos com síndrome metabólica receberam, por via oral durante 8 semanas, a espécie de DIGLOTHIN®. A partir de 4 semanas, já foi observada uma redução do peso corporal, com resultados ainda mais expressivos ao final das 8 semanas do estudo, que corresponderam a uma perda média de 11 kg de peso corporal, considerando a comparação entre o início e o final do tratamento.


A pressão arterial (sistólica e diastólica) também foi reduzida no grupo tratado, considerando a comparação entre o início e final do tratamento e também em relação ao grupo placebo.


Com relação aos perfis lipídico e glicídico, foram observados os efeitos hipoglicemiante e hipolipemiante, considerando a redução das concentrações tanto dos triglicerídeos, quanto do colesterol total e suas frações.



Toxicidade/Contraindicações


A administração oral de DIGLOTHIN® , nas doses recomendadas, apresenta boa tolerabilidade. DIGLOTHIN® não deve ser utilizado em crianças, gestantes e lactantes.



Dosagem e modo de usar


Posologia: Tomar uma cápsula de 200 mg, duas vezes ao dia.



A sua saúde em boas mãos.


Fonte: Material do Fornecedor | Florien

318 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo