Dica Saudável | Hidratação | Porque hidratar a pele é tão importante?

Atualizado: 10 de dez. de 2021




Hidratação


Por que hidratar a pele é tão importante?


Hoje na Dica Saudável trouxemos um tópico muito importante: hidratação da pele. Um passo essencial na rotina de autocuidado da pele para a manter bonita, macia e saudável. Seja no inverno ou no verão, a nossa pele sempre precisa de cuidados para se manter hidratada. A hidratação da pele pode parecer ser uma simples questão de vaidade, mas na realidade é um hábito necessário e também uma questão de saúde.


A hidratação da pele é a reposição ou a retenção de moléculas de água na derme e epiderme – camadas mais superficiais da pele. Quando a pele está hidratada, além dos benefícios estéticos de ficar mais macia e bonita, ela também consegue exercer melhor suas diversas funções, ficando mais protegida contra as agressões externas do dia a dia (como poluição, água muito quente ou muito fria) que podem facilmente levar a problemas de ressecamento, sensibilidade e a dermatite.


A hidratação adequada previne possíveis irritações, ameniza o aspecto esbranquiçado, melhora a textura e o mais importante: protege a pele dos agentes externos. Esses agentes estão presentes no meio ambiente, como por exemplo: poluição, vento, água quente ou muito fria, clima seco, fatores alimentares etc. Além disso, ela também protege o restante do organismo da ação de microrganismos e substâncias irritantes que podem resultar em alergias.



A hidratação é um passo essencial para manter a pele bonita, macia e saudável.


Motivações para você cuidar de sua pele


1. É o maior órgão vital, mantendo sua saúde e bem estar de formas incrivelmente diferentes. É impermeável e pode ter em um único cm² centenas de glândulas sudoríparas e receptores sensoriais para tato, calor e frio.


2. É um importante órgão do sistema imunológico, atuando como uma barreira de proteção contra substâncias tóxicas e micro-organismos invasores (bactérias, fungos e vírus).


3. Regula a temperatura do corpo, contraindo as veias e encaminhando o sangue para as temperaturas frias do corpo para preservar o calor, além de produzir suor em temperaturas quentes para esfriar o corpo através da evaporação.


4. É o maior órgão sensorial, enviando mensagens neurológicas sobre tato, pressão, dor e temperatura para o Sistema Nervoso Central. A sensação é uma das funções mais importantes da pele.


5. Desintoxica o corpo excretando resíduos, grande parte pelas glândulas sudoríparas. Sintetiza e estoca vitamina D. Protege o corpo de danos da radiação ultra violeta pela produção de melanina. Absorve nutrientes lipossolúveis como vitamina A, E e K.


6. É um órgão metabólico, a pele está envolvida no metabolismo e queima de gorduras, e ajusta o nível de água e sais minerais do corpo através da transpiração.


7. Promove o equilíbrio da saúde do corpo devida a sua propriedade de proteção, regulação da temperatura do corpo, percepção sensorial, balanço de água, síntese de vitaminas e hormônios, e absorção de nutrientes necessários para a saúde.


8. É um órgão dinâmico, sempre se renovando à medida em que células velhas morrem e novas células nascem. Da infância à vida adulta a pele se renova continuamente.



Consumo de água


Diversos estudos mostram que o consumo de dois litros de água ao dia nos ajuda a ter um organismo que funciona com muito mais energia e vigor (a quantidade pode variar de acordo com características corporais - peso, altura -, idade e atividade física, além da temperatura e umidade do local onde se vive. A recomendação geral do consumo de dois litros é feita pelo Ministério da Saúde do Brasil e para saber se essa é a quantidade ideal para o teu organismo é preciso seguir a indicação do médico de confiança). A nossa pele se beneficia desse hábito, refletindo os seus efeitos com maior elasticidade e viço. Uma boa hidratação deve ser feita por dentro e por fora. Por isso, além do uso de dermocosméticos específicos (para cada tipo de pele) e suplementos, recomenda-se a ingestão diária de, no mínimo, dois litros de água.




Você consegue seguir a recomendação diária?


Se a sua resposta é a de que consome os dois litros ao dia, ponto para você! Mas, se a resposta é "não", é hora de rever esse hábito. E para isso lhe oferecemos um bom motivo: o resultado na pele.


