Polifenóis | Vamos conhecer seus benefícios à nossa saúde?



Polifenóis

Vamos conhecer seus benefícios à nossa saúde?



Os polifenois são chamados metabólicos secundários, ou seja são produzidos pelas plantas quando passa por algum estimulo externo. Esses compostos fenólicos podem ser mais produzidos com a falta de agua ou excesso dela, pela presença de microrganismo ou incidência solar, por exemplo. São compostos orgânicos caracterizados pela presença de múltiplas unidades estruturais de fenol, encontrados em alimentos de origem vegetal como frutas, sucos, chás, café e vinho tinto. Contribuem também para a ingestão de polifenóis os legumes, cereais, cacau e leguminosas secas.


Os polifenóis, ou também chamados de compostos fenólicos, corresponde a um grande grupo que se divide em dois: os flavonoides e os não flavonoides.


  • Flavonoides temos por exemplos as catequinas e antocianinas. As antocianinas sáo responsáveis, por exemplo, pela coloração roxa que a gente encontra nos mirtilos e uva.

  • Não flavonoides temos como destaque o Resveratrol, o polifenol mais estudado e com maiores pesquisas que comprovam suas diversas propriedades medicinais e terapêuticas. Nos não flavonoides temos também, por exemplo: Estilbenos - Encontrados no vinho tinto e no amendoim. Lignanas - Encontrados nas sementes de linhaça, legumes, cereais, grãos, frutas, algas e certas hortaliças. Ácidos fenólicos - Presentes no chá verde, na canela, no café e em frutas como mirtilo, kiwi, ameixa, maçã e cereja.


Na última década, muitas pesquisas têm sido desenvolvidas devido ao interesse nos potenciais benefícios que os polifenóis podem oferecer à nossa saúde.


Estudos epidemiológicos sugerem fortemente que o consumo em longo prazo de dietas ricas em polifenóis oferece proteção contra o desenvolvimento de câncer, doenças cardiovasculares, diabetes, osteoporose e doenças neurodegenerativas.


Por serem substâncias com ação antioxidante, os benefícios principais são a prevenção de doenças cardiovasculares e neurodegenerativas, câncer e diabetes.


Propriedades gerais!

  • Anti-infecciosos potentes com largo espectro de ação

  • Tônicos e estimulantes em geral

  • Antibacteriano

  • Antivirótico

  • Antifúngico

  • Antiparasitários

  • Imunoestimulante

  • Antioxidantes

  • Termogênicos


Como os polifenóis funcionam no corpo?


Muitos benefícios do micronutriente vêm de seus efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios.

A propriedade antioxidante é muito importante pois ela impede a produção de radicais livre em nossa corpo. Os radicais livres que são átomos ou moléculas reativas que podem causar danos a diversas funções fisiológicas do organismo. O desequilíbrio entre moléculas oxidantes e antioxidantes pode gerar efeitos nocivos para o mesmo, causando lesões musculares e danos celulares, prejudicando o desempenho dos atletas e causando o envelhecimento precoce


Estudos sugerem que metabólitos como os polifenóis, flavonóides, antocianinas entre outros, presentes em frutos e plantas atuarão na nutrição preventiva, já que beneficiam o organismo com ação antioxidante atenuando danos oxidativos gerados pelos radicais livres nas células . Atualmente a atenção dos pesquisadores tem se voltado para efeitos de compostos bioativos nutracêuticos como polifenóis na prevenção de doenças relacionadas com estresse oxidativo, podendo citar as cardiovasculares, oncológicas e relacionadas ao envelhecimento.(UNISINOS, Aline da Silva Furlan; Lovaine Rodrigues )



Quais os benefícios dos polifenóis?


Os polifenóis servem para realizar diversas funções em nosso organismo, sendo que as principais são:

  • Fornece mais energia ao corpo

  • Aumenta a disposição do individuo

  • Protege contra o câncer

  • Auxilia contra doenças cardiovasculares

  • Previne contra a diabetes tipo 2

  • Previnem a doença de Alzheimer

  • Previne contra a osteoporose

  • Ajuda a emagrecer

  • Atuam na saúde do trato gastrointestinal

  • Aumenta a contagem de bactérias saudáveis ​​associadas à perda de peso


Quais alimentos possuem polifenóis?

Os polifenóis podem ser encontrados em dezenas de alimentos, visto que existem mais de 500 tipos diferentes dessa substância, assim você poderá ter uma alimentação muito mais aberta para conseguir obter os benefícios desse produto em seu corpo.


A seguir você encontrará alguns dos alimentos que são ricos em polifenóis:


  • Amora

  • Ameixa

  • Amendoa

  • Alcachofra

  • Aspargos

  • Café

  • Cranberry

  • Chocolate (amargo)

  • Chá verde

  • Vinho tinto

  • Gojiberry

  • Maça

  • Iogurte de soja

  • Nozes

  • Mirtilo

  • Espinafre

  • Cebola roxa

  • Farinha de linhaça

  • Cacau em pó

  • Cúrcuma

  • Chá verde

  • Orégano mexicano desidratado

  • Cravo da índia

Esses são apenas alguns dos vários alimentos que são ricos em polifenóis, sendo que você ainda pode encontrar esse componente em várias substâncias. Acrescente esses alimentos em sua dieta e você terá excelentes resultados.



E o suplemento?


Na Boaformula você encontra uma Fórmula com Polifenóis, desenvolvida pensando na correria do nosso dia-a-dia e a necessidade de ingerirmos a quantidade necessárias desses antioxidantes diariamente.


FÓRMULA COM POLIFENÓIS >> Contém Cranberry, Gojiberry, Mirtilo e Resveratrol em uma fórmula com 30 cápsulas para tomar 1 cápsula por dia.

Vamos conhecer os ativos da Fórmula com Polifenóis?


>> Cranberry


O Cranberry é rico em proantocianidina, substância apontada por estudos como sendo de 15 a 25 vezes mais potente do que a vitamina E para inibir a aderência e evitar a translocação (saída do intestino para o trato urinário) de bactérias principalmente do tipo E.coli na mucosa da bexiga, combatendo infecções do trato urinário, como por exemplo a cistite. O Cranberry ainda oferece substâncias antioxidantes, como os flavonoides e ácidos fenólicos ao organismo.


O Cranberry pode ser muito poderoso também em outros aspectos da nossa saúde, como:


· Trata infecções urinárias

· Previne diversos tipos de câncer

· Melhora o funcionamento do intestino

· Previne doenças dos dentes e relacionados na boca

· Melhora o sistema imunológico, prevenindo resfriados e gripes

· Previne o envelhecimento precoce lutando contra radicais livres

· Previne e trata doenças cardiovasculares


Veja mais aqui.



>> Goji Berry


O Goji Berry tem ação antioxidante, possui uma grande quantidade de polifenóis como antocianina e resveratrol, protegendo o corpo do envelhecimento precoce. É conhecida como a fruta da longevidade entre os tibetanos. Afasta doenças degenerativas como o câncer, por conter fitonutrientes chamados de betaina e germânio, que também combatem a produção de radicais livres.


O alto teor de aminoácidos encontrado no Goji Berry reforça e mantém os vasos sanguíneos elásticos, enrijece os músculos e evita a flacidez. Por ser uma excelente fonte de vitamina C, melhora a energia e o bem estar de uma forma geral. Boa concentração de vitaminas do complexo B, mantendo o sistema imunológico saudável e funcionante.



>> Mirtilo


O mirtilo é uma planta frutífera de clima temperado pertencente à família Ericaceae e ao gênero Vaccinium. Possui porte arbustivo, com hábito ereto ou rasteiro produzindo frutos tipo baga, de coloração azul escura e formato achatado, coroada pelos lóbulos persistentes do cálice, com muitas sementes envolvidas por uma polpa de coloração esbranquiçada de sabor doce-ácido. Sua riqueza em pigmentos antociânicos, substâncias de alto poder antioxidante e preventiva de doenças degenerativas, seu sabor único e sua cor inconfundível são fatores que atraem diretamente o consumidor.


Apresentam características como, elevado vigor, plantas longevas, produtividade alta, tolerância ao calor e à seca, baixa exigência na estação fria, floração precoce, longo período entre floração e maturação e frutos firmes com longa vida pós-colheita, desde que conservados adequadamente.


O mirtilo e seus produtos são conhecidos pela sua elevada concentração de polifenóis totais.


Indicações e Ação Farmacológica

Antioxidante, prevenção da neurodegeneração e defeitos cognitivos, doenças cardiovasculares, câncer, antidiabético e melhora na acuidade visual. Entre os antioxidantes presentes nas frutas e vegetais, os mais ativos e frequentemente encontrados são os compostos fenólicos, tais como os ácidos fenólicos e flavonoides. A eles são atribuídas à capacidade de sequestrar os radicais livres, devido às propriedades de óxidoredução, desempenhando importante papel na eliminação e desativação desses radicais. O mirtilo apresenta em sua composição alta concentração desses compostos fenólicos, sendo superior a maioria das frutas.


Estudos epidemiológicos e in vitro sugerem que o mirtilo ajuda a manter a saúde e atua como obstáculo aos efeitos do envelhecimento, particularmente com respeito à neurodegeneração e defeitos cognitivos. Há ainda evidências de sua atuação na prevenção de doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer. Muitos dos efeitos benéficos parecem estar relacionados às propriedades antioxidantes dos compostos fenólicos presentes na fruta.

Estudos mais recentes têm sugerido que os mirtilos possam conferir proteção contra doenças cardiovasculares, ter propriedades antidiabéticas e contribuir para melhorar a acuidade visual. Todos estes efeitos benéficos na saúde parecem estar pelo menos em parte, associados com o elevado teor em polifenóis que estes frutos apresentam.



>> Resveratrol


O resveratrol é uma fitoalexina polifenol de origem vegetal, encontrado nas uvas, amendoins, plantas medicinais e processados como o vinho. Vários fungos, incluindo Botryosphaeria, Penicillium, Cephalosporium, Aspergillus, Geotrichum, Mucor e Alternaria, também são importantes fontes de resveratrol. As concentrações destes fenólicos podem variar, dependendo da espécie da planta.


Indicações e Ação Farmacológica