Antes de mais nada vamos deixar claro que o benefício não se reflete só na pele, mas sim em todo o corpo. O consumo adequado só traz benefícios, colaborando com a circulação sanguínea, com a absorção das vitaminas hidrossolúveis (vitaminas C e B) e ajudando o funcionamento do intestino e dos rins. Aumenta o fluxo de oxigênio, elimina toxinas, equilibra a temperatura corporal e se reflete em um aumento da imunidade. O papel da ingestão de água é o de limpar o organismo, fazendo uma espécie de faxina interna.



E se não hidratarmos a pele, o que acontece?


A pele ressecada perde sua capacidade de defesa, tornando-se alvo fácil para irritações e infecções, criando fissuras e escamas imperceptíveis. Alguns maus hábitos contribuem para o ressecamento da pele, como o uso contínuo e inadequado de sabões, detergentes e álcool gel, que atacam o manto de oleosidade natural da pele, provocando um desequilíbrio na barreira.


Para prevenir o ressecamento, evite banhos demorados e superquentes (esse hábito pode remover a oleosidade natural da pele) e sabonetes perfumados ou com ação adstringente (busque o produto adequado para o seu tipo de pele).


Hidrate-se após o banho (o vapor facilita a absorção dos ativos) e beba ao menos 2L de água por dia, afinal, a hidratação também precisa ser de dentro para fora.

Consulte seu dermatologista regularmente. (Fonte: SBDRJ)



Hidratação da pele: dentro e fora


Essenciais para produzir colágeno e manter a pele saudável, vitaminas, minerais e nutrientes ajudam a fortalecer o cabelo e as unhas. O ideal seria obtê-los por meio de uma boa dieta, mas a agricultura moderna e os métodos de processamentos industrias tiveram impacto negativo nos níveis nutricionais dos alimentos, além das rotinas que, muitas vezes, não permitem com que as pessoas preparem seus alimentos com qualidade. Como alternativa, sugerimos que, sempre que possível, prefira ingredientes orgânicos. Porto Alegre possui diversas feiras que nos oferecem alimentos de qualidade e a preço justo que podem vir a ser uma opção. Outra sugestão é o uso de suplementos para auxiliar, sendo sempre necessário orientação médica para avaliar quais são os necessários a seu organismo.



Pensando nisso, separamos algumas vitaminas, minerais e nutrientes e trouxemos brevemente suas funções e fontes alimentares para uma pele mais saudável, macia e bonita.


Vitaminas ou nutrientes


VITAMINA A (retinol) E CAROTENOIDES

Função: Vitamina A: é um rico antioxidante e antienvelhecimento. Ajuda a produzir colágeno. Carotenoides: são os precursores da vitamina A, tem propriedades antioxidantes e ajudam a proteger a pele dos danos do sol.

Boas fontes alimentares: Vitamina A: gema de ovo, óleo de peixe, fígado animal.

Carotenoides: frutas e legumes verdes e amarelos, verduras verdes, pimenta, batata doce e brócolis.


Vitaminas do complexo B

Função: São necessárias para a pele cabelo e olhos saudáveis, assim como para fígado e sistema nervoso.

Boas fontes alimentares: Amendoa, gergén de trigo,arroz integral e cogumelo.


Vitamina C (ácido ascórbico)

Função: É necessária para a função antioxidante. Fortale osso, dente, gengiva, cartilagem, cabelo, sistema imunológico e tecido conjuntivo. Importante para a cicatrização e antienvelhecimento, é anti inflamatória.

Boas fontes alimentares: Acerola, pimentão, couve, salsa, folhas verdes, brócolis, agrião, morango, mamão, laranja, grapefruit, repolho, suco de limão siciliano, sabugueiro e manga.


Vitamina D(calciferol)

Função: Portege do câncer e regula a absorção de cálcio; fortalece osso, dente, cabelo e unha. Equilibra hormônios e favore um sistema imunológico saudável.

Boas fontes alimentares: Vitamina D3: óleo de fígado de peixe, sardinha, salmão, camarão, gema de ovo e leite.

Vitamina D2: semente de girassol, spirulina, cogumelo, linhaça e brotos.


Vitamina E(tocoferol)

Função:É benéfica para a função antioxidante, sistema imunológico, coração, circulação e equilíbrio lipídico. Reguladora do hormônio sexual, tem efeito antienvelhecimento na pele.

Boas fontes alimentares:semente de girassol, óleo de girassol, óleo de cártamo, amêndoa, óleo de gergelim, tahine, óleo de amendoim, gérmen de trigo, azeite, espinafre, aveia e arroz integral.


Bioflavonoides como citrina, hesperidina, rutina e quercetina

Função: Anti-inflamatórios, necessários para a função antioxidante e um sistema imunológico saudável. Bons para vasos sanguineos e para prevenis capilares rompidos. A rutina combate a vermelhidão da pele.

Boas fontes alimentares: Maçã, frutas vermelhas e pretas, groselha, trigo sarraceno, frutas cítricas, damasco, alho, brotos verdes, cebola, rosa mosqueta e cereja.


Ácidos graxos essenciais(óleos Omega)

Função: Ajuam a regular inflamação e hormônios. Bons para equilíbrio lipídico, crescimento, sistema nervoso, olho, pele, articulação e metabolismo.

Boas fontes alimentares: Óleo de linhaça, óleo de cânhamo,chia e óleo de castanha do Brasil.


Ácido Hialurônico

Função:É necessário para cicatrização, funcionamento de cartilagem e articulação, reparo de tecido e regeneração da pele.

Boas fontes alimentares:Frutas como cereja e goiaba, salsa e óleo de peixe.



Minerais


Cálcio

Função: Auxilia na formação de osso, dente e unha, regula funções nervosas e musculares e os hormônios.

Boas fontes alimentares:Algas marinhas, gergelim, alfarroba, melaço, milho, agrião, tofu, semente de girassol, folha de beterraba, verduras verdes, trigo sarraceno e farelo de trigo.


Cobre

Função: Ajuda na síntese de enzimas necessárias para a absorção de ferro. Produz colágeno e hemácias e mantém a formação de pele, osso e nervo.

Boas fontes alimentares: Oleaginosas, como castanha do Pará, amêndoa, avelã, nozes e noz pecã, trigo sarraceno, óleo girassol e ervilha,


Ferro

Função:Necessároi para funcionamento das hemácias, liberação de energia, crescimento e regulação dos ossos, é ótimo para cabelo, pele e unha.

Boas fontes alimentares: Alga kelp, melaço, damasco desidratado, fígado, semente de girassol, painço, salsa, ameixa seca, castanha de caju e outras oleaginosas.


Magnésio

Função: Auxilia na síntese de proteínas, carboidratos e lipídios. Atua na reparação do DNA, na produção de energia e é benéfico para cabelo e unha.

Boas fontes alimentares: Algas marinhas, amêndoa, castanha de caju, melaço, levedura, trigo sarraceno, castanha do Pará e outras oleaginosas.


Selênio

Função: auxilia como antioxidante, na desintoxicação e na fertilidade. Atua na reparação do DNA, do sistema reprodutor masculino e da tireóide. É anticarcinogênico.

Boas fontes alimentares: Castanha do Pará, aveia, acelga, melaço, alho, cogumelo e broto de alfafa.


Silica (dióxido de silício)

Função: É um mineral essencial para pele, cabelo e unha saudáveis e fortes. Necessária na produção de colágeno.Equilibra os niveis de cálcio, magnésio e hormônios.

Boas fontes alimentares: maçã, alho poro, vagem, broto de bambu, pepino, manga, aipo, aspargo, repolho, cereais e cavalinha.


Zinco

Função: Tem fator enzimático rico em antioxidantes. Auxilia na síntese de DNA e RNA, na fertilidade e no sistema reprodutor, na cicatrização e é beneficio para pele, cabelo, músculos e sistema respiratório.

Boas fontes alimentares: centeio, aveia, castanha do Pará e oleaginosas.



Superalimentos


Nutritivos, os superalimentos contribuem para a saúde interna e a beleza externa. Estão se tornando cada vez mais populares como forma de incrementar a alimentação diária. Alguns são deliciosos e é só adiciona-los as receitas usuais. Outros são melhores na forma de suplemento ou dermocosméticos para usufruir de seus benefícios. Se estiver grávida ou tomando algum medicamento, consulte um médico antes de ingerir suplementos.